22
Jan 08

Tenho problemas respiratórios, mas durante muitos anos fumei, tonto que eu era. Há cerca de 11 anos acabei com o tabaco por motivos fortes de saúde. Digo, fumar é um grande prazer.

Apoiei a lei anti-fumo do PS, aliás a única Lei de Sócrates. Postei a favor da Lei.

Ontem depois de assistir ao programa prós e contra da rtp1, mudei de opinião. Depois de explicada pelos senhores do pró Lei, fiquei estupefacto com as incertezas da sua aplicabilidade, da estória das divisões dos espaços, da noção do que é espaço público, das excepções à Lei, do grau de CO2, etc.

Os defensores do Contra queriam liberdade de fumar para 20% da população em condições mínimas: espaços e liberdade de escolha. E não há. A Lei é para acabar com os fumadores. Tem de haver liberdade de optar. O tabaco não é proibido.

Dou o braço a torcer. Errei.

publicado por José Manuel Faria às 21:46

comentário:
Boa noite

O mais importante deste post, nem é o conteúdo acerca da lei, mas a demosntração de que se pode admitir o erro sem perder a dignidade com humildades bacocas.
Independentemente de posições, os meus parabéns.
feira de castro a 23 de Janeiro de 2008 às 23:18

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Muito menos, digo eu, para estes comentários imbec...
Festejar o aniversário de quem manda no puto???Ten...
O referendo é uma boa proposta e, Janeiro o mês pa...
Não vamos criar precedentes. O Povo não sabe o que...
Anónimo a 20 de Novembro de 2017 às 19:28"Onde est...
Ora por aqui se pode ver em que é que é (mal) gast...
Sim, a menina deve tornar público o que acontece, ...
O que é o "comércio local"? Os comércios locais do...
Conseguiram uma mão cheia de quase nada, outra de ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO