30
Nov 15

 

publicado por José Manuel Faria às 09:35

 

Portas, Passos, Maria Luís, Carlos Costa e Sérgio Monteiro que se cuidem.

publicado por José Manuel Faria às 08:01

29
Nov 15

(...) Fortuna

Mas isso não significa que não tenha fortuna. Segundo a agência, Ekaterina é casada com Kirill Shamalov (filho de um acionista do banco pessoal da elite russa, o Bank Rossiya). O casal detém uma fortuna estimada em dois mil milhões de dólares, em parte por causa de uma participação de 17% de Shamalov na empresa de processamento de gás e petroquímica Sibur. O marido de Ekaterina é também o proprietário de uma mansão no valor de 3,5 milhões de euros em Biarritz, França. Tanto as ações como a mansão pertenciam antes a Gennady Timchenko, amigo de Putin desde os anos 1990, diz a Reuters.

Tal como Shamalov e Ekaterina, outros filhos do círculo de amigos próximos do presidente têm vindo a ganhar influência. "Hoje, na Rússia, é absolutamente normal que os conselhos de administração dos bancos estatais sejam liderados por filhos de oficiais dos serviços de segurança, que ainda nem têm 30 anos quando são nomeados", disse à agência Reuters Alexei Navalny, líder da oposição russa.

"É mais do que uma sucessão dinástica. Os filhos não se limitam a herdar os cargos dos pais, mas também o direito de escolher outros cargos que gostem. O perigo é que, muito em breve, todos os recursos- -chave vão acabar nas mãos de cinco ou seis famílias", acrescentou, denunciando um sistema que apelida de "neofeudal"."

publicado por José Manuel Faria às 11:11

 

publicado por José Manuel Faria às 10:23

28
Nov 15

 

 

 

Francisco José de Almeida Lopes (Vila Cova de Alva, Arganil, 29 de Agosto de 1955) é um electricista e político português. 

 

Militante comunista desde 1974, frequentou a Escola Industrial Marquês de Pombal e o Instituto Industrial de Lisboa (actual Instituto Superior de Engenharia), onde participou no movimento estudantil de contestação àditadura. Em 1973 participou no III Congresso da Oposição Democrática, em Aveiro, e na campanha eleitoral para a Assembleia Nacional, de Outubro desse ano. Militou também na União dos Estudantes Comunistas, ajota do Partido Comunista Português (PCP). Empregado na Applied Magnetics, foi membro da respectiva Comissão de Trabalhadores, colaborando com o Sindicato dos Electricistas do Distrito de Lisboa. Foi designado membro do Comité Central do PCP em 1979, chegando à Comissão Política e ao Secretariado em 1990. Foi eleito deputado à Assembleia da República, pelo Círculo de Setúbal, em 2005[2] . Candidato às eleições presidenciais de 2011, com o apoio do PCP e do Partido Ecologista "Os Verdes"[3] , alcançou um resultado de cerca de 7%[4] .

Francisco Lopes

publicado por José Manuel Faria às 18:30

 

publicado por José Manuel Faria às 11:05

27
Nov 15

 

"Desengane-se, não vou falar de política. Prometi a mim mesma não o fazer no espaço público pelas razões óbvias.

 

Vou falar de racismo, xenofobia e preconceito. Em Portugal. Sim, em Portugal.

 

Em 1967, em Angola, só houve dois casamentos mistos. Um deles foi o dos meus pais.

 

Em 1974, quando regressei a Portugal com a família enfrentei na escola primária pública inúmeros insultos por ser “retornada” e que “devia ir para a minha terra”.

 

Mais tarde, muitas vezes, de uma maneira subtil e mesquinha, era olhada de forma diferente. Claro que não vou, nem quero, generalizar. Havia muita gente para quem isso não era assunto, mas para outros tantos era.

Desculpem mas para muita gente ainda é.

Ainda é!

 

Comecei por falar de mim apenas por um motivo: Quem sente na pele sabe melhor do que fala.

 

Vem isto a propósito do novo governo.

 

Diz a comunicação social, diz-se nas redes sociais, que o novo executivo tem a primeira mulher negra no governo, que tem 4 mulheres e ainda uma deficiente.

 

Uauuuu! Parabéns! É pena é ser notícia, não é?

 

A mulher negra de quem se fala é inteligente, competente e experiente, era disso que devíamos estar a falar e não da raça e do género.

 

Quanto às mulheres, são quatro, discute-se se é pouco, se é muito… Alguém discute a qualidade e competência? Não! A realidade é que ainda temos de discutir o género, portanto não me venham falar em igualdade.

 

E ainda uma última novidade: uma secretária de estado com deficiência, a primeira. Só agora?! A deficiência define-a como pessoa? Ou não deveríamos estar a discutir se é eficiente, competente, experiente? Qualidades que se exigem a um governante.

 

Isto para não falar nas inúmeras referências diretas ou indiretas subtis e muitas vezes insultuosas à ascendência  do primeiro-ministro.

 

Sim, há racismo, há xenofobia, há preconceito e há machismo em Portugal. E não é tão pouco com se diz.

 

É preciso senti-lo na pele para perceber a dimensão do fenómeno."

Alberta Marques Fernandes

 

publicado por José Manuel Faria às 17:50

 

publicado por José Manuel Faria às 11:19

 

«Esta vitória trouxe-nos um problema, pois jogaremos na quinta-feira [com o Besiktas, dia 10 de dezembro], depois jogaremos no domingo com o Moreirense [dia 13 de dezembro] e logo na quarta-feira com o SC Braga para a Taça de Portugal. Até lá vou pensar o que vou fazer», disse Jorge Jesus, garantindo que não vai trocar prioridades.

 

«Se tiver de por a equipa B a jogar frente ao Besiktas é o que farei. Tenho muita confiança nos jogadores que trabalham comigo, por isso se jogar o A,o B ou o C é igual», vincou.

publicado por José Manuel Faria às 09:12

 

publicado por José Manuel Faria às 08:14

 

publicado por José Manuel Faria às 08:03

26
Nov 15

 

publicado por José Manuel Faria às 12:58

"Deixaram o País falido e bazaram. Agora que os portugueses puseram as contas em dia, já lhe parece interessante governar, mesmo perdendo as eleições", sublinhou Paulo Portas, citado pela TVI, dizendo ainda estar "muito preocupado" com as consequências económicas e a perda de confiança que poderão resultar de um Governo socialista aliado às "forças radicais"."

Económico

  - Portas sem linguagem de "tias de cascais"!

 - Portas vence eleições e seu governo foi excluído, qual a novidade? 

- Portas "muito preocupado"! Só se for pela perda de empregos dos seus amigos(as).

publicado por José Manuel Faria às 10:42

25
Nov 15

A propósito desta Petição.

Continua um exagero. Os individuos de altos cargos do Estado não são melhores nem piores que um operário. Cortar com toda a frota estatal quem não sabe conduzir que frequente os transportes públicos e, em casos especiais (...) alugar um automóvel. Isto não é miserabilismo mas, sim, pragmatismo em tempos de crise.

publicado por José Manuel Faria às 11:05

 

"Todos os anos a direita faz questão de assinalar o 25 de novembro de 75. Aproveitam a efeméride para compensar ideologicamente a vergonha que têm do 25 abril e dos meses que se seguiram.

O 25 de Novembro foi um momento fraturante e eu entendo que não devemos comemorar, os momentos fraturantes não se comemoram, recordam-se e recordam-se apenas para refletir sobre eles. No caso do 25 de Novembro, devíamos refletir por que é nós portugueses, com séculos e séculos de história, com uma unidade nacional feita de uma cultura distintiva profunda, por que é que nós chegámos àquela situação, por que é que chegámos à beira da guerra civil", disse Ramalho Eanes, em declarações à TDM, a rádio e televisão pública de Macau."
(c/ Lusa)

publicado por José Manuel Faria às 08:35

24
Nov 15

 Francisca Van Dunem será a próxima ministra da Justiça. Uma angolana que se tornou portuguesa depois de 1977. É uma das surpresas do Governo liderado por António Costa.

 

 - Erro de casting: Ministro da Cultura e dos Negócios Estrangeiros - João Soares e Santos Silva.

publicado por José Manuel Faria às 17:11

Tantra é um grupo português de finais da década de 1970 tocando uma música inspirada conceptualmente pelo grupo Genesis e com recurso a efeitos sonoros e influências orientais

publicado por José Manuel Faria às 09:18

  -  Go Graal Blues Band foi um grupo português de blues rock formado no ano de 1975 que, contrariamente ao que era habitual na época, cantava unicamente em inglês.

publicado por José Manuel Faria às 09:06

 

publicado por José Manuel Faria às 08:03

23
Nov 15

“O Bloco de Esquerda regista o recuo do Presidente da República quanto à sua objeção à formação de um governo do Partido Socialista viabilizado pelos partidos à sua esquerda no Parlamento”, sublinham os bloquistas num comunicado de imprensa esta segunda-feira.

O Bloco diz ainda aguardar "o desenvolvimento dos contactos entre o Presidente da República e o secretário-geral do PS e os passos para uma rápida indigitação do novo primeiro-ministro".

publicado por José Manuel Faria às 18:40

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
A oposição não existe, mas também não se deve comb...
Os (in)dependentes estão a nadar em dinheiro.Se us...
Eles (PS) não têm mais ninguém para votar, já repa...
Toda os elementos da assembleia são fracos.O presi...
Será que também comemoram a militância dos element...
Há dinheiro a rodos. Tem de se gastar.
não é assim à excepções.
José Manel Faria o que quer dizer com (posições es...
Muito bem, completamente verdade.
Para quem lá esteve ATENTO... ninguém votou contra...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO