31
Out 11

 

 

 

"A partir daí, tem-se assistido a uma troca de galhardetes entre Carlos Alberto Costa, professor na EB 2,3 e ex-vereador municipal, e o Colégio Vizela. O comentador do programa “Bica Quente”, da Rádio Vizela, enviou esta segunda-feira um comunicado, em jeito de resposta ao último da unidade de ensino, onde reafirma que “a verba de € 43.105,30 aprovada pela Câmara é exageradissima, já que a grande maioria (mais de 90%) dos alunos que frequentam o Colégio reside a menos de 3Km e, de acordo com a lei em vigor, não têm direito a transporte escolar pago pelo Estado”."

 

Rádio Vizela

publicado por José Manuel Faria às 16:49

publicado por José Manuel Faria às 16:39

 

"Aconselho, por isso, a leitura de "Como os políticos enriquecem em Portugal", do jornalista António Sérgio Azenha e prefaciado por Henrique Neto. Pego aqui apenas nos números recolhidos junto do Tribunal Constitucional e reproduzidos neste trabalho de investigação. Deixo para um outro texto a análise mais pormenorizada do envolvimento destes ex-governantes em decisões concretas que podem explicar o interesse do sector privado por eles. Pego em apenas seis exemplos dos 15 analisados.

 

Joaquim Pina Moura ganhava, em 1994, 23 mil euros por ano. Entrou no governo e os seus rendimentos mais do que duplicaram. Natural, as suas responsabilidades também. Mas foi depois de sair da política que mudou de vida. Em 2003, um ano depois de sair do governo, ainda só recebia 172 mil euros por ano. Mas, em 2006, já como presidente da Iberdrola (depois de ter a pasta da economia, onde tomou decisões fundamentais para as empresas de energia), os seus rendimentos anuais eram de 700 mil euros por anoEm doze anos aumentaram 2956%."


(...)

 

As verdadeiras reformas de alguns políticos não são as que aparecem nos jornais

publicado por José Manuel Faria às 11:09

publicado por José Manuel Faria às 10:30

publicado por José Manuel Faria às 10:23

publicado por José Manuel Faria às 09:40

30
Out 11

 

 

As restrições ao consumo do tabaco definidas em Lei são suficientes para não criar incómodo aos "abstémios": Chega! Os impostos que os fumadores pagam compensam as suas despesas em cuidados médicos.

publicado por José Manuel Faria às 19:17

 

 

"No 9.º ano “a maioria dos jovens já domina os computadores perfeitamente e é questionável que seja necessário ter uma disciplina de TIC”, justifica Nuno Crato. Sobre EVT, afirma que “não estamos em época de ter dois professores em sala de aula” e que se deve antes pensar em “separar curricularmente a Educação Visual e a Educação Tecnológica e os professores alternarem a docência”. 

Princípio geral: “é necessário concentrar nas disciplinas essenciais”, “eliminar a dispersão na oferta curricular”, “apenas contratar os professores que sejam estritamente necessário”".

 

Crato, defende a Matemática e o Português como disciplinas hierarquicamente superiores (a remuneração deveria ser diferente!), é contra a diversidade curricular, tem aversão à EVT, disciplinas da 2ª B e a TIC um estorvo - Crato usa a táctica do dividir para reinar tendo como objectivo estratégico poupar...poupar: ordens da troika e do Passos.

publicado por José Manuel Faria às 10:33

Zoe Saldana

publicado por José Manuel Faria às 10:04

29
Out 11

publicado por José Manuel Faria às 23:52

publicado por José Manuel Faria às 17:33

 

 

 

 

“O caminho que temos de fazer é um caminho de mudança de regime económico, apostar mais nas empresas, mas na abertura da economia ao exterior, mais no empreendedorismo e na inovação dos portugueses, libertá-los do peso desta dívida, que vai demorar tempo, mas tem que ser feito, reduzir os gastos do Estado e das despesas públicas”, afirmou: Passos Coelho

 

 

 - O endividamento privado é muito superior ao público. Por isso, as empresas devem produzir mais e diversificado (apoio estatal) e os trabalhadores capacidade de consumir para a economia crescer: curiosamente o governo envereda pelo circuito inverso - arrasa quem trabalha, vende património e quer privatizar empresas estruturantes. Dentro de dois anos as dividas serão superiores, porque à soma do déficit acresce o crescimento negativo, e nada nos garantem que o crédito terá um juro mais baixo.

publicado por José Manuel Faria às 16:41

28
Out 11

 

 

 

 

 

"A 28 de Outubro de 1989, José Carvalho é esfaqueado mesmo à porta da sede do PSR, na Rua da Palma em Lisboa, vindo a falecer.

Tudo terá acontecido quando um grupo de "white skinheads" oriundo da Margem Sul forçou a entrada na sede do partido, onde estava a decorrer um concerto inserido numa campanha antimilitarista promovida pelo PSR. Os militantes tentaram impedir a entrada do grupo, e no meio da confusão e das agressões, José Carvalho cai no chão vítima duma facada no peito."

 

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Carvalho

 

publicado por José Manuel Faria às 18:46

 

 

 PROPOSTA DE CONCURSO PÚBLICO INTERNACIONAL PARA A CONCEPÇÃO, CONSTRUÇÃO E EXPLORAÇÃO, ATRAVÉS DE PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA, DO COMPLEXO TERMAL DE VIZELA: 

 

Rádio Vizela

As PPP em 7 questões

1. O que são as PPP?

Designam-se por Parcerias Público-Privadas (PPP) as diversas modalidades de envolvimento de entidades privadas em projectos de investimento de interesse público.

A sua definição encontra-se consagrada no artigo 2º do Decreto-Lei nº 86/2003, de 26 de Abril com a redacção dada pelo Decreto-Lei nº 141/2006, de 27 de Julho, diploma que estabelece também as normas gerais aplicáveis à intervenção do Estado nas PPP.

2. Quem são os parceiros?

 

 

 

3. Porque se lança uma PPP?

 

4. Quais os passos a dar antes do lançamento duma PPP?

 

 

5. Quais são os instrumentos de regulação jurídica duma PPP?

 

 

6. Que responsabilidades financeiras estão envolvidas?

 

 

7. Como intervém o Estado, para além da sua relação de parceiro?
Ministério das Finanças

publicado por José Manuel Faria às 16:36

publicado por José Manuel Faria às 09:54

 

Notícias de Vizela

 

"Numa reunião de Câmara com uma ordem de trabalhos pacífica, tendo todos os pontos sido aprovados por unanimidade, os assuntos extra-agenda foram o “sumo” do encontro.

 

Relativamente ao concurso internacional, o presidente da Câmara confirmou a informação que avançamos na capa da edição desta semana do jornal, ou seja, que há apenas um concorrente e que é o Grupo Tesal. Para agilizar o processo foi agendada uma reunião de Câmara extraordinária para a próxima quinta-feira, dia 03 de Novembro.

 

O outro assunto em destaque na sessão foi o Livro Verde da reforma da administração local, documento que, para o edil Dinis Costa é mais um “Livro Negro”. O presidente da Câmara assumiu o seu total desacordo com o documento e prometeu lutar contra a extinção das freguesias de Vizela. “Não mexeremos uma palha, quem criou este problema que o resolva”, afirmou. Sobre este tema, a Coligação ainda não tem uma posição oficial, mas o líder Miguel Lopes referiu que o tema está a ser debatido internamente."

 

Notícias de Vizela

 

 - E que esta luta seja consequente na Câmara e Assembleia: no PS - concelhia, distrital e no Conselho Nacional do Partido.

publicado por José Manuel Faria às 09:42

27
Out 11

 

"Portugal vai pagar 8,8 mil milhões de euros só em juros, em 2012, pelo empréstimo da troika. Um valor que representa 5,2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) do país, revelou esta quinta-feira o ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, em entrevista ao «Jornal das 8», na TVI. 

«É um valor muito significativo e implica o esforço orçamental» que está em curso, explica Miguel Relvas"

 

 - Somar uma recessão de 3% a 5,2% do PIB só para juros: quer dizer austeridade e mais austeridade para decrescer na tentativa de cumprir o "compromisso" - será acrescentar dívida à dívida// caminhar para o fundo.

publicado por José Manuel Faria às 22:36

publicado por José Manuel Faria às 10:42

 

 

 

"O impacto da nacionalização do BPN no défice das contas públicas é maior que o do corte dos subsídios de Natal e férias no próximo ano. E o Bloco quer que o Governo esclareça porque é que o OE'2012 prevê garantias do Estado no valor de 8,5 mil milhões de euros no negócio do BPN."

publicado por José Manuel Faria às 10:30

 

 

 

"Uma mulher russa entrou numa batalha pela pensão de alimentos da filha, depois do ex-marido se ter negado a pagá-la alegando que a filha não era dele. Em resposta, a mulher pediu um teste de ADN para provar que o antigo companheiro estava errado. Afinal, ele tinha razão. Mas, ela também não é a mãe da menina agora com 12 anos. 

Yuliya Belyaeva fez então um exercício de memória até aquele dia de Dezembro de 1998 em que a filha nasceu e lembrou-se que havia outra mulher em trabalho de parto ao mesmo tempo no hospital. Nem mais, as crianças foram trocadas, a filha de Yulia é morena e a cara chapada do pai e a outra menina é loira de olhos claros como ela e o ex-marido.

A viverem este tempo todo na mesma cidade, as diferenças entre estas duas meninas vão muito mais além do que os traços físicos. A outra família é muçulmana e a criança criada de acordo com esta religião, mas, as duas famílias estão, como nos conta a BBC, a fazer um esforço para se encontrarem e conhecerem melhor. 

Nenhuma das meninas quer abandonar os pais com que foi criada. Entretanto, as famílias estão a processar o hospital."

 

Teste de ADN

publicado por José Manuel Faria às 09:59

Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Pior terra para viver? onde é que viu isso, menina...
Foi a idade com que comecei a trabalhar e já conta...
"Esta situação mete-me nojo. E se ninguém apresent...
Porra Diana (ou alguém muito próximo), eu não diri...
O gajo que escreve os comentários reles e falsos n...
Preocupem se com as contas da CMV.A Associação VIZ...
Gostava que o gajo que fala dos comentários reles ...
VIZELA SEMPRE 2017
tem toda a razão este comentário acima. Há muita g...
Força Vizela sempre! é necessário um movimento des...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO