22
Jan 08

Tenho problemas respiratórios, mas durante muitos anos fumei, tonto que eu era. Há cerca de 11 anos acabei com o tabaco por motivos fortes de saúde. Digo, fumar é um grande prazer.

Apoiei a lei anti-fumo do PS, aliás a única Lei de Sócrates. Postei a favor da Lei.

Ontem depois de assistir ao programa prós e contra da rtp1, mudei de opinião. Depois de explicada pelos senhores do pró Lei, fiquei estupefacto com as incertezas da sua aplicabilidade, da estória das divisões dos espaços, da noção do que é espaço público, das excepções à Lei, do grau de CO2, etc.

Os defensores do Contra queriam liberdade de fumar para 20% da população em condições mínimas: espaços e liberdade de escolha. E não há. A Lei é para acabar com os fumadores. Tem de haver liberdade de optar. O tabaco não é proibido.

Dou o braço a torcer. Errei.

publicado por José Manuel Faria às 21:46

comentário:
Boa noite

O mais importante deste post, nem é o conteúdo acerca da lei, mas a demosntração de que se pode admitir o erro sem perder a dignidade com humildades bacocas.
Independentemente de posições, os meus parabéns.
feira de castro a 23 de Janeiro de 2008 às 23:18

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Se estiver com o pé quieto, eu acerto-lhe sempre n...
Balelas, balelas e mais balelas.
É verdade. O JIC, o J.P. e a Dora sempre trabalhar...
Para padre andou ele a estudar mas só lá esteve 6 ...
Ao anónimo das 22,34Ninguém vos entende!É uma no c...
Ao comentário das 19,41Cllaro que este comentário ...
Oh mirone, o seu pseudónimo deveria ser Mirolho ou...
""Ah, já agora; comi-lhe o cavalo – Xeque Mate!"En...
""Mestre de Avis a 19 de Julho de 2017 às 23:58""A...
Não. Não dá para acreditar. Vamos rezar para que o...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO