29
Fev 16

 

publicado por José Manuel Faria às 19:18

 

publicado por José Manuel Faria às 08:27

28
Fev 16

 

publicado por José Manuel Faria às 10:43

 - Só acertei no Óscar da Realização:Alejandro González Iñárritu

 

MELHOR FILME

Quarto

 

vencedor: The Revenant: O Renascido

Vencedor:  "O Caso Spotlight"

 

 

 

 

MELHOR REALIZADOR

Tom McCarthy, O Caso Spotlight

 

Vencedor:Alejandro González Iñárritu

 

 

 

 

MELHOR ACTOR

Eddie Redmayne, A Rapariga Dinamarquesa   

Vencedor: Leonardo DiCaprio

 

 

 

 

MELHOR ATRIZ

Cate Blanchett, Carol

 

Vencedor: Cate Blanchett, Carol

Vencedor: Brie Larson, O Quarto

 

 

 

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Tom Hardy, The Revenant: O Renascido

 

Vencedor: Tom Hardy, The Revenant: O Renascido

Vencedor: Mark Rylance, "A Ponte dos Espiões

 

 

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Jennifer Jason Leigh, Os Oito Odiados

 

Vencedor: Kate Winslet, Steve Jobs

Vencedor: Alicia Vikander, A Rapariga Dinamarquesa

ALICIA VIKANDER

publicado por José Manuel Faria às 09:12

 

publicado por José Manuel Faria às 08:59

27
Fev 16

 

publicado por José Manuel Faria às 12:18

O Bloco lançou um cartaz - afixado ontem no Campo Pequeno -, assinalando uma mudança importante, a promulgação da lei que elimina a discriminação no direito a adotar. Essa mudança é um avanço na luta pelo respeito por todas as famílias, independentemente da orientação sexual de quem as compõe. Esse é o único cartaz que o Bloco imprimiu e que afixará publicamente.

 Na mesma ocasião, foi colocada nas redes sociais uma imagem sob a frase "Jesus também tinha 2 pais". Não se trata de um cartaz, mas da forma de, nas redes sociais, com recurso ao humor, chamar a atenção para a conquista da igualdade entre todas as famílias. A frase, de resto, não é da autoria do Bloco, sendo um velho slogan do movimento internacional pela igualdade de direitos, como atestam os exemplos em anexo [em inglês e francês].

O Bloco de Esquerda respeita todas as convicções religiosas. Com esta iniciativa, pretendeu contribuir, como sempre fez, para, sem tabus, provocar o debate e, neste contexto, assinalar mais um avanço no respeito pela dignidade das pessoas e por todas as famílias. Estamos certos de encontrar, entre crentes e não crentes, uma grande maioria que partilha connosco esta motivação".

publicado por José Manuel Faria às 12:08

26
Fev 16

 

publicado por José Manuel Faria às 22:45

 

publicado por José Manuel Faria às 18:52

 

publicado por José Manuel Faria às 09:01

Comarca de Braga - Ministério público

Guimarães - DIAP - 1ª Secção

Pro.N º471/13.5GMR

144644563


(...)A queixa apresentada ( Fev/2013), por Francisco Ângelo da Silva Ferreira contra José Manuel Vieira Faria e contra incertos, porquanto os denunciados, os segundos sob a alcunha de “Guri” e o primeiro na qualidade de dono, único responsável e administrador do blogue “Ruptura Vizela” (endereço: http://rupturavizela.blogs.sapo.pt) escreveram e publicaram escritos (“posts”) e imagens ofensivos da honra, imagem, bom nome, seriedade, honestidade e reputação social e política do queixoso.(…)

(…) Para efeitos do artigo 285, nº2 do mesmo diploma legal, e como acima já se mencionou, consigna-se que não se consideram recolhidos indícios suficientes quanto à autoria dos factos que integram tal crime, uma vez que não se logrou obter a identidade do(s) autor(s) do mesmo e não pode imputar-se ao arguido a responsabilidade pela sua prática, a qualquer título.

Guimarães, 12/03/2016.

 

publicado por José Manuel Faria às 08:12

25
Fev 16

 

publicado por José Manuel Faria às 23:14

A maioria dos novos multimilionários, em 2015, surgiram na China, enquanto Pequim é a cidade do mundo com mais pessoas cuja fortuna supera os mil milhões dólares, segundo uma unidade de investigação sedeada em Xangai.

publicado por José Manuel Faria às 09:09

 

publicado por José Manuel Faria às 08:50

Se a direita parlamentar na sua legislatura (2011/2015) apostou com convicção nas politicas de austeridade, não se compreende a sua aversão ao Orçamento, 2016, que segundo Passos & Cristas compromete-se com restrições económico/financeiras mais austeras. Pelo contrário deveriam apoiar.

publicado por José Manuel Faria às 08:25

24
Fev 16

publicado por José Manuel Faria às 10:09

 

publicado por José Manuel Faria às 10:03

23
Fev 16

"Somos um país de medrosos"

(...) Portanto, a interpretação dos sonhos já não lhe interessa.

Não. É muito mais importante aquilo a que chamo o sonho-projecto, os devaneios diurnos que temos. Esses é que estão virados para o futuro. Diz-se muitas vezes que o homem é um animal de hábitos, mas não é verdade. O macaco é um animal de hábitos, o homem é um animal criador, está sempre a criar coisas novas. E por isso criou uma civilização. O ser humano é de tal modo criador – e eu sou ateu! – que até criou um deus. Deus é uma criação do homem. Na psicanálise estou mais interessado no futuro do que no passado. A psicanálise clássica está sempre muito ligada ao passado: o que aconteceu com a mãezinha, com o paizinho. Eu ando mais ligado àquilo que a pessoa projecta no presente e para o futuro.(...)

(...) E o que é que faz quando há prevaricadores?

No Centro de Saúde Mental e Infantil tínhamos dez ou onze equipas e fazia uma reunião por semana com cada uma delas, e uma vez por mês uma reunião geral com toda a gente. Essas reuniões eram às nove da manhã; das nove às onze. E as pessoas chegavam sempre atrasadas. Fiz várias coisas até que simplesmente escrevi num quadro, “quem chegar depois das nove e dez é favor não interromper”. Começaram a ir a horas. As pessoas protestam quando é imposto, mas se for dito com jeito acabam por colaborar. E há outra coisa: a ideia do nosso governo anterior era a de que as sociedades progridem por competição. Não, as sociedades progridem por colaboração. Não é nos períodos de guerra que se fazem as grandes descobertas, é nos períodos de paz.(...)

(...) Acha que estamos a aperfeiçoar-nos?

Sim, não tenho dúvidas. Apesar de todos os defeitos, cada vez se vive melhor. A curva da civilização é isto [desenha no papel uma curva], é ascendente. Mas a ascensão na subida não é contínua, há ciclos. E depois há a visibilidade social. Aqui há uns anos numa conferência com o Dr. Jorge Macedo – o historiador que foi director da Torre do Tombo –, houve uma coisa que não me agradou: ele falou muito da violência, referindo que a violência era muito grande nas cidades. E eu disse-lhe: “Parece impossível um professor de História estar a dizer-me isso; sabe melhor do que eu que no tempo do Marquês de Pombal a média de assassinatos era de um ou dois por dia em Lisboa, e Lisboa tinha cento e tal mil habitantes. Hoje tem 600 mil e se calhar são dois ou três por mês”. Há aqui um problema interessante: no tempo do Marquês de Pombal matava-se uma pessoa no Rossio e em Alfama ninguém sabia; hoje matam uma pessoa em Nova Iorque e logo à noite já sabemos. É uma ilusão, é um problema de visibilidade social.(...)

(...) Se por absurdo tivesse à disposição uma máquina do tempo, para onde escolheria viajar?

Para o futuro. O passado passou, que é que ia fazer com o passado? Não gostava nada de voltar atrás, gostava de ter mais 100 anos à frente. O bife que me interessa é o que vou comer logo à noite, não é o que comi ontem [risos]. 

 

António Coimbra de Matos

publicado por José Manuel Faria às 16:33

 

publicado por José Manuel Faria às 09:20

Fernando Madureira, acompanhado por outros elementos da claque SuperDragões, entraram no pequeno estabelecimento por volta das 21h30 de forma desafiante e a fumar. Os adeptos portistas sentaram-se alegadamente para jantar tendo interpelado o proprietário do estabelecimento nos seguintes termos: "onde está o gatuno?".

 

publicado por José Manuel Faria às 08:21

Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
RV Jornal- artigo"Obra da Rua Joaquim Costa Chicór...
E os outros?
Os camaradas do Bloco e do PCP devem estar radiant...
Quem escolhe mal as pessoas que os acompanham, têm...
Bar em matosinhos??? Que historia é essa?
como é possível que alguém que foi constituído arg...
Dinis Costa cantas bem mas não alegras.
Tão lindinhos, tão enfeitadinhos. Lamentavelmente ...
De recurso em recurso, com as férias judiciais pel...
Gente de má língua... O homem é um talento nato em...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO