11
Out 07

 

A máxima do quero, posso e mando do PCP ao longo de 30 anos,finalmente foi concretizada.

O Governo Sócrates é o mais arrogante e insensível das últimas décadas, digo-o sendo eu um crítico do bota-abaixismo político utilizada por muitos ao longo de sempre.

Este governo não ouve, ataca os benefícios fiscais dos deficientes, controla com mão de ferro a RTP1, onde todos os dias faz propaganda sem contraditório, publicitando a Pescanova ou os míseros 4 Km de estrada.Incrimina sindicalistas por apupar o PM, retira faixas aos mesmos, manda investigar sede de sindicato, faz tudo para parecer que tudo vai bem e sem oposição no reino do neoliberalismo.

O sr. Licenciado em Engenharia prometeu 150 mil empregos e o desemprego aumenta, não cria investimento público e abre as mãos a tudo que é privado.

Este governo merece uma Moção de Censura a seguir à apresentação do orçamento de estado.

 

Curiosamente é a direita, PSD que fala nisso. Espero que o PCP e o BE não adormeçam e lutem também no Parlamento, na rua não chega.

publicado por José Manuel Faria às 12:21

7 comentários:
E a maioria absoluta do partido socialista?
anónimo atento a 11 de Outubro de 2007 às 18:26

E altermnativa, oPSd, não. Quem?
Sandra Silva a 11 de Outubro de 2007 às 19:35

Ó meu caro José Manuel, e onde é que o PCP fica neste quero, posso e mando? Sinceramente, parece-me uma inclusão gratuita (para não dizer que este tipo de abordagens é frequentemente utilizado por anti-comunistas primários).
Mas é o PCP que está a levar a cabo o que está enunciado neste post?
Por acaso é o PCP que faz alianças de poder com este grupo de figurões?
Não será o PCP, aquele que mais se tem insurgido e lutado contra as políticas deste governo e as consequências das mesmas?
Porque é que acha que o dito engenheiro dispara contra o PCP?
Porque é que não dispara sobre o BE?
Será pelas razões que também se mostram aqui? ou seja, constantes post's sobre o PCP, as FARC, a URSS, Cuba, etc. etc.
Pensei que o combate se fazia à direita e às políticas de direita deste governo.
Ou será por saber que em qualquer momento pode acenar com umas sobrazitas sem importância e o BE corre imediatamente para as apanhar?

Meu amigo, o PCP não anda à procura das cadeiras, nem está disponivel para branquear esta política calamitosa do PS/Sócrates.
O PCP sabe quais os objectivos porque se bate. O PCP tem um objectivo coerente e definido. Esse objectivo traduz-se na melhoria das condições de vida dos trabalhadores, das populações, das classe mais desfavorecidas e na construção de uma sociedade mais justa e mais solidária.
Perante a prática de políticas que conduzem Portugal para uma sociedade em oposto a este ideal, o PCP não vira a cara à luta nem se vende por uns lugarzitos.
Pensei que isto incomodasse o Sr. Sócrates e os seus zelozos seguidores, não imaginava que incomodava também alguns ditos esquerdistas e que na prática se assumem sempre mais próximos do capitalismo do que do socialismo com enchem a boca.
Talvez seja por razões de elevada coerência que começam a acentuar-se as divergências dentro do bloco.

Para finalizar, meu amigo, tenho para mim que o maior problema do BE e de muitos dos seus membros, é que ainda continuam a tentar decifrar aquela famosa afirmação do Che: "A revolução é algo que se tem na alma e não na boca para viver dela."
O BE tem a revolução na boca mas ainda não a encontrou na alma.
cumprimentos
vermelho vivo a 11 de Outubro de 2007 às 19:50

Caro Vermelho Vivo, desculpo-o porque leu o post apressadamente e está "zangado" com algumas posições políticas da minha parte, principalmente politica internacional.

Calma, camarada.

Precisamente ao contrário do que diz, eu elogio o PCP.

Finalmente concretiza-se a Máxima, isto é a frase forte do PCP ao longo de 30 anos. Todos os governos são do quero, posso e mando, e eu estou de acordo, a direitya governa o país à 30 anos. Nunca um governo defendeu os trabalhadores desde essa altura, e eu concordo com isso.

Estamos do mesmo lado.

Sócrates é o maior reaccionário no governo pós- Vasco Gonçalves.

Por favor não confunda esta posição com a autarquia de Lisboa.

Senão teriamos de falar de rui rio e afins.

Estou a gostar da postura incisiva de Mário nogueira da Fenprof, parabéns. O PCP tem bons quadros sindicais.

Cumprimentos.
José Manuel Faria a 11 de Outubro de 2007 às 20:50

Caro José Manuel, é possivel que ao ler o post tenha interpretado mal o sentido do primeiro parágrafo. No entanto, há-de concordar que, a forma como está escrita permite a variedade de interpretações pois não define que, é o que o PCP denuncia nos últimos anos mas sim, a máxima do... do PCP.
Também sou capaz de aceitar - não que esteja zangado pois, cada um tem direito á sua opinião e os outros tem direito à discordância. Isto é um principio inviolável para mim. - mas confesso que me tem surpreendido alguns artigos aqui postados. E, tal como diz, principalmente de política internacional.

Posto isto, devo dizer:
A minha avaliação sobre o BE, não tem a ver com um combate da minha parte ao Bloco, mas sim com a minha leitura política da sua postura. Confesso a minha desilusão sobre a consistência ideológica e política do BE e enquanto trabalhador e cidadão de esquerda assumo a minha incompreensão perante algumas das suas atitudes. Aliás, penso que essa incompreensão e desilusão, não é apenas minha que sou comunista, mas também de vários outros trabalhadores de esquerda que até olhavam o BE com simpatia.

Mário Nogueira tem sido de facto um exemplo de integridade e coragem sindical e, tem demonstrado ser o homem certo no lugar certo, mas devo recordar que foi eleito na disputa eleitoral com outra lista que tinha o apoio de vários sindicalistas afectos ao Bloco. Esta oposição eleitoral a Mário Nogueira não se sustentava na falta de reconhecimento deste e da sua lista para assumir os destinos da FENPROF, mas apenas em interesses partidários incompreensíveis pelo facto de Mário Nogueira ser militante comunista O meu amigo saberá melhor que eu que, neste combate ao comunista Mário Nogueira, alguns dos sindicalistas afectos ao Bloco não se coibiram de alinhar numa santa aliança com sindicalistas afectos ao PS numa tentativa de derrotar a lista de Mário Nogueira e transformar a Fenprof em mais um sindicato silencioso e incapaz de se levantar contra todas as barbaridades que este governo está a cometer sobre a educação.
A tal complexidade das atitudes do BE...

Finalmente, é com agrado que vejo o facto de estarmos do mesmo lado da luta contra este governo arrogante, autoritário, politicamente inóquo e sem dúvida nenhuma, o governo mais à direita de todos os governos que governaram Portugal após o 25 de Abril. Não é de certeza na divisão da esquerda que está caminho. Antes pelo contrário.

Cumprimentos
vermelho vivo a 11 de Outubro de 2007 às 23:23

Caros amigos,

Seria incosciente da minha parte, não concordar com parte da opinão contida neste post.

É obvio que estamos perante um PS com uma governação ditatorial. Está demonstrado que a vontande de UM será sempre soberana face aos desejos e necessidades dos outros(NÓS).

Mas cabe-me questionar.

Não têm sido praticamente todos iguais??

Muda o estilo de governação, mas infelizmente os resultados são basicamente os mesmos.
Promessas eleitorais não são mais do que falsidades oportunas para caçar votos.

Esta minha visão pode pecar por excessivamente negativista, mas é apenas a opinião de um descrente apartidário.

Um abraço.
FILFAR a 11 de Outubro de 2007 às 23:30

Filfar acedito na sua desilusão como na milhões de portugueses que não votam.

Pense comigo, se eu não escolho ou participo outros escolherão por mim.
José Manuel Faria a 12 de Outubro de 2007 às 11:16

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Muito menos, digo eu, para estes comentários imbec...
Festejar o aniversário de quem manda no puto???Ten...
O referendo é uma boa proposta e, Janeiro o mês pa...
Não vamos criar precedentes. O Povo não sabe o que...
Anónimo a 20 de Novembro de 2017 às 19:28"Onde est...
Ora por aqui se pode ver em que é que é (mal) gast...
Sim, a menina deve tornar público o que acontece, ...
O que é o "comércio local"? Os comércios locais do...
Conseguiram uma mão cheia de quase nada, outra de ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO