30
Abr 13


publicado por José Manuel Faria às 18:37


“Há um conjunto de documentos que foram afetos a esta Assembleia Municipal, que não passaram pela Câmara Municipal. Terão que ser devolvidos à Câmara, esta terá de se pronunciar e só depois a Assembleia terá a palavra para aprovar ou não os Documentos de Prestação de Contas” (Miguel Machado à RV)


A Câmara Municipal dentro do processo que é habitual e que desenvolve anualmente tendo em vista a colocação da Prestação de Contas na base de dados que dará acesso ao Tribunal de Contas verificou que este pretendia que fosse feita a apresentação de uma outra forma. Não há uma alteração de conteúdo, há meramente uma alteração de forma, que levava à alteração de um ou outro quadro. O Tribunal de Contas pediu para que a informação fosse mais agregada, o que, na minha opinião, se revela pior para os deputados que vão avaliar os documentos” (Victor Salgado à RV)


 "Houve um lapso, a Câmara Municipal deveria assumir o erro e retificar, como foi feito pela coligação que se prontificou de imediato a fazer uma assembleia amanhã. Não precisávamos de ter perdido tanto tempo com uma “não discussão”” (Miguel Machado)


“Poderíamos ter aprovado o documento tal como foi aprovado em reunião de Câmara e não se colocaria nenhuma objeção porque seria o mesmo que seguiria em papel para o Tribunal de Contas, sendo que na base informática a informação seria colocada tal como o Tribunal de Contas pretende. Não me parece existirem grandes celeumas e a questão seria muito mais simples. Mas sou uma pessoa muito aberta a que se resolva pela maioria e se esta assim decidiu, eu concordo, para não criar qualquer tipo de problema”. (Victor Hugo Salgado)



Rádio Vizela

publicado por José Manuel Faria às 08:44

29
Abr 13


A candidatura municipal independente - "Cidadãos Por Coimbra" (várias esquerdas):  https://www.facebook.com/CidadaosPorCoimbra, é um excelente exemplo de como o BE poderia participar  em muitas candidaturas autárquicas.

publicado por José Manuel Faria às 09:02


Pedindo "com clareza" uma maioria absoluta - "não para nós, mas para Portugal. Porque na situação em que estamos não pode haver atrasos" -, o líder socialista não quis, porém, excluir ninguém de um diálogo que, quis frisar em implícita crítica ao atual Governo, deve continuar a ser mantido, mesmo com maioria absoluta: "Não descartarei coligações, mesmo com maioria absoluta; não desistirei de acordos de incidência parlamentar; tudo farei para procurar contributos das organizações sociais mais significativas".



publicado por José Manuel Faria às 08:41

28
Abr 13

partido socialista


O líder do PS, AJ Seguro, de certeza quer fazer dos portugueses um bando de idiotas amnésicos: o tipo pede para as próximas legislativas, uma maioria absoluta de deputados ( + de 115 ). A questão central a colocar é esta – o que fez Seguro em 2 anos para merecer um resultado tamanho? Nada: o PS é uma oposição periclitante, balofa, vazia de ideias concretas (quer crescimento económico e menos austeridade), opta por generalidades que qualquer um as poderá dizer. O PS não tem equipa política e o seu chefe é um verbo-de-encher. Seguro é um mar de espuma socio/politica, com ele na direcção do PS, a esperança torna-se redobrada ao político mais direitista no pós/25 de abril: Passos Coelho.

publicado por José Manuel Faria às 15:44

26
Abr 13

publicado por José Manuel Faria às 19:17

25
Abr 13

publicado por José Manuel Faria às 09:33

24
Abr 13


"Em parte esta visita deveu-se a comentários que surgiram sobre as obras no Hotel. Quero que as pessoas fiquem tranquilas e que percebam que mais do que ninguém quero que o hotel reabra”, esclareceu aos jornalistas Tomas Ares. O Hotel Sul Americano abrirá com nova designação e passará a chamar-se de Hotel Bienestar Termas de Vizela. A unidade hoteleira abre portas com a classificação de quatro estrelas, contendo cerca de 63 quartos, entre quatros duplos e suites"


RV

 

publicado por José Manuel Faria às 21:54



"As máquinas calculadoras vão desaparecer das salas de aula. O ministro da Educação, Nuno Crato, quer pôr os alunos a fazer contas de cabeça e limitar o uso das calculadoras nos primeiros anos de estudo. 

Nuno Crato já tinha limitado o uso de calculadora no ano passado, no exame do sexto ano. Agora, quer que as máquinas sejam utilizadas apenas nos anos mais avançados, sendo mesmo aconselhada no 9º ano, para a aprendizagem das trigonometrias."

publicado por José Manuel Faria às 10:00



A táctica mais usada por Passos/Portas/Gaspar denomina-se por “atirar o barro à parede”: o governo lança a medida política na sua pior leitura – subsídio de férias pago em Novembro – para testar as reacções, em seguida (alguns dias) recua com o intuito de provocar alívio e, satisfação (o governo não é tão mau) sempre nos de menor rendimento (dar a sensação de cuidar dos mais pobres) tentando quebrar qualquer tipo de solidariedade entre trabalhadores.

 

Estes tipos querem fazer passar os portugueses por parvos!

publicado por José Manuel Faria às 08:42

23
Abr 13


A votação na Assembleia Nacional, onde os socialistas, no governo, possuem uma confortável maioria, converteu a França no 14º país a legalizar o casamento homossexual. Veja abaixo os países em que o casamento gay foi aprovado.

 

1. África do Sul (2006)
2. Argentina (2010)
3. Bélgica (2003)
4. Canadá (2005)
5. Dinamarca (2012)
6. Espanha (2005)
7. França (2013)
8. Islândia (2010)
9. Holanda (2001)
10. Noruega (2009)
11. Nova Zelândia (2013)
12. Portugal (2010)
13. Suécia (2009)
14. Uruguai (2013)

publicado por José Manuel Faria às 17:14


A prova que o eleitor Vizelense (2009) não é parvo e sabe optar. Com 3 hipóteses de voto – AF, AMV e CMV – centenas alteram o seu sentido de escolha conforme o órgão, tendo em conta os protagonistas e respectivos programas eleitorais.

 

Um exemplo:  voto na CDU em Tagilde  -  câmara/81 votos; assembleia/64 votos e Junta/141 votos de: 5,83% a 12,84%.

 

Conclui-se que, a opção partidária  conta, mas não é tudo.

publicado por José Manuel Faria às 09:14

22
Abr 13

charros

publicado por José Manuel Faria às 09:46



Direito de antena


Artigo 56º


Radiodifusão local Campanha


1 - As candidaturas concorrentes à eleição de ambos os órgãos municipais têm direito a tempo de antena nas emissões dos operadores radiofónicos com serviço de programas de âmbito local com sede na área territorial do respectivo município, nos termos da presente secção.

 

 

2 - Por «tempo de antena» entende-se o espaço de programação própria da responsabilidade do titular do direito.

 

3 - Por «radiodifusão local» entende-se, para o efeito, o conjunto de operadores radiofónicos com serviço de programas generalistas e temáticos informativos, de âmbito local.

 

Artigo 57º

 

Direito de antena

 

1 - Durante o período da campanha eleitoral, os operadores reservam ao conjunto das candidaturas trinta minutos, diariamente, divididos em dois blocos iguais, de quinze minutos seguidos, um entre as 7 e as 12 horas e outro entre as 19 e as 24 horas.

 

2 - Até 10 dias antes da abertura da campanha eleitoral os operadores devem indicar ao governador civil o horário previsto para as emissões relativas ao exercício do direito de antena.


3- O início e a conclusão dos blocos a que se refere o n.º 1 são adequadamente assinalados por separadores identificativos do exercício do direito de antena e o titular do direito deve ser identificado no início e termo da respectiva emissão.

 

4 - Os operadores asseguram aos titulares do direito de antena, a seu pedido, o acesso aos indispensáveis meios técnicos para a realização das respectivas emissões.

 

5 - Os operadores registam e arquivam os programas correspondentes ao exercício do direito de antena pelo prazo de um ano.

 

direito de antena

publicado por José Manuel Faria às 08:29

21
Abr 13

 

 



"Ministro das Finanças alemão defende que as condições impostas ao Chipre como contrapartida da intervenção financeira externa, entre as quais a taxação dos depósitos e consequente confisco das poupanças, devem servir de modelo para o futuro"


esquerda.net

publicado por José Manuel Faria às 19:48

publicado por José Manuel Faria às 10:50

20
Abr 13


Seguro quer ser o líder de uma “frente eleitoral”com «progressistas, humanistas, democratas-cristãos, social-democratas e socialistas», isto é, o SG do PS está disposto a unir-se a CDSs e a PSDs desavindos com os seus partidos: o PS deu-se conta que é à sua direita que se move o “seu”neoeleitorado. Esta guinada ideológica, mais uma vez prova de que massa é feita a agremiação “socialista”.

 

Deste PS, a esquerda não pode esperar nada. A solução é, esta mesma arrepiar caminho construindo uma 3ª via alternativa aos do costume, com proposta e protagonistas a apresentar aos eleitores em nome de um governo sem troica nem austeridade.

publicado por José Manuel Faria às 10:01

19
Abr 13

publicado por José Manuel Faria às 08:54



Video aqui

publicado por José Manuel Faria às 08:33

18
Abr 13

image


A Comissão Instaladora está criada e é composta por Alcides Campelos, Arlindo Santos, Serafim Oliveira, José Manuel Couto e José Manuel Gomes, sendo que a Liga dos Amigos das Termas conta já com 45 associados.

O grupo pretende manter-se atento a todo o pulsar do Município de Vizela e de tudo aquilo que possa servir de âncora para o seu desenvolvimento.


rádio vizela

publicado por José Manuel Faria às 18:59

Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


27



Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Eu acho que dinheiro vai ser um NÂO PROBLEMA na C...
É simples, o RUPTURA VIZELA é lhe completamente in...
É melhor não falar em mentiras.
E o DINIS e a DORA já vieram pedir desculpas por s...
O Fernando Carvalho, presidente da Assembleia Muni...
Sr. Professor o que lhe fez o Victor Hugo Salgado?...
500 é um ganda numero! Muitos apoiantes, mesmo!!
A massa vai buscar onde foi buscar a câmara da Póv...
Eu acho que o Zé Manel tem muitos mais amigos na C...
500 pessoas é um numero com uma expressividade e g...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO