29
Mai 07

Os critérios de avaliação das provas de aferição de Português do 4º e 6º anos não descontam erros ortográficos ou de construção de frases. Na primeira parte da prova o que importa é a interpretação e mesmo com erros a resposta pode ser considerada certa. Os professores estão indignadosOs critérios de avaliação das provas de aferição de Português do 4º e 6º anos não descontam erros ortográficos ou de construção de frases. Na primeira parte da prova o que importa é a interpretação e mesmo com erros a resposta pode ser considerada certa. Os professores estão indignados.

E com razão....

publicado por José Manuel Faria às 19:02

2 comentários:
Não faltam motivos para os professores se indignarem, Zé Manel.
Miguel Pinto a 29 de Maio de 2007 às 22:00

Com esta ministra, já nada me surpreende...
.:mÁrCiO:. a 30 de Maio de 2007 às 18:21

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
JIC não MENTISTIU mas OMITISTIU, afinal quem é o ...
Nem o VHS! o passado ainda mais profundo.
Quem é o Zé Antunes?Frequenta Vizela!!!!!!!!!!!!!!...
Este é o Pecado Mortal de João Ilídio Costa...Não ...
Concordo plenamente, se, estamos para Eleger os ma...
A levar em conta.... 30 pessoas activas.. fazem mu...
Mais valem poucos... e com garra suficiente para d...
Desculpe lá, Sr. ANONIMO... ou cobarde pelo fato d...
Digam o que disserem.... somente uma FORÇA POLITIC...
Concordo plenamente .. um culpado está a ir.. um o...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO