29
Mai 07

Os critérios de avaliação das provas de aferição de Português do 4º e 6º anos não descontam erros ortográficos ou de construção de frases. Na primeira parte da prova o que importa é a interpretação e mesmo com erros a resposta pode ser considerada certa. Os professores estão indignadosOs critérios de avaliação das provas de aferição de Português do 4º e 6º anos não descontam erros ortográficos ou de construção de frases. Na primeira parte da prova o que importa é a interpretação e mesmo com erros a resposta pode ser considerada certa. Os professores estão indignados.

E com razão....

publicado por José Manuel Faria às 19:02

2 comentários:
Não faltam motivos para os professores se indignarem, Zé Manel.
Miguel Pinto a 29 de Maio de 2007 às 22:00

Com esta ministra, já nada me surpreende...
.:mÁrCiO:. a 30 de Maio de 2007 às 18:21

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Que engraxador ridículo...
Bem foi avisado que...apostou no cavalo errado. P...
Grande masturbação dialética. Não te trates!!!Os s...
Mas então explique -me lá: já que sabe de tudo o q...
MM à procura de tachinho. Tadito. Ignora que Roma ...
Este sim...Foi um Primeiro Ministro às sérias e......
Pergunta para o José Manuel Faria e para os que se...
ZMF sabe quem gostei de lá ver? Foi o Dinis Costa,...
Aqui não há presunção nem água benta, pois não se ...
Ele pode mesmo fazer o que lhe apetece pois não pr...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

10 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO