31
Out 12



"não falho nenhuma das manifs e dia 31 também vou não aceito os 9388€ de reforma da sra. Assunção Esteves presidente da Assembleia da republica com 46 anos e reformada por ter sido juíza do tribunal constitucional e o Miguel Catalão com 58 anos recusarem-lhe a reforma de invalidez quando padece de uma doença incurável com 2 a 5 anos de sobrevida e um futuro ligado a maquinas para viver é esta a justiça e equidade defendidas por uns poucos perdi alguém muito próximo para essa doença vejo muita ganancia de roda de nós se justifica roubar para comer? Sim,
pois estamos num estado tal que ontem sai a rua para deitar lixo fora e vejo uma senhora de idade e seu neto a rebuscar o caixote por mais moralidade valores e seja o que for nada nos prepara para não reagir a frio a essas situações há quem se sinta confortável da maneira que isto anda. Agora até quando é que vamos permiti-lo??"


Nuno Felisberto

publicado por José Manuel Faria às 09:24

30
Out 12

Reunião com a administração do grupo Tesal

 

Uma delegação do BE composta por (Marco Almeida da coordenadora concelhia e Adelino Mota da coordenadora distrital), reuniu na passada quinta-feira, dia 25 de Outubro, com a administração do grupo Tesal. Tratou-se de uma reunião de caráter informal, onde foram debatidos vários assuntos ligados com as Termas, e a sua forma de funcionamento atual e que o grupo Tesal, pretende implementar no futuro.

 O BE recebeu com agrado a informação dada pela administração que está a fazer os esforços possíveis para manter os postos de trabalho, criando um serviço social especializado para pessoas idosas, onde estas pessoas possam usufruir através do cartão do idoso de melhores condições de utilização das termas. Desta forma a empresa vai tentar prolongar a época termal, por mais algum tempo, podendo assim prolongar por o mais tempo possível os 16 postos de trabalho que atualmente prestam serviço naquela empresa.

Foi-nos também comunicado que em breve avançaram as obras de reestruturação das piscinas e que no início da primavera o Hotel estará a funcionar.

A administração garantiu que todas estes melhoramentos arrancaram, mesmo sem o apoio do QREN.

Ficamos com a expectativa que a administração acredita no projeto Termas e que o vai desenvolver de forma a criar mais riqueza e emprego para Vizela, prevendo que quando as termas estiverem a funcionar em pleno a criação efetiva de 40 a 50 postos de trabalho.

Ficamos a conhecer melhor o projeto que a empresa tem para as termas de Vizela, na certeza que continuaremos atentos ao cumprimento do contrato assinado entre a Tesal e a Câmara Municipal de Vizela, e o respeito pelos direitos dos trabalhadores, pois só assim Vizela e os vizelenses, beneficiaram com o funcionamento das termas

 

Pela coordenadora concelhia do Bloco de Esquerda;

 

 

Marco Almeida        

publicado por José Manuel Faria às 12:08

publicado por José Manuel Faria às 09:08


"Questionados sobre a forma divergente como encaram a lei da limitação de mandatos autárquicos - que prevê um máximo de 3 mandatos consecutivos -, Moreira da Silva explicou que a lei pretende promover a renovação no poder local e evitar situações de dependência, mas que no entender dos sociais-democratas se aplica apenas a uma autarquia em concreto e não aos restantes municípios."

 

- Ao fim de 12 anos o município necessita de renovação: sai o edil. Se, este mesmo presidente de Câmara quiser irá renovar o concelho vizinho - moral da história: um indivíduo até morrer pode continuamente renovar (múltipla experiência) autarquias, caso se inicie no processo aos 25 anos (até aos 85) tem à sua frente 5 renovações, boa ideia:)

 

publicado por José Manuel Faria às 08:33

29
Out 12

Foto: 31OUT | 15:30 | Praça das Flores | Voz ao povo.https://www.facebook.com/events/133797166767284/

publicado por José Manuel Faria às 21:41


Quem nunca errou que atire a1 ª pedra: a administração do “Ruptura Vizela” é somente de uma pessoa – calma!


Desculpas à Coligação e mais profundamente à  direcção do CDS.


Relativamente a um post sobre a substituição da Vereadora, dr. Maria do Resgate pela Professora e colega Maria José Ramos. 

publicado por José Manuel Faria às 18:53


"A unidade nas autárquicas pode revestir várias
formas, nomeadamente através de listas de cidadãos, em função de cada realidade local, com um
programa claro de defesa da população contra os
interesses imobiliários predadores, a luta pela sustentabilidade ambiental e urbanística, a defesa dos
serviços públicos e pela criação de emprego, assegurando sempre a discussão pública dos programas
locais e a construção das listas a apresentar. Onde
isso não seja possível o BE deverá concorrer com listas próprias."

 

Moção Bhttp://www.bloco.org/media/VIIIConvencao_MocaoB.pdf

publicado por José Manuel Faria às 09:35


O Bloco cria um imposto sobre as grandes fortunas e aumenta na factura fiscal dos maiores rendimentos – IRS, IRC e IMI. Repõe o imposto sobre heranças e cria um sobre transacções financeiras dá uma receita em 2013, de 3.450 milhões, que deve ser usada para reduzir o défice.

O Bloco alivia o OE de mais 1000 milhões à custa das PPP. A renegociação da dívida, com impacto nos juros, contribuiria para ganhar 9,4 mil milhões que seriam usados para investimento público e apoio a privado.

publicado por José Manuel Faria às 08:31

28
Out 12


A Lei Eleitoral autárquica continuará a mesma no entanto urge uma alteração na composição da Assembleia Municipal: o fim das inerências dos presidentes de junta. Estes, ano após ano, sempre de chapéu na mão à espera das migalhas do executivo municipal.

 

Uma vergonha.

publicado por José Manuel Faria às 19:48


"Francisco Ribeiro foi reeleito presidente da Comissão Política da Concelhia de Vizela do PSD. As eleições realizaram-se ontem à noite na sede da concelhia laranja. A Lista A, única, foi eleita com 28 votos, num universo de 33 militantes em condições de exercerem o voto."


 - No BE votaram 44 militantes.

publicado por José Manuel Faria às 17:22

publicado por José Manuel Faria às 10:23

publicado por José Manuel Faria às 10:13


Ontem decorreu um debate na Rádio Vizela sobre os assuntos discutidos em Assembleia Municipal: PAEL e PDM entre os representantes do PS – João Polery; Coligação – Francisco Ribeiro e BE – João Paulo Monteiro.

 

- Qual a vossa análise?

publicado por José Manuel Faria às 09:59

27
Out 12

publicado por José Manuel Faria às 11:47


"Na auditoria, Miguel Relvas é apontado como não só o aluno a quem foram atribuídas mais equivalências (32 num total de 36) como o estudante a quem foram dadas equivalências a disciplinas que nem sequer existiam no ano em que estava matriculado."


Como é possível um tipo deste calibre continuar a governar? Só há uma explicação: Passos & Relvas são tão próximos que o PM receia a demissão do ministro.

publicado por José Manuel Faria às 10:38

26
Out 12


A Assembleia Municipal de Vizela mostrou uma vez mais a falta de membros interventivos, incisivos e com capacidade de “contorcionismo” táctico no sentido de concretizar uma estratégia, são poucos os políticos que se arriscam na fogueira: João Polery, Miguel Machado e Francisco Ribeiro. Dinis Costa do sec:XXI é outro, para pior, daquele que o conheci como presidente de junta ( S.Miguel) no mandato de (1997/2001), hoje parece preso, retraído, receoso e pouco convicto. O Presidente de Assembleia, João Cocharra, ano após ano continua no mesmo tom - o que dá liberdade à barafunda.

Urge renovar a Assembleia Municipal de Vizela.

publicado por José Manuel Faria às 09:20


Entreguei agora à presidente da Assembleia da República a comunicação do fim do meu mandato como deputado e não me venho despedir, venho falar-vos do futuro.

Saio do parlamento por uma razão e por mais nenhuma: entendo, para mim próprio, que o princípio republicano marca limites à representação que tenho desempenhado e exige a simplicidade de reconhecer que essa responsabilidade deve ser exercida com contenção. Ao fim de 13 anos, reclamo a liberdade de influenciar o meu tempo: é agora o momento de uma renovação que fará um Bloco mais forte.

Não preciso de vos garantir que continuarei a minha vida política com os mesmos valores e com a mesma dedicação ao Bloco de Esquerda e à luta sem tréguas pela justiça social. É para aí que levarei sempre o meu Rocinante.

Mas também vos digo, para que não me perguntem nunca mais nestes tempos cinzentos, que saio exactamente como entrei, com a minha profissão, sem qualquer subsídio e sem qualquer reforma. 

Quero aliás deixar cristalinamente claro, especialmente hoje, que não faço qualquer cedência ao populismo antiparlamentar: os partidos e personalidades que esperam obter ganhos com essa demagogia terão sempre a minha frontal condenação. Digo-vos por isso a minha verdade: também no parlamento encontrei alguns homens e mulheres extraordinários e respeito muito os adversários que sejam fiéis ao seu programa. E, por isso mesmo, reafirmo-vos convictamente, contra todo o populismo, que é um crime antidemocrático deixar diminuir ou deixar corroer o pluralismo político.

Ao longo destes 13 anos, fui eleito cinco vezes e enfrentei cinco primeiros-ministros. Disse-lhes o que lhes tinha para dizer, em nome de muita gente. Fiz 1012 intervenções em plenário e os meus amigos lembrar-se-ão de algumas. Espero que os meus adversários também se lembrem. 

Nunca deixei de votar de acordo com a minha consciência. Cumpri todos os meus compromissos com os eleitores. Apresentei, com o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda, 606 projectos de lei. Alguns foram aprovados e mudaram a vida de muita gente e a cultura do país inteiro. Nestes anos começou a despenalização dos toxicodependentes, foram protegidas as mulheres que decidiram abortar, foi atacada a violência doméstica, avançou-se no difícil caminho da responsabilidade fiscal e da luta contra a corrupção, ergueu-se uma força contra a pirataria financeira, os jovens precários começaram a ter voz, os serviços públicos ganharam mais expressão na democracia, aproximamo-nos da paridade entre homens e mulheres nas eleições, reconheceu-se legalmente o casamento gay, houve empenho solidário contra o terror das guerras. Com estas mudanças, Portugal passou a respirar melhor.

Vivi com intensidade cada momento desta luta parlamentar, que é essencial para uma esquerda coerente. Agradeço a todas as deputadas e deputados do Bloco de Esquerda a força incessante que trazem a este confronto e tudo o que me ensinaram, e mais ainda o que vão continuar a fazer contra a política cínica do empobrecimento.

Não estarei no parlamento na discussão deste Orçamento, que é um exercício brutal de chantagem contra os contribuintes. Não se pode suportar a arrogância de um governo que quer cortar salários e pensões para entregar nove mil milhões de euros a uma dívida sempre galopante. Ninguém pode suportar a incompetência e a mentira. Por isso, combatemos o Orçamento com soluções radicalmente sensatas: o Bloco já apresentou um programa orçamental com propostas inovadoras, estudadas e exigentes, porque tem cada dia mais responsabilidade e quer ter mais responsabilidade. 

Esse é o combate que levarei a todos os lugares da vida social onde puder chegar, e com a mesma energia. A política não se faz só numa sala, faz-se em toda a vida, e o magnífico acordar da sociedade, que estamos a conhecer, mobiliza a República para a escolha que é o dever da democracia. Neste momento, só no país inteiro e com a força do trabalho é que poderemos vencer o Orçamento. Só na democracia toda se pode derrotar a bancarrota e demitir o governo. Estarei na cidade com os cidadãos a combater o orçamento do massacre fiscal.E, se me perguntam o que farei a partir de hoje, quero responder-vos com toda a clareza: dedicarei o que sei e o que posso à luta por um governo de esquerda contra a troikae, para isso, ao esforço de criar pontes e caminhos novos, de juntar competências, de ajudar a levantar a força deste povo. Precisamos desse governo para romper com o Memorando e para defender Portugal, o Portugal do trabalhador e do contribuinte, de quem luta pelo seu povo e não aceita a humilhação da guerra infinita contra os salários e as pensões. Contribuirei intensamente para isso, porque para lá chegar é preciso convicção e uma paciência impaciente que nunca desiste. Nunca desisto nem me canso disso que é o essencial.

Por último, faço um apelo a todos os meus amigos: adiram ao Bloco de Esquerda. Agora, que é preciso força. Agora, que é preciso atitude. Agora, que é preciso imaginação. Agora, que é preciso querer vencer. Aí estaremos, todos, como sempre, com a mesma força da vida.


Público

publicado por José Manuel Faria às 08:48

25
Out 12

 

 

 - Círculo Eleitoral composto pelos aderentes de Guimarães, Vizela, Fafe, Póvoa de Lanhoso e Celorico de Bastos-


eleição de 15 Delegados.                                                                                


 Moção A:

Joaquim Teixeira – Guimarães

Carla Cristiana – Guimarães

Luís Peixoto – Guimarães

Marco Almeida – Vizela

José Paiva Faria – Guimarães

Ana Bárbara – Guimarães

Ricardo Ribeiro – Guimarães

João Paulo Monteiro – Vizela

Ana Isabel Pereira – Guimarães

João Ricardo Pinheiro – Guimarães

José Rafael Amaral – Vizela

Rui Antunes – Guimarães

Vítor Cunha – Vizela

Agostinho Pedrosa – Guimarães

Fernando António Silva – Vizela

                                                                                                  Moção B:

José Manuel Faria – Vizela

Sandra Manuela Ferreira Silva – Vizela

Francisco Cunha Castro – Vizela

Raul Oliveira Peixoto – Vizela

Nelson Leonel Carneiro – Vizela

Alexandra Raquel das Rosas Oliveira – Vizela

Vítor Manuel das Rosas Oliveira – Vizela

Jorge Miguel Silva – Vizela

Paulo Fernando Silva - Vizela

publicado por José Manuel Faria às 19:18

publicado por José Manuel Faria às 11:58

Watch live streaming video from esquerdanet at livestream.com

publicado por José Manuel Faria às 10:13

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Sim, sim, lorpa. O MVS é caracterizado por gente s...
AMADORES. Política de amadores de JIC anda a fazer...
José Manuel Faria a 17 de Agosto de 2017 às 11:27"...
Mas os mandatários não eram o Srº Manuel Campelos ...
Cuidado que o José Manuel fica zangado, não está o...
"Alegadamente" também no Ricardo Costa.
""A lista do PS tem um tronco competente;"Então qu...
Prof José Manuel Faria.Vizela vai ganhar. Tem toda...
O sr. é maldizente e mentiroso: nunca fui expulso ...
O João Poleri é o que aparece no tribunal como man...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO