06
Jul 07

p1010006.jpg

Eu quero lá saber se alguém ache bem ou ache mal. Eu quero lá saber se vão sobrar provocações. Eu quero lá saber se há quem, em nome de uma falsa unidade, ache que há coisas que não devem ser ditas publicamente. Eu quero lá saber. Eu quero dizer o que penso sem pensar nas consequências. Sem ser politicamente correcto. Sem temer provocações. Eu quero dizer aos homens do aparelho da CGTP versus PC de que a rua não é deles. Que a luta e o protesto não é um exclusivo deles. Que as pessoas que participam nas greves, nas concentrações, nas manifestações, não são apenas do PC. Eu quero dizer aos homens do aparelho da CGTP versus PC que os milhares de trabalhadores que ontem foram protestar a Guimarães não eram todos do PC. Que aquilo não era uma manifestação do PC. Que a CGTP não é do PC. Que a CGTP é dos trabalhadores. É de quem a apoiar. Quero dizer-lhes que a luta é de todos os que estão em luta. E ontem eram muitos. Muitos activistas, muitos dirigentes sindicais, muitos reformados, muitos estudantes, muitos trabalhadores. Eu estive lá. Participei nos cinco quilómetros da marcha sob um sol abrasador. Gritei algumas palavras de ordem. Mas vim irritado com os homens do aparelho da CGTP versus PC. Porque me irrita o sectarismo. Porque me irrita a presunção e a arrogância. Porque me irrita pensar que alguém ache que é o dono das lutas e dos trabalhadores. Porque acho que os partidos devem estar fora dos sindicatos.

Eu vim irritado porque impediram ostensiva e “violentamente” a participação solidária de uma delegação do Bloco de Esquerda, encabeçada pelo Eurodeputado, Miguel Portas, pela deputada Mariana Aiveca, pelo coordenador da CT da AutoEuropa, António Chora, sob uma faixa contra a flexisegurança, com o símbolo do partido e também a participação da corrente sindical do MRPP, luta-unidade-vitória.

E vou ficar irritado com o Bloco de Esquerda por não denunciar esta prepotência.

in Foice dos Dedos.

Não é a 1ª vez que isto acontece, o PCP é assim!

publicado por José Manuel Faria às 19:24

7 comentários:
Políticas à parte, porque já dei a minha opinião sobre o que se passou num post atrás... (Sr. Prof. li a sua resposta ao meu comentário)
Só me queria referir aqui à foto em questão, que tem como primeiro plano duas pessoas idosas. Pessoas essas que já tem (quase certeza absoluta) idade para estar na reforme. E sendo assim, o que elas estavam lá a fazer!?!
Márcio a 6 de Julho de 2007 às 21:28

Não se irrite, Prof. JMFaria. Faz mal à saúde. Prepotência é o que não falta por aí. O Miguel Portas sabe se defender.
Continue a desabafar, mas não se irrite.
Mª do Resgate a 6 de Julho de 2007 às 21:30

dra. Maria do Resgate, eu não estou irritado, aliás não fui à manifestação. O texto é do Fernando de Viana do Castelo do blog - Foice dos Dedos - um belíssimo blog que está linkado à esquerda.

Obrigado pela preocupação.
José Manuel Faria a 6 de Julho de 2007 às 21:59

Um aspecto que fez parte da minha investigação para o doutoramento prendeu-se justamente com algumas diferenças nos discursos feminino e masculino.
Essas diferenças relacionam-se, não tanto com a quantidade, mas com a natureza da comunicação. Julgo poder dizer que os homens preferem o relato (não é esse! É o outro, de relatar) e as mulheres preferem a relação; por outras palavras, no discurso feminino predominam as funções fática e apelativa, que são funções de relação, enquanto no masculino predomina a função do "eu sei que...", "as coisas são assim" (eles sabem sempre tudo...). Isso, de algum modo prende-se com as funções e papéis sociais. Por outro lado, o discurso masculino é o discurso do espaço público, enquanto o discurso feminino é mais do foro do privado, mais intimista e confessional.
Quanto ao número de palavras, devem gastar ambos a mesma quantidade de energia fonadora, digo eu, não sei. Que eles falam habitualmente mais alto parece-me pacífico (à excepção da semanita crítica).
:)
idalinajorge@sapo.pt a 6 de Julho de 2007 às 22:32

Bom, o comentário acima era para o post abaixo.
Quanto a este, tenho a dizer-lhe que esse filme já é muito velho. Os protagonistas são outros, mas a sua capacidade de aprendizagem é, como todos podemos observar, limitada.
Veja como ainda carregam uma foice, quando o país já não tem, praticamente, agricultura e muito menos a de sobrevivência, porque a ruralidade praticamente desapareceu. Ainda se lá pussessem um computadorzito... O martelo, pronto, sempre faz falta numa casa.
Idalina Jorge a 6 de Julho de 2007 às 22:42

A zita Seabra disse verdades, milhões de mortos do comunismo.
Anónimo a 7 de Julho de 2007 às 20:04

Não era preciso o Sr. JMFaria declara que não esteve na manif de Guimarães, porque se estivesse não escvrevia o que acolhe no seu blogue, ou então mentia descaradamente.
Eu estive na manif e presenciei directamente os acontecimentos relatados.
Quando se passou da concentração para o desfile, que foi promovido e organizado pela CGTP e mais ninguém, o BE e o MRPP tomaram a dianteira e procuraram ficar na grelha de partida. Os organizadores pediram para ambos recuarem, o que o MRPP, do meu amigo Teixeira, fez e o BE tentou recusar, procurando criar um facto para a imprensa relatar. E quase o conseguiu, quando o Sr. Mota, de Riba d'Ave insultou um outro participante, "mandando-o trabalhar".
Como disse, presenciei e testemunhei os factos. O que o Sr. Fernando diz é uma mescla de mentira e contradições - ele que di querer os partidos fora dos sindicatos, abespeinha-se quando a CGTP faz o que ele defende. Coerência, precisa-se.
PS: o JMFaria é capaz de fazer melhor do que o seu blogue mostra.
igrejavelha a 9 de Julho de 2007 às 16:03

Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
O vice/presidente pode conviver perfeitamente numa...
Pelo que vejo o Sr. Prof. nunca esteve numa associ...
Reunião de CâmaraDiz o Vereador do PS JIC: Sr. Pre...
Mas este, como não é burro, voou para o....Movimen...
Já viu um burro voar??? Então prepare-se que se is...
Quem será o próximo candidato da Coligação?JP não ...
Gostado muito do Comunicados da....Coligação? ?? k...
relativamente a Associações... se todas fossem inv...
Coitado, o JIC não tem nada para publicar!!!!!!!!!...
Enfim... uma amalgama de psedo independentes e soc...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO