30
Jun 09

"O grande destaque desta publicação é primeiro concurso de fotografia promovido pela Autarquia, titulado “Vizela Sentida”. O concurso, que servirá de mote para comemorar o Dia Mundial do Turismo, que se assinala a 27 de Setembro, visa o envolvi¬mento da comunidade vizelense, e de outras regiões, numa recolha original de fotografias do concelho de Vizela, capazes de captar as diferentes pers¬pectivas e percepções que o público tem da riqueza patrimonial, arquitectó¬nica, paisagística ou outra, observada através da objectiva de uma câmara fotográfica mas ilustrativa do que de melhor existe no concelho de Vizela." 


A fotografia é uma arte, deve por isso ser apoiada e fomentada, mas meus amigos no dia 27 de Setembro há legislativas e no dia seguinte abre a campanha eleitoral oficial  autárquica.Não será coincidência a mais. Logo nesta altura a CMV promove um concurso de fotografia! E nos outros 10 anos? Pois!

publicado por José Manuel Faria às 11:32

Lei 14/79 - 16 Maio
(Actualizada com as alterações introduzidas pela Lei Orgânica nº 2/2001 de 25 de Agosto)
Artigo 66.º 
Propaganda gráfica e sonora

1. As juntas de freguesia devem estabelecer, até três dias antes do início da campanha eleitoral, espaços especiais em locais certos, destinados à fixação de cartazes, fotografias, jornais murais, manifestos e avisos.

2. Os espaços reservados nos locais previstos no número anterior devem ser tantos quantas as listas de candidatos propostas à eleição pelo círculo.

3. A afixação de cartazes e a propaganda sonora não carecem de autorização nem de comunicação às autoridades administrativas.

4. Não é permitida a afixação de cartazes nem a realização de inscrições ou pinturas murais em monumentos nacionais, nos edifícios religiosos, nos edifícios sede de órgãos de soberania, de regiões autónomas ou do poder local, nos sinais de trânsito ou placas de sinalização rodoviária, no interior de quaisquer repartições ou edifícios públicos ou franqueados ao público, incluindo os estabelecimentos comerciais.



A Lei permite quase tudo, por isso não se espante se entre o dia de hoje e o  11de Outubro não consiga ver o vizinho de frente,os espaços verdes coloridos e as rotundas enfeitadas de caras feias ou bonitas, quase sempre feias. Cada Cartaz dos "grandes" custa no mínimo 750/1 000 euros. Ainda bem que o Tribunal Constitucional tem muitos "espiões" a controlarem o número de outdoors/cartazes, jantares políticos ou festas de angariação e donativos. As contas da propaganda terão de ser bem justificadas.

 

publicado por José Manuel Faria às 10:32

29
Jun 09

publicado por José Manuel Faria às 12:22

O homem livre é senhor de sua vontade e somente escravo de sua consciência.
(Aristóteles)

publicado por José Manuel Faria às 11:40

 

 

A táctica, plano a curto prazo, é cada vez mais utilizada, fazendo alterar paradoxalmente uma estratégia, quando deveria ser uma componente desta. A pressão mediática, o uso de novas tecnologias, a influência continua e rápida do acontecimento momentâneo e imprevisível, as reviravoltas de pensamento dos adversários, a alteração do inimigo principal, as sondagens ou uma brisa bem soft da China, implica quantas vezes a profunda alteração da estratégia.

 

A médio e a longo prazo, (3 a 6 meses) o nosso objectivo estudado ao pormenor consistia num plano: projecto, equipa, contactos e publicidade para um crescimento de 20%, no fim do1º mês verifica-se que adoptando planos semanais ou quase diários, de inflexões, rupturas e insistência, a “velha” estratégia é ultrapassada pelos acontecimentos, obrigando a criar novos objectivos, que no 2º mês, parecem velhos.

 

Na última semana, a equipa quer duplicar! 


ps: Quem pede cedo a maioria absoluta pode contentar-se a 48 h com a vitória por 1, e acaba por perder por 1 000. Adormeceram à sombra da Estratégia.

publicado por José Manuel Faria às 10:54

28
Jun 09

 

goncalves_silva.jpgFaleceu José Gonçalves da Silva, membro da Assembleia de Freguesia de S. Lázaro, deputado municipal e dirigente concelhio em Braga do Bloco de Esquerda.
Gonçalves da Silva foi um lutador solidário, dirigente do Sindicado Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações e um dos rostos da UDP em Braga. Participou na fundação do Bloco de Esquerda, e nos últimos dez anos integrou as direcções políticas do partido no concelho e no distrito, tendo sido candidato à Assembleia da República.

O Bloco de Esquerda manifesta a todos que com ele conviveram, no sindicalismo e na acção política, e particularmente à sua família, o mais profundo pesar, com a certeza de que o seu exemplo de cidadão que nunca se resignou com a injustiça social perdurará na nossa memória. A este pesar associa-se Francisco Louçã, coordenador do Bloco de Esquerda, a título pessoal e em nome da direcção do partido.

 

publicado por José Manuel Faria às 23:13

 IMAG0052.jpg image by befamalicao


Em 2005 faltaram 417 votos  para ser eleito Deputado. Um por freguesia. Em 27 de Setembro será eleito. O Pedro Soares é um político incansável. Está obrigado a contactar o povo vizelense pelo menos de 2 em 2 meses.

publicado por José Manuel Faria às 11:58

 A Legislação indica uma Sessão Ordinária de Assembleia Municipal em Junho. E não se fez.


A 27 de Maio, a  5 dias de Junho,  realizou-se uma Extraordinária a pedido da Câmara/Vimágua.


Durante todo o Junho nada de Assembleia!


A 23 de Junho  pede-se aos partidos para a Convocar para Julho, sem dia certo, pois espera-se pelo acordo de colaboração EB2/3 - Dren e consequente modificação orçamental.


Conclusão, a Assembleia anda a reboque dos interesses da Câmara. Dizem que seria para poupar dinheiro,  e a de 27 de Maio, quanto custou?


O Órgão fiscalizador corre atrás do Executivo a fiscalizar!

publicado por José Manuel Faria às 10:56

 

Juniores A: Sporting-Benfica interrompido por invasão de campo

 

 

 

Detesto ver/assistir a programas de TV onde abordam: habilidades, quedas, choque de carros, quedas de ciclistas, lutas urbanas, gás lacrimogéneo, polícias a bater, polícias a levar, aviões a atacar… Há um que me dá imenso prazer, aquele em que a tropa de choque rasga as costas dos energúmenos violentos que estragam espectáculos pagos por muitos. É bonito de se ver as claques a serem enxotadas dos palcos desportivos com as costas bem quentes. Diria uma violência positiva.

publicado por José Manuel Faria às 10:13

[Dadores+de+Sangue+2009+090.jpg] 


in DDV

 

Positivo:


1 - Identificação objectiva, Dinis Costa é o candidato a Presidente de Câmara,


2 - A  "estética" do Cartaz;


3 - Símbolos ( 2) do PS bem visíveis.


Negativo:


1 - O slogan: Pretensiosismo, "Alma Vizelense", com a Alma não se brinca!


2 - O slogan II , só no futuro é que tem confiança? E hoje? E há 8 anos?


3 - O Presidente necessita de equipa, onde está?  

publicado por José Manuel Faria às 00:03

27
Jun 09

  

Segundo o DDV, a equipa de Dinis Costa continua um mistério, assim como a de João Cocharra. Quer isto dizer que não havia montanha, daí o rato não aparecer. A festa1, dará lugar a uma party 2, mais íntima, na sede do partido.

 

A única nota de destaque, foi a constituição de uma Comissão de Honra com 50 personalidades, e a curiosidade das mesmos assinarem um cheque em Branco a Dinis Costa.

 

A Comissão não sabe a composição das listas à AMV e CMV!!


adenda: Segundo Francisco Ferreira, estiveram 800 eleitores na Festa. Se abstenção atingir 50%, o valor baixa para 400. É só fazer as contas.

 

Cara amiga Fáima Anjos: Trocas a foto de Dinis Costa pela do Ministro! :)))

publicado por José Manuel Faria às 11:14

 

 

 

"Segundo as mesmas fontes, a ideia de José Sócrates passa por "reunir algumas das pessoas mais representativas da sociedade civil, como advogados, gestores, gente da cultura, das Instituições Particulares de Solidariedade Social para avaliar e dar conta de algumas ideias e propostas para os próximos quatro anos" 

 

 

Sócrates não reúne com operários, professores do ensino básico, sindicalistas, pescadores, agricultores, desempregados, balconistas, pensionistas nem com meninas do shopping. A nata, o PM quer a nata. 

 

publicado por José Manuel Faria às 10:11

26
Jun 09

publicado por José Manuel Faria às 22:50

Quem conhece Francisco Ferreira não pode ter visto como anormal o edil ter ido buscar pouco tempo depois Dinis Costa para a sua beira na Câmara Municipal. Foi uma questão consciencial.
Francisco Ferreira é mesmo assim. Pode cultivar um adversário até ao limite, mas se amanhã tiver de lhe apertar a mão fá-lo com a máxima naturalidade.
Quem conhece Francisco Ferreira não pode ter visto como anormal ele ter proposto agora Dinis Costa como candidato à Câmara Municipal. É consciencial.

Nesta altura a dúvida que se coloca é esta: até onde vai a autonomia de Dinis Costa para cortar e pregar (como certamente gostaria), a começar pela constituição das listas para a Câmara e Assembleia Municipal (as Juntas não dão muito que pensar, prevendo-se um claro 6x1 a favor do PS com os tais 40% à bitola). 


1-     Francisco Ferreira e Dinis Costa digladiaram-se até ao momento em que ambos perceberam que necessitavam um do outro. Dinis, junta-se ao inimigo  porque não conseguiu vencê-lo, Ferreira cede aos 2 000 votos da Lage, Montezinhos, Lagoas e afins.

2-     A passagem de testemunho não foi tão fácil como os votos da Comissão Política parecem dizer. Consta, que não havia cabine de voto;

3-     O símbolo do PS vale 15 e não 40%. Os  Vizelenses há muito que destaparam os olhos.

publicado por José Manuel Faria às 17:18

Comecemos pela questão das credenciais para os delegados dos partidos às reuniões para a constituição das mesas de voto. Houve quem respeitasse a lei, ou seja, aceitasse as credenciais dos partidos. E houve quem exigisse que as credenciais válidas eram umas passadas pelas câmaras, o que, obviamente, originou de imediato confusões e conflitos.
Depois houve presidentes de junta que não marcaram as reuniões, nem as divulgaram, nem afixaram os editais. Houve mesmo um caso em que, pura e simplesmente, não se realizou reunião (o presidente da junta estava a trabalhar no turno da noite e não providenciou a sua substituição). O melhor argumento de que tive conhecimento foi o do presidente de uma das maiores junta de freguesia do distrito que não afixou o edital na porta por ser "inestético"... 
Uma vez nas reuniões, houve presidentes de junta que recusaram credenciais de outros partidos. Caso do PSD, que não aceitou as do PS, tendo mesmo, em dois casos, chegado a vias de facto. Houve presidentes de junta que se assumiram como mandatários dos partidos, o que é ilegal. Houve presidentes de junta que dirigiram as reuniões, o que é ilegal. 

Na constituição das mesas houve inúmeros locais onde foi evocado o argumento, que não consta da lei, de "representatividade" de cada partido em função de anteriores resultados eleitorais. "

 

in Público,  António Vilarigues 

publicado por José Manuel Faria às 13:56

As intervenções do Presidente da República, da líder do PSD e dos restantes partidos da oposição travaram a saída de José Eduardo Moniz da direcção da TVI

 

 

A entrada da PT na TVI tinha como objectivo central alterar o rumo Editorial/noticioso da TVI. Acabar com o Jornal de MMG. Goste-se ou não, a liberdade de Imprensa foi uma das maiores conquistas de Abril. Indirectamente o governo queria controlar  a TVI. Vamos ver o ponto de vista de MMG logo à noite, as audiências vão atingir um record em Portugal (90%).


Sócrates meteu a viola ao Saco, perdeu mais, 2% de votos.

publicado por José Manuel Faria às 10:31

Há gostos diferentes. Nunca me disse nada, mesmo nada:  a música, a dança ou o performer. Paz à sua Alma.

publicado por José Manuel Faria às 09:48

25
Jun 09

 Os convites para a festa Dinis Costa são oferecidos a quem aparece pela frente. Aproveitem e bebam tintol.


Amanhã,  convivas PS ouçam o redondo Vieira da Silva, o ministro fala muito bem! Vai falar antes ou depois do Dinis?


O importante na Festa Rosa/Vizela será a presença ou ausência de Francisco Ferreira, se este aparecer e não falar, Dinis perde as eleições

publicado por José Manuel Faria às 22:58

 Deu-se início à pequena política em Vizela. Convites ou não Convites do PS, o PSD também os fez ( pessoalmente).


Mais grave são as pressões sobre as pessoas obrigando- as a candidatarem -se. Ou os gastos da CMV e Juntas (todas) com os passeios


Os idosos fazem bem em aproveitar as Ofertas, mas eles não são estúpidos, e vão saber optar.

publicado por José Manuel Faria às 12:17

 Os Inquéritos Políticos nesta altura do Campeonato são absolutamente desnecessários e de modo algum credíveis.


Os Inquéritos vão de férias.

publicado por José Manuel Faria às 11:14

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Eu não digo que o JIC só se riu para os outdoors, ...
Lá estão os mesmos do costume. Se fazem vídeos em ...
Lol...opinar para no final nada fazerem... Enfim.....
Pois. Portugal era um país fascista.
O jornaleco é do polvo angolano, e anda por lá a e...
Na guerra colonial a Força Aérea também usou Napal...
Ó sr. MS, não estou de acordo consigo.Então o sr. ...
Parabéns MVS. Desta forma ninguém vai poder dizer ...
Anda tudo de venda...ou melhor de palas...por algu...
Pela primeira vez...deve haver engano....
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO