18
Jan 08

 

 

Esta lei aplicada em 2005 dificilmente elegeria em Vizela : 1 deputado da CDU, 1 do BE e os 5 do PSD/CDS.

A existência apenas de um boletim de voto e para a Assembleia Muinicipal de onde sairá o Presidente de Câmara levará o eleitor a votar massivamente no mesmo partido. Não tem a opção de votar de um modo para a Câmara e de outro para a Assembleia Municipal.

Os partidos com menor representação têm sempre mais votos para a Assembleia Municipal.

Uma Lei para colocar os maiores ainda maiores.

Uma lista com mais um único voto e de maioria relativa passa automáticamente a maioria absoluta. Uma distorção da proporcionalidade.

Gostaria de saber a posição do PSD/Vizela.

publicado por José Manuel Faria às 13:55

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Se estiver com o pé quieto, eu acerto-lhe sempre n...
Balelas, balelas e mais balelas.
É verdade. O JIC, o J.P. e a Dora sempre trabalhar...
Para padre andou ele a estudar mas só lá esteve 6 ...
Ao anónimo das 22,34Ninguém vos entende!É uma no c...
Ao comentário das 19,41Cllaro que este comentário ...
Oh mirone, o seu pseudónimo deveria ser Mirolho ou...
""Ah, já agora; comi-lhe o cavalo – Xeque Mate!"En...
""Mestre de Avis a 19 de Julho de 2017 às 23:58""A...
Não. Não dá para acreditar. Vamos rezar para que o...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO