03
Jan 08

 

Sérgio Vinagre Director do Notícias de Vizela escreve um excelente texto no seu Editorial "Testamento de um autarca", imperdível.

Uma metáfora futurista?

Autarca Independente!

publicado por José Manuel Faria às 19:48

15 comentários:
Vinagre sem medo.
Sandra Silva a 3 de Janeiro de 2008 às 21:33

Vinagre sem vergonha isso sim
Freitas a 4 de Janeiro de 2008 às 17:26

Como podem ser feitos tantos elogios a um fulano que só tem feito mal aos vizelenses. O professor é cego ou não quer ver?
verde a 4 de Janeiro de 2008 às 23:09

Caro Verde: Qual o mal que Vinagre está a fazer aos Vizelenses?
José Manuel Faria a 5 de Janeiro de 2008 às 12:51

Quer que lhe faça um desenho ou será que não lhe interessa ver o que está à sua frente. A política cega muita gente quando as marés lhe são favoráveis. Julgava-o mais sensato mas todos têm o direito a falhar. Pense bem e acredite que esse homem só tem feito mal aos vizelenses.
verde a 5 de Janeiro de 2008 às 20:44

Caro Verde (anónimo), faço de conta que não li a frase sobre o desenho. Não estou cego com a política. Se me conheçe sabe que sou sério. Referi este editorial, porque gostei da metáfora. Do Sérgio Vinagre, conheço o que escreve e a responsabilidade no NV. Se o homem faz muito mal a Vizela, sou muito ignorante/ingénuo.

Não quer dar dicas, percebo, estamos na blogosfera. é perigoso.
José Manuel Faria a 5 de Janeiro de 2008 às 21:41

A mim, que sou vizelense, e que trabalhei no Noticias de Vizela durante quase três anos, o sr. Sérgio Vinagre deve-me 4000 euros.
Isto, por si só, já diz alguma coisa sobre a pessoa em questão...
Nuno Ribeiro a 6 de Janeiro de 2008 às 14:18

É muito dinheiro.
Sr. Jorge a 6 de Janeiro de 2008 às 20:29

ainda tem dúvidas, prof.?
verde a 6 de Janeiro de 2008 às 21:21

Sobre este post, quero agradecer o destaque que José Manuel Faria deu ao meu texto publicado no “Notícias de Vizela”, jornal que dirijo, para desagrado de meia dúzia de indivíduos que apenas têm um olho, mas que se julgam reis em terra que pensam ser de cegos. A má-língua é habitual em Vizela, principalmente a partir de algumas pessoas para quem o direito à opinião é um crime, para quem o talento de alguém é alvo de todo o tipo de invejas. Depois, como não têm coragem, refugiam-se no anonimato mais vil e doentio, como o tal “Verde” que anda por aqui... Não me surpreende. Obrigado, José Manuel Faria! (Uma palavra para o caso do Nuno Ribeiro, que “cheira” à mais pura ingratidão para com quem lhe deu uma oportunidade de trabalho, para quem o tentou apoiar para singrar e afirmar-se numa profissão. De resto, não comento casos particulares, pois teria muito para contar sobre quem deve ao nosso jornal. Mas a vida empresarial é assim: vive do “deve e haver” e só diz respeito aos seus intervenientes. A curiosidade de uns tantos serve apenas para camuflar a real questão que é o facto de eu ser um jornalista – carteira profissional n.º 2169 – incómodo, frontal e sem papas na língua. E, podem crer, não tenho medo e gosto de mim assim!)
M. Sérgio Vinagre a 6 de Janeiro de 2008 às 23:52

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
A dra. Maria José Pacheco nunca aceitou o convite ...
O snr Manuel Campelos e a Dra Maria José Pacheco f...
Sr. ProfessorAlgo não está bem com a sua página.Nã...
Vacuidade. A única crítica que consegues fazer é a...
Respondendo às perguntas do MVS, devo dizer o segu...
A que jovens JIC se refere?A Licenciados? a Mestre...
Prestígio?????Isto é como quem deita gatos a afoga...
O seu computador está com problemas, partes do tex...
Oh Nuno Sousa, tens de por Corega na placa pois te...
Isto sim, é um líder. Isto sim, dá prestígio a Viz...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO