11
Dez 07

 

No programa de ontem dos Prós e Contras sobre a Cimeira UE/ África e o Tratado Europeu, ficou facilmente demonstrado as fragilidades dos defensores dos Prós ( Sérgio Pinto, eurodeputado, e o joão Cravinho, secretário de estado), contra os Contras (Miguel Portas e Pacheco Pereira). Os últimos com uma argumentação consistente e exemplificativa por ex.( caso Inglês, importância do referendo) deram um "banho" argumentativo à outra dupla nervosa e de retórica barata.

A cimeira não acrescentou nada à relação nada igual UE/África. E o Tratado Europeu sem referendo, sem debate, o português não perceberá nada do mesmo. Exemplo concreto foram as dúvidas colocadas por universitários, e se estes não entendem!

A qualidade e sabedoria argumentativa de Pacheco Pereira foi arrasadora.

publicado por José Manuel Faria às 10:55

comentário:
não vi. Porque quem viu os noticiários destes dias, entendeu que nada mudou e que tudo o que se discute à volta de África e dos seus profundos problemas...é pura demagogia!!
!Não bastaria ter razão...era preciso agir!
silviaefe a 11 de Dezembro de 2007 às 17:36

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
E alguém viu o Alcides a bater palmas ao JIC depoi...
Eu gosto de ver os que andaram a defender o Dinis ...
O Guri é o Mestre de Avis e tem de defender o taxo...
O Guri deixou de ser Guri e passou a ser Mestre de...
Não foi uma técnica, foi uma professora do Agrupam...
1""Tem provas dadas e ganhe ou perca deixa provave...
Queres ver este P.S. dependente ver-lhe já a fug...
Oh snr Mestre de Avis.Escolheu mal o pseudónimo. D...
Concordo com o Mestre de Avis. Tem toda a razão, n...
João Ilídio Costa é apenas o herdeiro de uma pesad...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO