26
Dez 06

 

 

O deputado do Bloco de Esquerda Francisco Louçã criticou hoje o optimismo da mensagem de Natal do primeiro-ministro, José Sócrates, considerando-a de «muito distante dos problemas e do dia-a-dia dos portugueses», noticia a Lusa.

«O primeiro-ministro pintou com cores brilhantes uma situação que os portugueses sabem que é difícil», afirmou à Lusa Francisco Louçã, coordenador da Comissão Política do BE, num comentário à mensagem de José Sócrates, transmitida na segunda-feira, Dia de Natal.

A economia, as contas públicas e o emprego estão a melhorar «passo a passo» em Portugal, disse José Sócrates, numa mensagem de Natal em que pediu «confiança» e dirigiu aos mais desfavorecidos.

O chefe de Governo defendeu ainda que «em 2006 as coisas começaram finalmente a melhorar», embora de forma gradual.

Para Francisco Louçã, porém, este discurso «ignora as dificuldades» do país, dando como exemplo a subida do desemprego no terceiro trimestre, comparativamente com o anterior, ou o aumento, no último mês, do número de jovens licenciados - cerca de 14 mil - no desemprego.

Na mensagem, José Sócrates indicou que, «de Setembro de 2005 a Setembro de 2006, a economia portuguesa foi capaz de criar 57 mil novos empregos».

«O Governo tem que perceber as dificuldades dos portugueses», afirmou Louçã.

O dirigente bloquista criticou ainda «o aumento injustificado», no início de 2007, da electricidade. «Sobe quatro vezes mais do que os salários», referiu, apontando o dedo também ao preço dos transportes e das taxas moderadoras

publicado por José Manuel Faria às 14:41

Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Vou pegar só nestas suas palavras:"por incúria de ...
Então porque é que votaste nele???E agora vais vot...
Escreve-se assessor. Se querem falar mal de alguém...
NASCI, CRESCI E VIVO EM VIZELA, SOU VIZELENSE DE ...
Que coincidência é igualzinho ao do PS, só que est...
O srº anónimo quando é que me dá esse prazer? ó te...
E a isto se limita a campanha em Vizela, lavar rou...
O Meireles tinha razão: " Se passarmos para o Conc...
O que é que fizeram ao Vinagre? Misturaram-no com ...
Tens toda a razão, era o que ele devia ter feito. ...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO