30
Mai 14

 

A estratégia de António José Seguro aposta claramente na fragilização de António Costa. Ao que o Expresso apurou, a direção do PS acredita que, nesta altura, o autarca de Lisboa "dificilmente" conseguirá reunir os apoios exigidos pelos Estatutos para a marcação de um Congresso extraordinário. "A única forma de haver diretas e um Congresso será só através do secretário-geral, por vontade expressa da Comissão Nacional, das federações e dos militantes o Costa não consegue", diz fonte da direção, diz fonte da direção, lembrando: "Ele teve duas oportunidades e não avançou porque não quis". Depois do ataque de Costa, anunciando a vontade de concorrer a líder e fazendo saber que a contagem de espingardas estava a começar a ser-lhe favorável, Seguro e os seus apoiantes respondem agora. À letra. 

publicado por José Manuel Faria às 09:24

29
Mai 14

 

"Num breve e lacónico comunicado de 75 palavras, António José Seguro reagiu com sobranceria ao desafio de António Costa, para que ele marque um congresso extraordinário do partido. Ele e  a sua equipa têm-se escudado no ridículo argumento do respeito pela legalidade estatutária, quando uma das formas previstas nesses estatutos para a convocação daquela reunião é, precisamente, a decisão unipessoal do líder. Não se entende se, deste modo, Seguro pensa que poderá escapar ao inevitável, ou se julga que poderá desgastar Costa, quando, na verdade, se desgasta apenas a ele mesmo, dando provas de temer o seu adversário e o julgamento do partido. Uma coisa, contudo, parece mais do que evidente, quer queira quer não, António José Seguro só tem duas saídas possíveis: ou convoca ou convoca o congresso. De resto, de pouco lhe vale a displicência com que tratou, no comunicado, o autarca de Lisboa. Até porque concluiu esse texto com um erro factual, ao escrever que “O Secretário-geral do PS registou a posição do Dr. António Costa”. É que ele já não é, de facto, o secretário-geral do PS, embora pareça ser o único que ainda não o percebeu."

Rui A.

publicado por José Manuel Faria às 10:45

publicado por José Manuel Faria às 09:07

28
Mai 14
 - Concelhia de Vizela, absolutamente, no exército do gen. AJ Seguro.

 

 

M16-1.gif (11666 bytes)

 

"O melhor para Seguro é ser ele próprio a marcar um congresso do PS. Cada minuto que passa até esse anúncio é um minuto em que ele se desgasta, como se amedrontado. O problema está longe de ser institucional - é político. Não foi essa a sua primeira reação. Fontes do PS garantem nesta edição do Expresso Diário que Seguro quer mais é que Costa que se amanhe, que convença pelo menos metade das federações socialistas e convoque um congresso extraordinário. É uma má reação, para o PS e para o próprio Seguro, como se verá com o tempo."

 

PSG 

 

Seguro entrega-se aos estatutos como Mao ao livro vermelho.

colt-45-1.gif (84375 bytes)

publicado por José Manuel Faria às 09:16

 

"A Revolução de 28 de Maio de 1926Golpe de 28 de Maio de 1926 ou Movimento do 28 de Maio, também conhecido pelos seu herdeiros do Estado Novo por Revolução Nacional, foi um pronunciamento militar de cariz nacionalista e antiparlamentar que pôs termo à Primeira República Portuguesa, levando à implantação da Ditadura Militar, depois auto-denominada Ditadura Nacional e por fim transformada, após a aprovação daConstituição de 1933, em Estado Novo, regime que se manteve no poder em Portugal até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974. A revolução começou em Braga, comandada pelo general Gomes da Costa, sendo seguida de imediato em outras cidades como PortoLisboaÉvoraCoimbra e Santarém. Consumado o triunfo do movimento, a 6 de Junho de 1926, na Avenida da Liberdade, em Lisboa, Gomes da Costa desfila à frente de 13 mil homens, sendo aclamado pelo povo da capital."

publicado por José Manuel Faria às 08:29

27
Mai 14

 

O Movimento Partido da Terra (MPT) conseguiu eleger um segundo deputado nas europeias, revela a Direcção-Geral da Administração Interna (DGAI), confirmando-se como a grande sensação das eleições de domingo.

Além do cabeça de lista Marinho Pinto, ex-bastonário da Ordem dos Advogados, o MPT também conseguiu eleger o número dois da lista, José Inácio Faria.

 

 - Marinho Pinto, social/democrata de esquerda nas questões sociais e conservador nos valores/costumes, indica uma maior amplitude ideológica que pode contribuir para o crescimento do MPT.

 

Os "velhos"partidos institucionais que se cuidem!

publicado por José Manuel Faria às 08:34

26
Mai 14


 

 

António Amaro das Neves

publicado por José Manuel Faria às 19:14

  

 

Grande vitória eleitoral do Partido Socialista no Concelho de Vizela

 

O Partido Socialista, obteve em Vizela uma grande vitória ao conseguir 46,04% dos votos. Comparativamente às eleições de 2009 verificou-se uma subida de 5,14%.

Já a Coligação PSD/CDS, sofreu uma pesada derrota ao descer 8,15% em relação às mesmas eleições.

CDU e Bloco de Esquerda também viram a sua votação diminuir em 2,53% e 7,47% respetivamente.

Na linha do que se verificou a nível Nacional, o MPT em Vizela obteve uma enorme subida ao passar dos 0,36% em 2009 para 8,93%.

Os resultados verificados no Concelho de Vizela, permitem concluir que os Vizelenses deram um sinal claro de que é preciso mudar de política e de Governo, que estão fartos de mentiras, de cortes, de austeridade, e que está na hora de dizer não a mais desigualdades.

 

Caldas de Vizela, 26 de maio de 2014

publicado por José Manuel Faria às 11:43

 

Resultados não oficiais (a manter a mesma proporcionalidade):

 

PS: 31,5% - 8 eurodeputados (+1);

 

PSD/CDS: 27,7%- 7 eurodeputados (-3);

 

CDU:12,7% - 3 eurodeputados (+1);

 

MPT: 7,2% - 2 eurodeputados;

 

BE: 4,6% - 1 eurodeputado.(-2).

 

Fantástica Vitória do MPT:vitória de "pirro"do PS: grande derrota do PSD/CDS:vitória relativa da CDU (+2%) e grande insucesso eleitoral do BE (-6,2%).

 

ps: LIVRE com 2,2% (nacional) é a 6ª força política, este resultado (3,6%, Lisboa) daria para eleger 2 deputados em legislativas.

 

Europeias 2014

 

ps: para aqueles que se refugiam na abstenção no sentido de justificar os fracos resultados, registe-se, apenas o aumento de 2,8% da mesma. Não esquecer as centenas de milhares de portugueses emigrantes.

publicado por José Manuel Faria às 08:24

25
Mai 14

 

resultados finais

 

PS - 3088 votos - 46,4 %

PND - 52 votos - 0,78%

MPT - 599 votos - 8,93%

MAS - 26 votos - 0,39 %

PAN - 47 votos - 0,70 %

POUS - 11 votos - 0,16%

PTP - 39 votos - 0,58 %

LIVRE - 76 votos - 1,13%

BE - 270 votos - 4,03%

PCTP/MRPP - 133 votos - 1,98%

PPV - 18 votos - 0,27 %

PDA - 5 votos - 0,07 %

PNR - 22 votos - 0,33%

PCP - PEV - 470 votos - 7,01%

PSD - CDS/PP - 1454 votos - 21,68%

PPM - 33 votos - 0,49%

222 votos brancos

112 votos nulos

 

Total de votos - 6.707 em 20.751 eleitores em condições de participar no ato eleitoral

Abstenção - 67,68%

 

rádio vizela

publicado por José Manuel Faria às 21:07

publicado por José Manuel Faria às 10:29

publicado por José Manuel Faria às 10:15

 

Van Gogh

 

publicado por José Manuel Faria às 09:56

24
Mai 14




40 anos após Abril, ainda se exige um dia de reflexão para decidir do voto: uma tontaria que insinua um elevado grau de estupidez lusa.



publicado por José Manuel Faria às 10:15

 

 

 

Prognósticos eleitorais/europeias (nº de eurodeputados) para domingo:

 

PS – 9 (36%)

 

Aliança Portugal – 7 (29%)

 

CDU – 2 (10%)

 

BE-1 (5%)

 

MPT- 1(5%)

 

LIVRE- 1(4%)

 

(Outros+nulos+brancos) - (5%+6%) - 11%

 

Abstenção:  70%

publicado por José Manuel Faria às 09:20

23
Mai 14

publicado por José Manuel Faria às 11:08

 

Câmara de Vizela (sede de um município com 24,70 km² de área e 23 736 habitantes, subdividido em 5 freguesias):

 

 

1 – Endividada até aos ossos – várias dezenas de milhões de euros; 

2- Com um passivo “astronómico” – sem capacidade de abatimento;

3 – Com uma população castigada em valores máximos de taxas e impostos;

4 – Autarquia falida;

5 – Sem qualquer estratégia a curto e médio prazo de crescimento económico/social;

6 – Sem capacidade de realização de obras municipais;

7 – Politicamente devastada: executivo fracturado (Dinis Costa/Vitor H Salgado/Dora Gaspar);

 

Oposição: 

1 – Vereadores “franco atiradores” de três facções;

2 – Incapacidade para politicamente demolir o “castelo”socialista 

3 – Organizações politicas: PSD, CDS, BE e PCP, abúlicas e soníferas;

4 – Sociedade civil reivindicativa inexistente;

A continuar este marasmo politico/social/económico, a autarquia pode desaparecer por vontade governativa com apoio parlamentar.

 

Alerta!

publicado por José Manuel Faria às 09:12

22
Mai 14


i/Pitagórica:

 

PS - 36,6%;- 9/10

 

PSD/CDS - 29%;-7/8

 

CDU - 9,4%;-2

 

MPT- 5,6%;- 1

 

BE - 5,5% - 1

 

 

publicado por José Manuel Faria às 08:35

21
Mai 14

 

Vizela, um concelho sem política a sério: domingo é o dia da eleição europeia (quinquenal) e, não ocorrerão encontros, palestras, sessões de esclarecimento, comícios dos partidos ou encontros entre eles, nada – há os tempos de antena nas tvs onde o zapping é rei.

 

As condições - técnicas, teóricas ou ideológicas-, são muito fracas para que mais de 90% dos eleitores termais em consciência optem pela Lista A, B ou C.

 

A maioria do voto é por fidelidade clubística/partidária, amizade ou aconselhamento: a abstenção será rainha.

 

Quantos eleitores conhecem os programas e ou protagonistas?

 

Enfim, é este o estado da democracia política.

 

Domingo vote em LIVRE dade.

publicado por José Manuel Faria às 09:45

20
Mai 14

publicado por José Manuel Faria às 19:24

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



31


Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Eu não digo que o JIC só se riu para os outdoors, ...
Lá estão os mesmos do costume. Se fazem vídeos em ...
Lol...opinar para no final nada fazerem... Enfim.....
Pois. Portugal era um país fascista.
O jornaleco é do polvo angolano, e anda por lá a e...
Na guerra colonial a Força Aérea também usou Napal...
Ó sr. MS, não estou de acordo consigo.Então o sr. ...
Parabéns MVS. Desta forma ninguém vai poder dizer ...
Anda tudo de venda...ou melhor de palas...por algu...
Pela primeira vez...deve haver engano....
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO