31
Mar 13

publicado por José Manuel Faria às 20:53

publicado por José Manuel Faria às 11:12

30
Mar 13

publicado por José Manuel Faria às 12:26

 

 


«A partir de agora, as relações entre o Norte e o Sul vão entrar num estado de guerra porta-voz à agência de notícias KCNA.

publicado por José Manuel Faria às 11:17

29
Mar 13


O texto da moção de censura do PS apresenta um variado conjunto de medidas erradas do Governo Passos/Portas que conduziram a resultados catastróficos de: desemprego, deficit, problemas sociais e elevada recessão e, por consequência a um empobrecimento brutal.

A moção de censura não regista propostas nem medidas concretas com intuito de o PS se apresentar como alternativa.Apenas intenções: “Outro caminho é possível e necessário.Um caminho de esperança. Um caminho de ambição. Um caminho em que Portugal volte a ter voz na Europa. Um caminho feito com as pessoas e para as pessoas, mobilizando a força, a criatividade; e o empenho duma nação milenar que se orgulha do seu passado, se afirma na sua identidade e acredita no seu futuro (…)”

publicado por José Manuel Faria às 11:18

28
Mar 13

publicado por José Manuel Faria às 22:47


Sondagem Pitagórica / Jornal I - PS 36,7% PSD 25,7% CDU 11,2% CDS 10,6% BE 7,9% (PS > PSD + CDS)


 - O que se passa? O BE não descola.

publicado por José Manuel Faria às 10:39


A CGTP vai propor hoje à Confederação Empresarial de Portugal - CIP um entendimento formal para reclamar junto do Governo o aumento imediato do salário mínimo nacional para os 515 euros e a publicação de portarias de extensão das  convenções coletivas.

publicado por José Manuel Faria às 10:12

27
Mar 13

 

 

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

 

Despacho n.º 4435/2013

 

1. É aprovado o pedido de adesão ao Programa I do PAEL e aceite o Plano de Ajustamento Financeiro apresentado pelo Município de Vizela que pressupõe um reequilíbrio financeiro no valor de € 6.184.574,86.

 

2. É autorizada a concessão de um empréstimo pelo Estado até ao valor de € 8.047.726,60 pela maturidade de 20 anos, nos termos da minuta do contrato apresentado pela Comissão de Análise do PAEL e condicionado à celebração prévia do contrato de reequilíbrio financeiro a que se alude no número seguinte.

 

3. É aprovado o plano de reequilíbrio financeiro, elaborado em articulação com o Plano de Ajustamento Financeiro previsto no artigo 5º, n.º 2, da Lei n.º 43/2012, de 28 de agosto, ficando Município autorizado a celebrar um contrato de reequilíbrio financeiro, até ao valor d€ 6.184.574,86, com qualquer instituição autorizada a conceder crédito, nos termos do n.º 5 do artigo 41.º da Lei n.º 2/2007, de 15 de janeiro, e do artigo 13.º do Decreto -Lei n.º 38/2008, de 7 de março.

 

4. Do contrato de reequilíbrio financeiro deverão obrigatoriamente constar as cláusulas necessárias ao cumprimento do disposto no plano de reequilíbrio financeiro definido pelo Município em questão, nomeadamente a descrição detalhada das dívidas a que o empréstimo se destina.

 

5. O Município, após o pagamento das dívidas, nos termos do disposto no n.º 5 do artigo 13.º do Decreto -Lei n.º 38/2008, de 7 de março, deve dar conhecimento desse facto ao membro do Governo responsável pela área das autarquias locais, enviando para o efeito os respetivos comprovativos de pagamento.

 

6. Fica o Município vinculado à adoção das medidas constantes do plano de ajustamento e reequilíbrio financeiro apresentado, bem como ao cumprimento dos objetivos e medidas legalmente previstas.

 

 

7 de março de 2013. — A Secretária de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Ana Rita Gomes Barosa. — O Secretário de Estado do Orçamento, Luís Filipe Bruno da Costa de Morais Sarmento. — A Secretária de Estado do Tesouro, Maria Luís Casanova Morgado Dias de Albuquerque


http://dre.pt/pdfgratis2s/2013/03/2S061A0000S00.pdf

publicado por José Manuel Faria às 17:13


Depois disto, a Coligação “Por Vizela”PSD/CDS tornou-se uma realidade, apresenta o actual Vereador, Miguel Lopes como cabeça/de/lista à Câmara Municipal de Vizela e, o CDS terá o terceiro lugar na lista. Provavelmente, Miguel Machado encabeçara a candidatura à Assembleia Municipal. Caso a normalidade impere no Partido Socialista, Dinis Costa & Dora Gaspar serão os motores da candidatura e, o seu principal adversário:Francisco Ferreira (ex:presidente), experiente e mobilizador, o político terá como “compagnon de route”, Vítor Hugo (ex: deputado parlamentar). A CDU e o Bloco continuam com as cartas escondidas.

publicado por José Manuel Faria às 09:24

publicado por José Manuel Faria às 08:34

26
Mar 13

publicado por José Manuel Faria às 09:27

publicado por José Manuel Faria às 08:27

25
Mar 13




O PSR, do qual fui militante durante parte dos anos 80 até 92, terminou. O PSR, defensor de uma sociedade anti/capitalista sem generais, anti/racista e pelo direito ao aborto integrou-se na corrente “plataforma socialismo” componente do Bloco de Esquerda. Registo, o símbolo inicial. 


PSR

publicado por José Manuel Faria às 21:44

publicado por José Manuel Faria às 19:56


A comunicação social de Vizela esqueceu-se de assinalar o(s) diálogos acesos entre dois Vereadores (Vítor Hugo e António Manuel) na última reunião de Câmara. Parece que descambou para o insulto/violência verbal, com o presidente de mesa (Edil) calmamente a assistir ao "duelo".

publicado por José Manuel Faria às 09:30


A eleição do presidente do Sporting superou qualquer outra – legislativas, autárquicas ou presidenciais -, no tempo dedicado pelos mídia: análises, crónicas, comentários, entrevista a um, dois ou a três candidatos, foram dezenas e dezenas de horas transmitidas em todos os canais de tv generalista e cabo, assim como, aplicados milhões de caracteres em jornais, revistas, boletins ou panfletos.


Os portugueses em 4 dias ainda “transpiram” Couceiro & Carvalho por todos os poros: chamem psicólogos e homens da sociologia que expliquem tamanha overdose de leão.

publicado por José Manuel Faria às 08:44

24
Mar 13


Nós podemos viver alegremente, 
Sem que venham com fórmulas legais, 
Unir as nossas mãos, eternamente, 
As mãos sacerdotais. 

Eu posso ver os ombros teus desnudos, 
Palpá-los, contemplar-lhes a brancura, 
E até beijar teus olhos tão ramudos, 
Cor de azeitona escura. 

Eu posso, se quiser, cheio de manha, 
Sondar, quando vestida, pra dar fé, 
A tua camisinha de bretanha, 
Ornada de crochet. 

Posso sentir-te em fogo, escandescida, 
De faces cor-de-rosa e vermelhão, 
Junto a mim, com langor, entredormida, 
Nas noites de verão. 

Eu posso, com valor que nada teme, 
Contigo preparar lautos festins, 
E ajudar-te a fazer o leite-creme, 
E os mélicos pudins. 

Eu tudo posso dar-te, tudo, tudo, 
Dar-te a vida, o calor, dar-te cognac, 
Hinos de amor, vestidos de veludo, 
E botas de duraque 

E até posso com ar de rei, que o sou! 
Dar-te cautelas brancas, minha rola, 
Da grande loteria que passou, 
Da boa, da espanhola, 

Já vês, pois, que podemos viver juntos, 
Nos mesmos aposentos confortáveis, 
Comer dos mesmos bolos e presuntos, 
E rir dos miseráveis. 

Nós podemos, nós dois, por nossa sina, 
Quando o Sol é mais rúbido e escarlate, 
Beber na mesma chávena da China, 
O nosso chocolate. 

E podemos até, noites amadas! 
Dormir juntos dum modo galhofeiro, 
Com as nossas cabeças repousadas, 
No mesmo travesseiro. 

Posso ser teu amigo até à morte, 
Sumamente amigo! Mas por lei, 
Ligar a minha sorte à tua sorte, 
Eu nunca poderei! 

Eu posso amar-te como o Dante amou, 
Seguir-te sempre como a luz ao raio, 
Mas ir, contigo, à igreja, isso não vou, 
Lá essa é que eu não caio! 


Cesário Verde, in 'O Livro de Cesário Verde'

publicado por José Manuel Faria às 13:07

publicado por José Manuel Faria às 11:40

23
Mar 13



"As contas negativas na ordem dos 51 mil e 495 euros foram justificadas na sessão por Ilídio Costa, presidente da RAHBVV, por três fatores: “os serviços de assistência e transporte, os peditórios que diminuíram, mas sobretudo, os subsídios da Câmara Municipal de Vizela que estão em falta para com os Bombeiros”. Recorde-se que já no passado mês de fevereiro, numa entrevista concedida à Rádio Vizela, Ilídio Costa deu conta de que a autarquia local tem em débito para com a associação uma verba que ronda os 420.000 euros: “O protelamento no tempo dos pagamentos que a Câmara deve fazer aos Bombeiros e não tem feito. Isto tem-nos limitado na execução dos nossos planos”, disse o presidente da RAHBVV."

publicado por José Manuel Faria às 19:15

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
RV Jornal- artigo"Obra da Rua Joaquim Costa Chicór...
E os outros?
Os camaradas do Bloco e do PCP devem estar radiant...
Quem escolhe mal as pessoas que os acompanham, têm...
Bar em matosinhos??? Que historia é essa?
como é possível que alguém que foi constituído arg...
Dinis Costa cantas bem mas não alegras.
Tão lindinhos, tão enfeitadinhos. Lamentavelmente ...
De recurso em recurso, com as férias judiciais pel...
Gente de má língua... O homem é um talento nato em...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO