19
Jun 11

 

(...)A Guerra dos Mundos acontece em Portugal e são estas investidas que fazem o país tremer, as escassas subidas e as permanentes descidas. Afirmando-se numa invasão potente e credível, necessita ser conduzida em colaboração de governos totalitários ou governos de vassalagem, pois os alienígenas são incapazes de suportar uma invasão em larga escala devido ao seu número reduzido e em vez disso, usam o choque de sua chegada para se disseminarem estrategicamente e trazem consigo desta vez armas capazes de aniquilar a solidez de qualquer sociedade através de munições de corrupção e mentira. A força alienígena, com forças tentaculares em todos os organismos do país, preparam uma plataforma de invasão, começando logo com a intenção e vontade de destruir o poder local nos locais onde aterraram. Os partidos renderam-se a esta diáspora imigratória alienígena o CDS/PP apenas deixou como exigência a necessidade de vistos de residência pelo ministro dos negócios estrangeiros onde conste uma recusa a apoios sociais e se possível a garantia de uma cor da pele mais enquadrada ao meio, o PSD exige a alteração da banda cromática do clarão: avivar a laranja e ofuscar o rosa e permitir a privatização dos estragos provocados pela FMI dos meteoros, devendo os mesmos servir de matéria-prima á criação de médias empresas. O PS exige que os alienígenas transfigurados não enjoem em autocarros, saibam agitar bandeiras em comícios a troco de parcos almoços servidos de pé entre boys sentados (alguns actualmente assumem-se camaleões na intimidade), a CDU-PCP/PEV vermelha na sua colérica negação da existência de tais alienígenas dilui-se nas suas razões rejeitando todo o “sistema”, tal como o BE que já vai admitindo que os mesmos até possam ter as cores do arco-íris e está a preparar uma proposta para a oficialização de casamentos alienígenas/lusos e a possibilidade de adopção de alienígenas"(...)

 

Texto de opinião de António Veiga (ex-candidato CDU à Câmara de Vizela)

publicado por José Manuel Faria às 23:20

 

- Francisco Louçã, Ana Drago, Fernando Rosas, Luís Fazenda, Mariana Aiveca, Marisa Matias, Pedro Soares, Joana Mortágua, João Semedo, João Teixeira Lopes, Jorge Costa, José Gusmão, José Manuel Pureza, José Soeiro, Rita Calvário e Tiago Gillot.  

 

 - Louça, Jorge Costa e Tiago Gillot;(aPSR)

 

 - Luís Fazenda, Mariana Aiveca, Pedro Soares e Joana Mórtagua;(aUDP)

 

 - Ana Drago, José Gusmão, Marisa Matias e José manuel Pureza;( PXXI)

 

 - João Semedo, João Teixeira Lopes,José Soeiro, Rita calvário e Fernando Rosas (independentes)

publicado por José Manuel Faria às 10:48

 

 

Cleo Pires

publicado por José Manuel Faria às 10:25

Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Só desaparece quem não tiver militantes, e sobret...
Não acredito!......
Só a sondagem da Aximage para o Correiro da Manh...
Deve ser por isso , que ele não divulga quanto rec...
Concordo. Há encomendas! Registe-se que hoje há mi...
Sondagem Aximage Correio da ManhãPS-40,2-----SobeP...
Na Vespera o Correio da Manhã publicou uma sondage...
Concordo!Abraço
A Rita é mais elegante.........
Vejo que facilmente "emprenhas pelos olhos/ouvidos...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO