31
Jan 14

 

"(...). As possíveis respostas intuíram-se, mas.. O putativo partido, o Livre, espalhou anticorpos suficientes no seio do BE que, se nada for feito para travar o proc.esso, podem fazer perigar qualquer futura união de facto ou de direito. Do PS e do PCP, não houve nova nem notícia.(...)"

 

"(...)Moral da história: à esquerda no parlamento, unidos na oposição às políticas deste governo, e nem divergem tanto assim, os partidos ditos de esquerda antagonizam-se, fora de portas, em tudo o que é oportunidade de se juntarem. Há diferenças programáticas, há princípios ideológicos, há razões que a nossa razão desconhece, há tudo isto e mais um pouco. Mas... há sempre um mas. Será impossível?! É tão difícil assim?! A convergência não pode assentar num denominador comum? Será muito e sério o que os separa, concedo, mas não se afigura fácil entender o tão pouco que os une. Esse pouco agiganta-se perante o desastre do país. As pessoas estão como que anestesiadas pela incerteza, pelo medo do amanhã. Quem lhes poderia trazer alento, esperança?(...)"

 

Maria Helena Magalhães

publicado por José Manuel Faria às 16:07

 

 

 

O congresso fundador do partido Livre, dinamizado pelo eurodeputado Rui Tavares, decorre hoje e no sábado no Porto, e nele serão eleitos os órgãos da força política que em breve será formalizada oficialmente.

 

O Livre prepara-se para entregar no Tribunal Constitucional (TC) os documentos para a formalização do partido, declarando Rui Tavares à agência Lusa que foram já recolhidas "mais do que as 7.500 assinaturas requeridas por lei para a formação de um novo partido", pelo que existe uma "almofada de segurança" e "seja imediatamente antes ou, mais provavelmente depois" do congresso toda a documentação será entregue no Palácio Ratton.

 

O congresso do Livre arranca com um debate esta noite - sobre como "mudar a política em Portugal e na Europa" -, feito para "simbolicamente" assinalar o dia 31 de janeiro, onde, em 1981, se deu no Porto a primeira tentativa de instauração da República em Portugal, que foi falhada.

 

No sábado, os trabalhos arrancam às 09:00 e deverão estender-se até de noite, com diversas intervenções e a eleição dos órgãos do partido, entre os quais o grupo de contacto (órgão executivo), eleito por lista, e a assembleia (órgão político entre congressos).

 

jornal i

publicado por José Manuel Faria às 09:17

30
Jan 14

publicado por José Manuel Faria às 11:55





"A primeira coisa que se vê em "Branca de Neve" é a melancolia. Muito menos a "provocação" que vem associada a este filme todo a negro, onde só se ouvem as vozes que lêem "Branca de Neve", na "versão" do escritor/poeta suíço Robert Walser (1878-1956). De tempos a tempos, como momentos de respiração, surge uma imagem no fotograma - segundos de céu azul -, antes de tudo voltar a mergulhar na escuridão."


Vasco Câmara

publicado por José Manuel Faria às 09:00

 

"Sábado é dia de luta. É dia de, em todos os distritos do País, os trabalhadores e as populações encherem as ruas e avenidas e largos e praças, exigindo o respeito pelos seus direitos e afirmando a sua determinação de continuar a luta até que os seus objectivos sejam alcançados. É dia de gritar na rua todas as reivindicações e protestos, de dizer «basta» ao terrorismo social que flagela as condições de trabalho e de vida de milhões de portugueses. É dia de a luta organizada das massas trabalhadoras e populares rejeitar de forma inequívoca a política antipatriótica e de direita ao serviço exclusivo dos interesses do grande capital explorador e opressor. É dia de, igualmente de forma inequívoca, as massas em movimento exigirem um novo rumo para Portugal: a política patriótica e de esquerda, inspirada nos valores de Abril e no respeito pela Constituição da República Portuguesa, ao serviço dos interesses dos trabalhadores, do povo e do País."

 

avante

publicado por José Manuel Faria às 08:31

29
Jan 14

 

 

"Acho bem que toda a gente seja paciente. Que todos fiquem à espera para ver se, depois das próximas eleições europeias, alguém acorda. Mas se ninguém acordar parece-me que a postura que resta para quem quer construir uma alternativa política credível e representativa, à esquerda, terá de ser a de arregaçar as mangas e meter mãos à obra. Não dá para continuar a esperar que a esquerda vença os seus mais mesquinhos sectarismos, os seus ódios a hordas de traidores e proscritos, enquanto este país se afunda. Não dá para repetir tentativas falhadas de vencer esta cultura e que acabam em frustração e descrédito, motivo natural de chacota e piada. De uma coisa não tenho dúvidas: basta aparecer à esquerda uma força digna de algum respeito e credibilidade para que aconteça um terramoto político em Portugal. E quem não estiver disposto a ser apenas uma parte de uma coisa maior deixará provavelmente de ter existência política digna de nota."

 http://expresso.sapo.pt/esquerda-to-be-or-not-to-be=f852975#ixzz2rm52a8hY

publicado por José Manuel Faria às 08:33

28
Jan 14

 

A Câmara é um órgão de poder (municipal): deve por isso estar acima das organizações profissionais ou sociais - o executivo arrasa o profissionalismo de uma trabalhadora de comunicação social e critica "opinion makers " de uma rádio.

A Câmara é o governo da autarquia, deve manter-se à margem destes "pontos de vista" por causa das suas funções executivas que influenciam o "dia/a/dia" dos cidadãos livres.

Não se imagina o Governo da República a elaborar um Comunicado aos portugueses a criticar as opiniões públicas do Pacheco Pereira ou do prof . Marcelo, assim como, o trabalho jornalístico da Judite de Sousa.

 

Acresce, que em territórios menos extensos (municípios) as pressões sociais, políticas e ou profissionais por parte do poder têm uma muito maior importância colectiva e individual.

publicado por José Manuel Faria às 08:58

27
Jan 14

 

"«A Câmara Municipal de Vizela vem por este meio manifestar o seu desagrado com o conteúdo das afirmações proferidas no último programa Bica Quente, emitido na passada sexta-feira, na Rádio Vizela, relativamente à concessão de apoios ao associativismo, aprovada na reunião do Executivo, realizada na quinta-feira anterior.

Desde já lamentamos o facto de todas as questões que foram levantadas pelos comentadores daquele programa, e que foram devidamente esclarecidas na própria reunião do Executivo, não terem sido devidamente contrariadas pela moderadora do programa.

Lamentamos o facto da moderadora do programa não ter contra argumentado as questões levantadas pelos comentadores, quando as mesmas haviam sido também levantadas em reunião do Executivo e devidamente esclarecidas no momento.

A Câmara Municipal de Vizela lamenta a má preparação da jornalista para a realização do programa, limitando-se a estender a passadeira vermelha para que os comentadores, também eles desinformados da realidade, pudessem dizer tudo o que pensavam, sem qualquer tipo de contra-argumentação, enganando os ouvintes."

 

DDV

publicado por José Manuel Faria às 21:55

   

 

Sondagem Europeias

 

Eurodeputados portugueses, 21:

 

PSD/CDS. 9

 

PS.9

 

CDU. 2

 

BE.1

publicado por José Manuel Faria às 09:14

 

A possibilidade de uma lista de unidade de esquerda à esquerda do PS: BE, LIVRE, M3D e RC, faliu. O Bloco de Esquerda não quis um acordo com o partido LIVRE (em formação).

 

  - A esquerda terá..........8 listas!

 

PS, PCP, BE, LIVRE, MAS, MRPP, POUS e PAN.

publicado por José Manuel Faria às 08:30

26
Jan 14

 


MELHOR FILME

 

«Golpada Americana»
«Capitão Philips»
«O Clube Dalas»
«Gravidade»
«Her»
«Nebraska»
«Philomena»
«12 anos Escravo»- Óscar
«O Lobo de Wall Street»

MELHOR REALIZADOR
David O. Russell - «Golpada Americana» - Óscar
Alfonso Cuarón - «Gravidade»
Alexander Payne - «Nebraska»
Steve McQueen - «12 anos Escravo»
Martin Scorsese - «O Lobo de Wall Street»

MELHOR ATOR PRINCIPAL
Christian Bale, «Golpada Americana" - Òscar
Bruce Dern, «Nebraska»
Leonardo DiCaprio, «O Lobo de Wall Street»
Chiwetel Ejiofor, «12 Anos Escravo» - 
Matthew McConaughey, «O Clube de Dallas»

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
Barkhad Abdi, «Capitão Phillips»
Bradley Cooper, «Golpada Americana»
Michael Fassbender, «12 Anos Escravo» - Óscar
Jonah Hill, «O Lobo de Wall Street»
Jared Leto, «O Clube de Dallas»

MELHOR ATRIZ PRINCIPAL
Amy Adams, «Golpada Americana»
Cate Blanchett, «Blue Jasmine» - Óscar
Sandra Bullock, «Gravidade»
Judi Dench, «Philomena»
Meryl Streep, «Um Quente Agosto»

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
Sally Hawkins, «Blue Jasmine»
Jennifer Lawrence, «Golpada Americana» - Óscar
Lupita Nyong'o, «12 Anos Escravo»
Julia Roberts, «Um Quente Agosto»
June Squibb, «Nebraska»

publicado por José Manuel Faria às 10:36

 

 

 - Premiados


Solidariedade: Constantino Matos de Sá
Cultura e Educação: Conceição Lima
Desporto: Salomé Rocha
Empreendedorismo: José Machado, .
Associativismo: Eduardo Guimarães
Empresário do ano: José Pinheiro
Prémio consagração: Domingos Vaz Pinheiro

 

ddv

 

- Proposta:

 

Solidariedade: Alfredo Ribeiro;

 

Empreendorismo: Márcia Castro;

 

Cultura e Educação: Conceição Lima;

 

Associativismo: Eduardo Guimarães;

 

Desporto: Rui Guimarães;

 

Empresário do ano: Luís Lopes Guimarães.

publicado por José Manuel Faria às 10:14

25
Jan 14

 

Em Dallas, 1985, Ron Woodroof (Matthew McConaughey), um electricista, é diagnosticado com o vírus da Sida e com apenas trinta dias para viver. Ron recorre a um medicamento experimental para prolongar a sua vida, mas quando os efeitos secundários trazem complicações, Ron decide atravessar a fronteira mexicana para experimentar um medicamento alternativo. Ron melhora e decide trazer o medicamento para a sua terra, onde, com o seu amigo Rayon (Jared Leto), forma um clube destinado a ajudar outros na mesma enferma situação.

 

 - Um filme razoável com duas excelentes interpretações: Matthew McConaughey e Jared Leto.

publicado por José Manuel Faria às 21:59

 

 

 - Se a sociedade estiver preparada para o nazismo, Hugo Soares, tornar-se-à fan do Führer.

publicado por José Manuel Faria às 12:22

publicado por José Manuel Faria às 10:45

24
Jan 14

 

Liesel Meminger é uma menina de nove anos que vive em Munique com a sua família adoptiva, durante os difíceis anos da Segunda Grande Guerra. Ensinada a ler por Hans, o seu novo pai, ela entrega-se aos livros que rouba e que vai partilhando com os seus amigos e vizinhos. E é assim que nasce uma amizade profunda com Max, um jovem judeu que vive escondido na cave de sua casa e que, tal como ela, se refugia na literatura para escapar à dura realidade. Mas, um dia, ele é obrigado a partir, deixando Liesel mergulhada em desespero.

 

 - Amizade/amor/desespero/dignidade/coragem num filme bonito - excelente a jovem actriz (Sophie Nélisse): imprescindível.

publicado por José Manuel Faria às 16:11

 

Proposta de prémio - 

 

 

Solidariedade: Alfredo Ribeiro;

 

Empreendorismo: Márcia Castro;

 

Cultura e Educação: Conceição Lima;

 

Associativismo: Eduardo Guimarães;

 

Desporto: Rui Guimarães;

 

Empresário do ano: Luís Lopes Guimarães.

 

 

 

publicado por José Manuel Faria às 08:34

23
Jan 14

 

 

 "Ao nível do desporto o maior apoio vai para o FC Vizela no valor de 90 mil euros, seguido do CCD de Santa Eulália no valor de 16 mil euros. No âmbito social a maior verba vai para a AIREV, com 15 mil euros, e na cultura a Comissão de Festas da Cidade de Vizela irá receber o mesmo montante de 2013, ou seja 50 mil euros."

 

 - A Câmara com divida/passivo de milhões de euros e com o PAEL "preso" entrega 90 000 ao FCVizela.

 

PS: 

O presidente da Câmara Municipal de Vizela, Dinis Costa, entende que “o critério é mais equitativo”. Os noventa mil euros de apoio ao FC Vizela são justificados pelo edil devido à “gestão excelente da atual Direção e devido ao clube em si”. “Trouxemos aqui subsídios que estão dentro daquilo que é a conjetura atual e vamos ver para o ano se teremos os mesmos apoios ou se os teremos que diminuir”.

 

publicado por José Manuel Faria às 19:15

 

Quatro meses após as eleições municipais, poder-se-ia dizer que em Vizela não se passa politicamente nada: foram as diatribes, Dinis Costa/Miguel Lopes num processo estranho de convite/desconvida, tomadas de posição pelos partidos interessados no “negócio” e, umas bocas aqui outras ali, sobre as posturas dos protagonistas e respectivas organizações que deram algum condimento à desenxabida alimentação, agora, propostas concretas e debate político puro continuam de fora da agenda à espera do carnaval.

 

Um município amorfo, inócuo e sem discussão sócio/política concretiza-se a curto prazo num deserto precocemente envelhecido e triste.

 

Ps: bem, as contratações efectuadas pelo edil de funcionários políticos deram alguma celeuma que, infelizmente, desvanecerá em breve.        

publicado por José Manuel Faria às 09:45

 

 

Realiza-se quinta-feira (23.12.13) uma reunião ordinária do Executivo Municipal, no edifício-sede do Município, sito na Praça do Município, pelas 16.00 horas.

 

 

2. PERÍODO DA ORDEM DO DIA:

 

2.1. Proposta de primeira modificação aos Documentos Previsionais de 2014 - primeira alteração ao Orçamento da Despesa;

 

2.2. Proposta de alteração ao contrato de arrendamento para fins não habitacionais assinado a 10 de fevereiro de 2012 com a Tesal Explotacion S.L. - representação permanente;

 

2.3. Proposta de alteração ao contrato de cessão de exploração do balneário termal de Vizela assinado a 29 de maio de 2012 com a Tesal Explotacion S.L. - representação permanente.

 

CMV

publicado por José Manuel Faria às 08:30

Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Bar em matosinhos??? Que historia é essa?
como é possível que alguém que foi constituído arg...
Dinis Costa cantas bem mas não alegras.
Tão lindinhos, tão enfeitadinhos. Lamentavelmente ...
De recurso em recurso, com as férias judiciais pel...
Gente de má língua... O homem é um talento nato em...
Viva ao Spirit bar...
Mas afinal quem é candidato?
Quanto e que a câmara gastou no Bar em Matosinhos ...
Esta encontrado um talento.
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO