31
Out 08

http://ultimahora.publico.clix.pt/imagens.aspx/230744?tp=UH&db=IMAGENS&w=320

Hoje, dia 30 de Outubro, fazia Monsenhor Cónego Doutor Eduardo de Melo Peixoto, 81 anos. A comunidade do ISAVE nunca se esquecerá e continuará, sempre, a prestar Homenagem ao Homem que foi nosso querido Professor, Mestre ímpar, Presidente do Conselho Disciplinar e Vice-Presidente da ENSINAVE, falecido a 19 de Abril.

 

O Homem das bombas no Prec em Braga. Um dos líderes de organizações terroristas - MDLP e ELP -. Em breve terá uma estátua na sua cidade. Um Homem bom.


Parabéns do ISAVE

publicado por José Manuel Faria às 13:39

http://linguasdagata.blogs.sapo.pt/arquivo/image0011.jpg

Numa clara demonstração do seu carácter irreverente, veja se a resposta de Natália Correia ao deputado João Morgado (CDS), em 1982 no Assembleia da República,
no sequência de um "eloquente" discurso daquele: «A igreja Católica proíbe o aborto porque entende que o acto sexual é para se ver o nascimento de um filho». Ao que
Natália Correia, ao tempo deputada do PSD, ripostou:



Já que o coito diz Morgado


tem como fim cristalino,


preciso e imaculado


fazer menino ou menina


e cada vez que o varão


sexual petisco manduca,


temos na procriação


prova de que houve truca truca,


sendo só pai de um rebento,


lógica é a conclusão


de que o viril instrumento


só usou parca ração! uma vez.


E se a função faz o órgão diz o ditado


consumado essa excepção,


ficou capado o Morgado.

publicado por José Manuel Faria às 11:11

La Strada:

uma das obras-primas inesquecíveis do mestre Federico Fellini e um dos mais belos filmes da história do cinema. . A estrada da vida que percorrem e guarda belas e trágicas surpresas. Com Giulietta Masina e Anthony Quinn

Conta a história de Gelsomina, uma mulher humilde e ingênua, que é vendida por sua mãe para Zampanò, um homem rude que trabalha fazendo apresentações em diversos locais. Num dado momento, cruza seus caminhos o equilibrista conhecido como "O Louco", que adora provocar Zampanò e nutre uma admiração especial por Gelsomina.

Outras obras- primas:

La dolce vita,   e Amarcord.

.

publicado por José Manuel Faria às 10:39

30
Out 08


Obrigado ao http://olhardomiguel.wordpress.com/, um dos melhores blogs nacionais sobre a Educação, pelo prémio " Dardos" que atribuiu ao RupturaVizela.

Um "selo" em nome da amizade e da confraternização entre "postadores".

Quem recebe o “Prémio Dardos” e o aceita deve seguir algumas regras:
1. - Exibir a distinta imagem;
2. - Linkar o blog pelo qual recebeu o prémio;
3. - Escolher quinze (15) outros blogues a que entregar o Prémio Dardos.

A Lista:

1 - Remisso

2 - Banhos Quentes

3 - Canto do Desconhecido

4 - Ana Barbara Pedrosa

5 - 1/2 Kg broa

6 - Troll - Urbano

7 - Fontes do Ídolo

8 - Mal Maior

9 - Atlântico

10 - Arrastão

11 - O Andarilho

12 - O País do Burro

13 - Blasfémias

14 - Spectrum

15 - in- coerências

Blogues nacionais, regionais e concelhios - Todos são importantes.

publicado por José Manuel Faria às 19:42

http://www.xamanismo.com.br/twiki/pub/Poder/SubPoder1191421937/contador.jpg
Francisco Louçã também recusa qualquer possibilidade de um dia, no curto e médio-prazo, o Bloco de Esquerda e o PS se entenderem numa aliança de Governo. O objectivo do Bloco, disse, é "derrotar a lógica de governações liberais". "Pensar que por efeito de contaminação de uma coligação se pode conseguir que alguém seja aquilo que não é - eu não acredito. Todas as experiências europeias que conheço são uma catástrofe.

 

 

A Convenção (Congresso) do Bloco de Esquerda realizar-se-á em Fevereiro, e até 5 de Dezembro a COC receberá as moções de orientação do partido para os próximos dois anos.

 

As teses de Louça, coordenador do BE parecem ser as mesmas de 2007 no essencial correr por fora relativamente ao Poder governativo. É uma ideia maioritária na direcção. Se um dia o Bloco chegar ao Poder será porque ganhou as eleições “ relação com o PS 1 para 4” está a progredir eleitoralmente, aponta Louça ou através de entendimento com o PCP e Alegristas responde a linha “esquerdista”, e creio que a direcção política pensará o mesmo ( Comício da Trindade, sem PCP).

 

Um resultado histórico para o BE em 2009 ( Legislativas) seria uma votação de 12/13% duplicando o nº de deputados, 15 a 16, um número extraordinário, tendo em conta  a resistência do PS e o crescimento também do PCP.

 

Esta tese aponta um  BE para a oposição, o eleitorado sabe da impossibilidade de ultrapassar o PS e votará útil no PS quiçá uma porta aberta para uma nova maioria absoluta, e Sócrates a reinar como quer impondo o seu programa, rasgando o sector público, desinvestimento no mesmo e cada vez mais neoliberal em todos os sectores.

 

O BE deve apresentar-se às eleições dizendo ao eleitorado que quer governar, apontando um programa de governo e protagonistas para o exercer, caso não consiga vencer as eleições deve estar preparado para assumir responsabilidades, se for convidado, deve construir um conjunto de medidas a impor ao vencedor. Nos entendimentos políticos tem de haver cedências.

 

O Bloco de Esquerda deve ir a eleições com intuito de levar as suas ideias ao topo. Em defesa dos trabalhadores e de todos aqueles e aquelas esmagados (as) diariamente por este capitalismo selvagem. Esta ideia pode ser reformista  e pragmática, mas neste contexto político nacional e internacional é a melhor. O povo está farto de  esperar, é necessário quebrar o rotativismo PSD/PS. A direita no aspecto da luta pelo poder é muito mais inteligente.

 

publicado por José Manuel Faria às 10:22

29
Out 08

http://www.tribunadodireito.com.br/2005/junho/imagens/ilustra.jpg

O Conselho Nacional de Educação tem pronto um parecer para entregar ao Governo, onde sugere que sejam encontradas alternativas aos chumbos dos alunos até aos 12 anos. A aposta deve assentar em medidas eficazes de apoio aos estudantes com maiores dificuldades.

 

As reprovações ( retenções) devem terminar como na Finlândia. O CNE conselheiro do governo assim o pretende ( ensino obrigatório).


Uma ideia pós/pós moderna!

publicado por José Manuel Faria às 12:08

http://br.geocities.com/isoldanunes45/amigos/incondicional/incondicional1.bmp

A expressão incondicional rodeia-nos por todo o lado: o apoio ao chefe, ao treinador, ao artista, ao politico, ao lider espiritual etc. Não acredito, nem gosto quando alguém diz, " dou o meu apoio incondicional a  A ou B". Tem de haver sempre, nem que seja um espaço bem pequeno de liberdade ou critica, há sempre condições.

Incondicional só na família, e quando esta nos toca profundamente depois de anos de convivência no desespero, nas alegrias, no sofrimento, ao lado, ali na cabeceira, na espera da hora certa do encontro no clique do olhar sem perguntar, abre-se um sorriso. E então como foi o dia? Cumplicidade incondicional.

publicado por José Manuel Faria às 10:44

28
Out 08

http://www.mat.uc.pt/~helios/Mestre/gago.JPG

O PCP propõe o fim das propinas!


 1 - Num regime Socialista Estatal onde teoricamente tudo é de todos, fazia sentido;


2 - Neste sistema capitalista as propinas são um modo de financiamento do ensino superior;


3 - Os estudantes carenciados não pagam propinas e recebem por mês algumas centenas de euros;


4 - É verdade que o valor é alto e deveria diminuir;


5 - O Ensino Superior Público é muito dispendioso ( medicinas, enfermagem, engenharias...), seria absurdo alunos de famílias ricas que passeiam os seus sinais exteriores de riqueza estarem nas mesmas condições que os pobres.

 

 

 

publicado por José Manuel Faria às 20:02

 A sabedoria ancestral do toque.

 De Andreia Lopes

publicado por José Manuel Faria às 12:32

http://imagecache2.allposters.com/images/pic/ADL/AA-EG247~Parrot-Family-Posters.jpg

Sabia que ao votar numas eleições legislativas está a dar 3,16 euros a um partido político?

 

A Democracia política tem custos. Os partidos necessitam como todas as associações e organizações da sociedade civil de financiamento. Entendo contudo que os partidos exageram nas suas despesas: Congressos faustosos em que alguns deles pagam os custos de deslocação, alimentação e dormida aos delegados; partidos com um nº elevadíssimo de funcionários, gastos loucos em campanhas eleitorais sem participação no terreno do militante à borla - outros  tempos -, agora são empresas especializadas a colocar cartazes e outdoors  de 2 ou 3 mil euros por todo o País com a cara do líder principal, poucos são os políticos a entregarem parte do “salário” ao partido, os reformados também quase não o fazem. Os partidos ficam assim reféns do Estado, o que é vergonhoso. Numa hipótese nem tanto remota assim, a existir uma multidão de abstencionistas poderia  provocar um descalabro financeiro nos partidos, estes cairiam na real e seriam obrigados a alterarem a filosofia do carcanhol.

Os partidos têm de auto-sustentarem-se: festas, quotas, salários dos profissionais políticos e doacções controladas, e largarem as saias do Estado.

 

publicado por José Manuel Faria às 11:00

27
Out 08

http://www.rtp.pt/web/fora_jogo/imagens/paulo_ficha.jpg

 

. «As pessoas podem pensar que não, mas o nosso trabalho é cansativo. No final dos jogos mais importantes, que são aqueles que nos provocam maior tensão e exigem, de nós, uma maior concentração, a pessoa fica muito fatigada. É necessária uma grande dose de concentração, de forma a dizermos aquilo que é necessário, não mais do que aquilo que as pessoas querem ouvir. O comentador não deve cansar os telespectadores»

 

Palavras de Paulo Catarro, 45 anos, comentador desportivo da RTP1.

 

Assistir a um jogo de futebol comentado por Catarro é um sacrifício ou então retira-se o volume do som.

Então se o Benfica estiver em campo o homem transforma-se numa águia falante. Ontem era ouvi-lo aos gritos histéricos a quando dos 2 golos do SLB. O golo da Naval foi 100 vezes mais silencioso.

Será que Catarro tem costela benfiquista ou é tudo uma questão de audiências?  Voto na primeira

publicado por José Manuel Faria às 10:36

26
Out 08

As cenas inicais são pequenas histórias que rodam na nossa sociedade.

Magnólia, de Thomas Anderson explora a vida dramática de certas pessoas como nós em histórias que se vão rodando e que têm sempre algum em comum, coincidências.

 

Tom Cruise e Julianne Moore espectaculares.

Um filme que aborda a redenção, católico e profeta de 1999. Uma obra-prima.

publicado por José Manuel Faria às 11:40

http://agualisa.blogs.sapo.pt/arquivo/Socrates.jpg

Quem votar contra as orientações do PS é livre de o fazer, assume as suas responsabilidades, diz Sócrates, e  afirma ainda que está contente por ter Manuel Alegre no partido.

É bem e chique haver no PS um Alegre útil para disfarçar a falta de liberdade interna,veja-se os casamentos homo  e o código de trabalho. O contentamento do PM é pelo facto de haver um só Alegre. Caso esse "maldito" entrasse em clonagem, o discurso mudaria. Alegre não será mais candidato a deputado nem terá apoio do PS numa putativa candidatura presidencial.

Sócrates vai ripostar, ele tem os seus ódios de estimação,e não os esquece.

Nem todos são Albertos Martins! 

publicado por José Manuel Faria às 10:46

25
Out 08

http://badabingblog.org/ficheiros/socrates-2.jpg

Se as eleições legislativas fossem hoje, o Partido Socialista alcançava 43,9% dos votos. Os socialistas não tinham maioria absoluta, mas ficavam mesmo à beirinha. O PSD de Manuela Ferreira Leite recolhia 28,9% das intenções de voto.

Nesta sondagem da Intercampus para a TVI, destaque para o Bloco de Esquerda, a terceira força política, com 12,3%. O PCP recolhe 10,2%, o CDS-PP fica-se pelos 4% e 0,8% que votaria noutros partidos. 21% assume que não votaria em nenhum dos partidos, 16,7% optam pelo não sabe ou não responde.

 

Os portugueses têm somente uma solução por mais paradoxal que pareça vinda de um tipo de esquerda, o crescimento do PSD tentando segurar o eleitorado de centro - direita ou então levamos com mais 4 anos de maioria absoluta de Sócrates. O PSD ainda tem tempo de um novo congresso e respectiva mudança de Lider, convençam o Marcelo a voltar, por favor.

publicado por José Manuel Faria às 17:12

http://i2.photobucket.com/albums/y46/To4Colante/Sindicatos/Sindicatos-FuncaoPublica001.jpg

O VII Congresso da Corrente Sindical Socialista da CGTP-IN

 

A razão de ser dos sindicatos é a defesa dos trabalhadores nas várias componentes das suas reivindicações que também são políticas. Isto não quer dizer que se faça política partidária interna. Faz-me confusão esta ideia de correntes comunistas, renovadores comunistas, socialistas ou bloquistas na Cgtp ou socialistas (estão em duas) e sociais-democratas na Ugt.


Esta realidade desmobiliza e faz desconfiar o trabalhador. Deveria terminar a partidarite sindical.


ps: depois dá-se rupturas nas lutas dos professores!

publicado por José Manuel Faria às 11:38

http://cache02.stormap.sapo.pt/fotostore02/fotos//21/44/13/2452214_oY9at.jpeg

 

http://cache01.stormap.sapo.pt/fotostore02/fotos//db/93/f1/2452243_VeYw8.jpeg

(Clicar nas imagens para aumentar)

 

Um jornal e rádio de Vizela prefere noticiar um acontecimento político no concelho de Guimarães a um no seu concelho ( rivalidades na CS de Vizela desnecessárias), normalmente os Vizelenses compram os dois jornais.

 

 

Carlos A. Costa arrasa direcção do seu partido e diz que não está na vida politica. Imagine se estivesse!

 

 

publicado por José Manuel Faria às 10:41

24
Out 08

E que tal um pano encharcado nas trombas?

 

João César das Neves, o conhecido e bolorento beato e economista, defendeu, num encontro de “empresários cristãos”, a ideia de que “a actual crise financeira internacional deveria afectar Portugal com mais violência para estimular a economia, já que a crise anterior não foi suficiente”.

Eu, mesmo sem ser teórico de coisa nenhuma, assim de repente, consigo lembrar-me de uma razoável quantidade de objectos e substâncias (cujos nomes não divulgarei, por uma questão de decoro) que também deveria atingir João César das neves com bastante violência.

Não estimularia nada a economia... mas dava-me um grande gozo!
 

 

O sistema gosta de crises, provoca falências e assim as empresas podem renascer com menos empregados ou outros funcionários e se correr mal, o Estado dá aval às instituições financeiras para estas continuarem a "injectar" dinheiro nas mesmas, a bem da economia.

Quando os bancos apresentarem lucros de 30% ao ano estes são aplicados na roleta bolsista, a bem da economia.

publicado por José Manuel Faria às 22:59

http://turismo.maiadigital.pt/ocm/turismo/MyFiles/mapas/mapa_norte_de_portugal.gif

Foi publicado em Diário da República ( Portaria e Decreto-Lei)  a criação de Comunidades Intermunicipais e a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. O governo quer fugir à Regionalização e cria estas múltiplas entidades. Mais empregos ( pessoal administrativo, executivo, presidente do executivo, etc), mais despesa pública.

O curioso é que só agora a Assembleia Municipal de Vizela vai dizer que sim ou não!

O processo deveria ser ao contrário ( debaixo para cima).

Reunir para quê?

E se a Assembleia não aprovar?

publicado por José Manuel Faria às 13:37

 

 

Nunca um programa, no caso, um "sketche", recebeu um tão elevado número de cartas a contestá-lo", diz fonte da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC). Está aberto um processo de averiguações. Ainda ontem, estava previsto que a SIC fosse notificada relativamente à peça do "Zé Carlos", emitida no último domingo.

 

A brincadeira no Zé carlos sobre uma "missa" a Louvar o famoso computador propagandístico Magalhães está a gerar polémica.É inacreditável a falta de humor de uma parte minoritária de católicos "puros". Quantas vezes se brinca com padres ou com o Papa por exemplo em Carnavais de aldeias 100% católicas e todos sorriem - Zé Carlos é uma temtativa de Carnaval -. Estes "fanáticos" tornam-se ridículos, e promovem o programa a menor custos. O Zé Carlos não está grande coisa. Este sketch foi dos melhores: a adoração do computador até no altar!

 

publicado por José Manuel Faria às 10:39

23
Out 08

http://www.javno.com/slike/slike_3/r1/g2008/m10/y185552054682620.jpg

Os rumores sobre a homossexualidade de Haider circulavam há mais de dez anos na Áustria e na Alemanha, tendo sido objecto de tratamento jornalístico quando liderava os neo-nazis do Partido da Liberdade. Quando foi votada a diminuição da idade de consentimento para as relações homossexuais, Haider foi dos maiores opositores à mudança da lei. Mas a comunidade LGBT austríaca, citada pelo Berlin Tageszeitung, já denunciara Haider por preferir o sexo com jovens abaixo da idade legal na Àustria (18 anos), recorrendo frequentemente à companhia de jovens da vizinha Eslováquia, onde as relações homossexuais são permitidas a partir dos 15 anos. 


Os neonazis tipo Haider ou PNR fazem da homofobia uma bandeira política, defendem a familia tradicional, os bons costumes a pureza nacional o ódio ao preto entre outras causas"naturais".


E afinal...!

publicado por José Manuel Faria às 22:56

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Eu não digo que o JIC só se riu para os outdoors, ...
Lá estão os mesmos do costume. Se fazem vídeos em ...
Lol...opinar para no final nada fazerem... Enfim.....
Pois. Portugal era um país fascista.
O jornaleco é do polvo angolano, e anda por lá a e...
Na guerra colonial a Força Aérea também usou Napal...
Ó sr. MS, não estou de acordo consigo.Então o sr. ...
Parabéns MVS. Desta forma ninguém vai poder dizer ...
Anda tudo de venda...ou melhor de palas...por algu...
Pela primeira vez...deve haver engano....
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO