31
Jan 09

 Na empresa da qual é sócio Francisco Ferreira, presidente da Câmara de Vizela, nenhum dos trabalhadores abordados pelo JN quis falar à nossa reportagem. Mostram-se apreensivos, mas sobretudo temem represálias por parte da administração, na esperança de que possam voltar a ser chamados a trabalhar. Não foi possível contactar nenhum elemento da administração, tendo uma funcionária informado que só segunda-feira estará alguém na empresa


A flexibilização do lay-off - suspensão dos contratos de trabalho -

 

Uso ou abuso?

publicado por José Manuel Faria às 20:44

publicado por José Manuel Faria às 15:59

 O Bloco de Esquerda vai convidar personalidades externas ao partido para participar na discussão do seu programa eleitoral para as legislativas.

 

O Bloco deve seguir este caminho: O de abrir o partido a independentes de esquerda colaboradores num projecto objectivo e alternativo de governo em oposição ao de Sócrates. Colaboração de especialistas de várias áreas ( finanças, educação ,saúde, economia, ambiente, energia, etc) com intuito de aprofundar problemáticas e dar soluções às mesmas. Os portugueses esperam uma alternativa de esquerda socialista pragmática e real que lhes resolva a crise quotidiana de baixos salários, desemprego e pobreza. Manuela Ferreira Leite e José Sócrates não podem ser os únicos candidatos a primeiro-ministro. O Bloco participa nas eleições para vencer, sozinho ou convergindo à esquerda com outras forças. O Bloco deve deixar a ideia de contra-poder bem longe do seu horizonte, ganhando assim credibilidade no eleitorado “perdido” que quer castigar o PM e tem dificuldade em encontrar um partido que lhe dê guarida.

publicado por José Manuel Faria às 15:25

30
Jan 09

  

 

(...) Não confundas este Louçã com a sua família, residentes em Almada e com uma consciência política e de classe bem diferente.

 

 

As minhas homenagens ao meu camarada Ricardo Louçã, (primo deste anormal) e que é Presidente da Junta de Freguesia da Cova da Piedade.
Depois nós PCP não somos Coreanos, somos Portugueses dos que lutaram pela liberdade durante o fascismo, (não aparecemos depois para dividir os trabalhadores só por oportunismo).
E ainda no que a mim me diz respeito, Stalinismo (apesar de não saber o que isso é e afirmar que isso não existe) não me choca, antes pelo contrario, com ele o Socialismo evoluiu positivamente cresceu, libertou o mundo do Nazi-fascismo e transformou um país devastado pela guerra e pela herança difícil da Revolução de 1917 e em poucos anos transformou-o numa potencia mundial a todos os níveis, sem ele foi o fim do socialismo e o regresso do capitalismo selvagem ao leste Europeu.
Mas volto a dizer nós somos o PCP, Partido Comunista Português, partido da classe operaria e de todos os trabalhadores, patriota internacionalista, Marxista-Leninista.
E Vocês o que são além de vasos, mentirosos?

 

 

in anti-troll urbano

publicado por José Manuel Faria às 18:56

publicado por José Manuel Faria às 13:32

 Fátima Felgueiras recusa responsabilidades por alegado financiamento ilícito do clube de futebol local e culpa os serviços e técnicos da Câmara por alegados ilícitos. Para a autarca, todo o dinheiro destinava-se a obras.


Fátima Felgueiras, a Luso – Brasileira tem o desplante de quando acossada pela prática de crime no financiamento ilícito do clube local, culpar os subalternos técnicos. Quer dizer a Sra. aprova em reunião de Câmara milhões de euros para infra-estruturas, e os seus técnicos pagam salários aos jogadores. FF não vê, não ouve e não fala. FF goza com a inteligência dos portugueses e principalmente com os felgueirenses.

 

Esta autarca é um nojo de exemplo. A cadeia efectiva era pouco, para esta cínica.

 

Os subalternos com medo do despedimento irão manter-se calados. Na sua defesa de práticas de crimes, a madame já gastou mais de 500 mil euros de todos nós. Triste justiça!

publicado por José Manuel Faria às 10:13

publicado por José Manuel Faria às 10:02

29
Jan 09

”. Quanto à segunda ilação, o deputado da bancada socialista defende que “o oportunismo político do cidadão Manuel Monteiro que alguns referem só seria comprovado com a evidência das suas declarações que, por razões regimentais do órgão autárquico – como muitos dizem e defendem – não chegou a fazer”. 

 

Manuel Monteiro vai ser o candidato nº1 pelo PND ao círculo de Braga.

 

Sabe que sem propaganda antecipada não é eleito, por isso inventou a estratégia dos 22 mil apoiantes, fazendo crer a sua independência face ao partido que ele obrigatóriamente  terá que assumir.

 

MM em Braga fez o seu número, os Deputados municipais de Braga, nem todos, assistiram às suas propostas.

 

MM sabe da sua popularidade em Vizela, e queria repetir a dose! O Regimento não o permitiu.

 

Bem, caso Monteiro tivesse direito à Tribuna, também o tinha: António e Agostinho Lopes do PCP, Maria José Nogueira Pinto ( Independente), Francisco Assis, do PS e mais duas dezenas de políticos obreiros do Concelho.

 

Ilídio Costa é sério, respeitável e uma personalidade incontornável de Vizela, mas, que me desculpe IC, neste caso tem uma postura altamente ingénua.

publicado por José Manuel Faria às 11:03

publicado por José Manuel Faria às 10:50

 A festa skinhead, cuja localização agora se desconhece, será acompanhada de perto pelas autoridades, incluindo PSP, PJ e SIS, que esperam uma grande afluência de participantes de todo o País, pois, segundo osinvestigadores da polícia que acompanham este movimento, o grupo está a crescer em Portugal

 

 

Há em Portugal opiniões e algumas avalizadas que defendem a publicidade nula e uma posição de “olhar para o lado” quando acontecem  estes ajuntamentos Skins ou manifestações organizadas pelo PNR (menos violentos) 


  

Pelo contrário, a denuncia, a informação dos seus ideais , a forma de actuar, os seus  ódios a sua subcultura musical,  e os seus ídolos devem ser expostos a todos, principalmente aos jovens, mais influenciáveis a movimentos “diferentes”. Esta gente é extremamente racista, xenófoba sem respeito algum pelos direitos humanos e pela Democracia.

Urge o combate a nível político, policial e judicial a estes monstros filhos da serpente mais maléfica à face da Terra: o Nazismo.

 

publicado por José Manuel Faria às 10:12

28
Jan 09

 Da anatomia ano-rectal e assim

 


Um post escatológico ou a problemática da doação de sangue por homossexuais masculinos.

publicado por José Manuel Faria às 21:45


A polícia inglesa considera que José Sócrates é suspeito no caso Freeport, adianta a revista Visão. Segundo a Sábado, as autoridades britânicas enviaram uma carta rogatória à Justiça portuguesa, pedindo informação bancária do primeiro-ministro.

 

A Justiça inglesa está ao serviço do PSD,CDS,PCP ou BE?


Creio que não!

publicado por José Manuel Faria às 19:55

publicado por José Manuel Faria às 10:57

 

Ontem na Sic notícias ( Dia D), Ana Lourenço entrevistou Freitas do Amaral, antigo Líder carismático do CDS, e ex:Ministro dos Negócios de Estrangeiros do Governo de José Sócrates.

 

A cara mais bonita da TV portuguesa tem um modo ultra – suave de questionar, deixa o entrevistado discorrer o seu pensamento, de outro modo, não incomoda. É a jornalista que todos gostariam de a ter pela frente.

 

Freitas do Amaral foi de certeza absoluta o maior Socrático deste rectângulo Ibérico. Nem Pedro Pereira com Mário Crespo conseguiu defender o empreendimento Freeport com tanta convicção. O PM fez tudo bem, as insinuações são vergonhosas, as extraordinárias políticas de redução do deficit (agora Portugal está preparado para combater a crise), as reformas na saúde, função pública, o combate à crise económica e financeira não poderiam ser feitas de outro modo, explicou Keynes a alunos do 1º ciclo, os portugueses, não vacilou sobre o investimento público. Ana Lourenço questiona: “não houve erros”, responde Freitas: “ todos erramos, os seres humanos erram”, sem apontar nenhum. O PM é provavelmente o melhor em Democracia. E mais, marchou contra os corporativismos anti-reformas conservadores qual Afonso Henriques na conquista de terras aos Mouros.

 

O Primeiro-ministro tem um apoiante incondicional, o Prof. Doutor Freitas do Amaral. 

publicado por José Manuel Faria às 10:45

27
Jan 09

publicado por José Manuel Faria às 12:35

Marinho Pinto bastonário da Ordem dos Advogados criou altas expectativas nas populações e em parte da classe, contudo nos últimos tempos insiste nos disparates.
Os polícias «vão aos escritórios de advogados», sem que haja qualquer suspeita sobre eles, «unicamente para recolher elementos que possam interessar a algumas investigações», o que constitui uma«prática própria de estados terroristas».
Defende o corporativismo, ataca os Juízes, o Ministério Público a Procuradoria, todos levam porrada, ele parece ser o único bom da fita e rodeado por excelentes figurantes escolhidos por si. Um filme medíocre porque sobreavaliado, com um protagonista canastrão e enredo sem sentido, principalmente quando utiliza uma arma que sem saber para onde atirar, faz sangue em tudo e em todos sem contextualizar a história e discernir o inimigo.

publicado por José Manuel Faria às 10:55

26
Jan 09

publicado por José Manuel Faria às 18:45

Pode o PS ser o partido mais votado nas urnas e, mesmo assim, perder as eleições legislativas de 2009 para o PSD? Pode é claro, tudo tem que ver com a menor perda de votos nos círculos eleitorais. E, registe-se, o nosso sistema eleitoral é proporcional (não totalmente), imagine-se um uninominal e as consequentes distorções, mesmo com um círculo de compensação

. Um exemplo a académico: Uma lista partidária recolhe 18 000 votos em todos os círculos eleitorais em Portugal 360 000 votos (5 - 6% votos) e não elege nenhum deputado.

Os defensores de um deputado um círculo têm um bom argumento ( único): o conhecimento do deputado, o seu trabalho, e nas próximas eleições o castigo ou o prémio, este não deixa nunca de ser deputado do todo nacional. As desvantagens são maiores: distorção da proporcionalidade, tornar-se um cacique local, criar interesses próprios do círculo e esquecer o País, “vender-se” ao governo ( queijo limiano) ou à oposição e destabilizar as instituições, por exemplo.

O País é pequeno, um deputado eleito por Lisboa pode fazer um bom trabalho em Viana do Castelo (4 horas de viajem), basta querer, o mais importante é a sua política e não a sua origem local.

Eu defendo a proporcionalidade quase pura: Um único círculo eleitoral. Poucos votos se perderiam. E a tentação do voto útil seria muito reduzida. É assim nas Europeias, e ninguém se queixa. Curiosamente ou não, é na UE que se define as políticas “maiores”!

publicado por José Manuel Faria às 10:37

25
Jan 09

publicado por José Manuel Faria às 12:10

 O jornalismo desportivo é o mais tendencioso e rasca da comunicação social

 

1 - Dizem que o futebol é uma indústria e arte;

 

2 – Só há futebol nos média, os outros são noticia, caso haja medalhas;

 

3 – Moniz Pereira lia os desportivos de trás para a frente, inteligente este ex: treinador;

 

4 – Todas as TVs ( abertas) - excepto a rtp2 - , insistem no futebol dos 3 “grandes” diariamente;

 

5 – Há programas de entretenimento na TV com 3 ilustres dos 3 “grandes”;

 

6 – Em canal aberto só passa futebol com um dos tais;

 

7 – Nos sorteios ( Taças, Liga e afins), abrem com quem os 3 irão jogar;

 

8 – Se um dos 3 jogar à meia-noite de 3ª feira há directo com certeza na Antena1/TSF/R;

 

9 – Há cronistas que colocam num texto sobre futebol toda a sua veia artística de romancista frustrado;

 

10 – Quique das Flores está em todo o lado;

 

11 – Os “clássicos” entram em jogo nos média sempre pelo menos 1 hora;

 

12 – A “caixa” dos desportivos está reservada aos “grandes”;

 

13 – Quem não gosta dos “grandes”, mas dos “piquenos”, fica sempre contente com a derrota deles;

 

14 – Há milhões de portugueses com 2 clubes, o “piqueno”  para consumo interno (aldeia, vila ou cidade ), e o “grande” que lhe dão alegria, excepto em Leiria, onde todos são do Benfica!;

 

15 – Em dezenas de cidades do País, existem as Casa dos “grandes”;

 

16 – Há adeptos de dois cachecóis;

 

17 – O jornalista é obrigado a lutar pelo seu emprego;

 

18 – Os 3 “grandes” quando perdem ou empatam, são sempre eles a desperdiçarem pontos;

 

19 –  E então: és do Porto, Benfica ou Sporting? Questiona o comum cidadão;

 

20 – Não, sou do Boavista;

 

21 – A “pescada de rabo na boca” terá como consequência, a eternidade dos 3 “grandes”;

 

22 – Ontem quase todos perderam pontos;

 

23 – No dia em que um deles descer de divisão, aumenta-se a Liga para 18 ou 20.

publicado por José Manuel Faria às 11:44

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
RV Jornal- artigo"Obra da Rua Joaquim Costa Chicór...
E os outros?
Os camaradas do Bloco e do PCP devem estar radiant...
Quem escolhe mal as pessoas que os acompanham, têm...
Bar em matosinhos??? Que historia é essa?
como é possível que alguém que foi constituído arg...
Dinis Costa cantas bem mas não alegras.
Tão lindinhos, tão enfeitadinhos. Lamentavelmente ...
De recurso em recurso, com as férias judiciais pel...
Gente de má língua... O homem é um talento nato em...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO