23
Out 07

 

 O PSD faltou hoje em bloco à sessão extraordinária da Assembleia Municipal do Funchal, inviabilizando a reunião solicitada pelos partidos da oposição para discutir "factos novos" relacionados com a auditoria realizada à autarquia.

Meia hora antes da hora marcada para o início dos trabalhos, os representantes da bancada social-democrata naquele órgão autárquico comunicaram, em conferência de imprensa, a decisão, considerando "não haver nada de novo a discutir" e que tudo não passaria de debater "uma questão de semântica".

Em causa está o relatório de uma auditoria efectuada à CMF pela Vice-presidência do governo madeirense, nos períodos 2003 e 2004, que detectou algumas irregularidades, designadamente violações do Plano Director Municipal.

"Não estaremos presentes nessa triste pantomina orquestrada pela oposição municipal. É uma questão de coerência e de respeito por quem no elegeu. Não banalizamos a autarquia", afirmou o representante do PSD, Carlos Rodrigues.

No Funchal é assim. Uma Assembleia Municipal é uma triste pantomina orquestrada. O PSD Madeira mostra a sua face neofascista jardinista.

publicado por José Manuel Faria às 18:05

comentário:
Na Madeira é arrogância política como noutros concelhos.
Sandra Silva a 23 de Outubro de 2007 às 19:49

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Não estais bem?Ide para o privado, não falta quem ...
ZMF quando o assunto não lhe agrada chuta para can...
Completamente de acordo, principalmente pelo lado ...
Há um facto(s) indesmentível, as reuniões são poli...
ZMF, e o resto nada.....................Despesas d...
Dona Beatriz Vasconcelos!!!!!!!!!Vasconcelos é o ...
Um passarinho disse-me que foi trabalhar para a se...
Já agora o que é feito do Presidente do PS Vizela?...
A JSD são muito novinhos têm que crescer e saber ...
Por acaso pago, sou militante do PS com as cotas e...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO