22
Mar 17

"São todos muito fraquinhos. A mediocridade vai continuar em Vizela o que é uma pena para os jovens de Vizela que não querem redignar-se ao desemprego a um trabalho que apenas lhes garante o salário mínimo. Mas é o que lhe oferecem. Mais do mesmo. É pena mas é o que temos. Há outras figuras interessantes em Vizela que podiam deixar o conforto do sofá e disponibilizar-se para uma candidatura à Câmara. O Dr. Eduardo Guimarães era a pessoa indicada para encabeçar uma candidatura à Camara. É competente, é sério e gosta de Vizela. Salvou da falência um clube que foi conduzido à bancarrota por uma gestão danosa daqueles que se diziam os únicos capazes de conduzir os destinos do FC de Vizela. Dr. Eduardo Guimarães, seis meses são mais que suficientes para lançar uma candidatura. Venha fazer ao concelho o que fez ao FC VIZELA. Dê-lhe futuro."

Anónimo.Comentário no post Antena Democrática. 18/03/2017

publicado por José Manuel Faria às 22:33

 

José Manuel Faria
Cabeça de Lista da CDU
à Câmara Municipal de Vizela

Professor do Ensino Secundário. 39 anos. Natural de Infias, Vizela.
É Membro da Assembleia de Freguesia de S. Miguel, Vizela.
Coordenador da Comissão Concelhia e Membro do Concelho Regional do PCP.

"(...) Dar mais força ao colectivo da CDU é ampliar o espaço de participação cívica e democrática dos cidadãos que lutam por mais justiça e por uma vida melhor, e por isso, propomo-nos a fazer, com confiança e determinação mais e melhor do que esta "velha" e gasta Comissão Instaladora.

Porque amamos esta terra, a sua história de luta e o seu povo; porque a população conhece e respeita os eleitos e o seu trabalho no poder local, porque respeitamos os cidadãos, as instituições e as comunidades, partilhamos os problemas; assumimos e tentaremos resolver os vários problemas do concelho:

  • Da falta de habitação social;
  • Da falta de ordenamento e planeamento territorial do concelho;
  • Da falta de uma política ambiental, para proteger as nossas áreas agrícolas, florestais e ecológicas;
  • Da falta de uma política concertada de despoluição do Rio Vizela;
  • Da intensa promiscuidade entre o PS e o poder autárquico actual, a Comissão Instaladora durante 3 anos;
  • Da falta de uma política de juventude (onde estão os festivais de música, de cinema ou teatro?);
  • Da falta de saneamento básico e abastecimento de água à maior parte do concelho;
  • Da falta de um Tribunal;
  • Da ligação perigosa entre grupos económicos e o actual poder autárquico (Fórum Vizela/Paços do Concelho);
  • Da falta de parques infantis, pré-primária e parques de lazer em grande parte do concelho;
  • Da falta grave de acessibilidades do concelho (VIM incompleta e circular urbana inexistente);
  • Da falta de um Hospital funcional para Vizela;
  • Da demora na construção do novo Centro de Saúde;
  • Da falta de uma piscina olímpica municipal;
  • Da falta de uma Universidade ou de um Politécnico no concelho;
  • Da demora da construção de uma nova Escola EB 2/3;
  • Da inexistência de uma política educativa concertada entre o Município e as escolas do concelho; (...)

A Câmara CDU, incentivará e proporá subsídios às colectividades e associações cívicas se estas apresentarem projectos credíveis e ambiciosos.

A Câmara CDU, respeitará todos os munícipes, tratando-os sempre por igual, sem privilégios nem favores.

A Câmara CDU, estabelecerá contactos formais e informais com os deputados do PCP na Assembleia da República, assim como de demais partidos e, com o Governo no sentido da resolução rápida e eficaz dos problemas dos cidadãos.

A CDU na Câmara será uma máquina de fiscalização, de execução e de competência, no intuito de provocar em Vizela um maior crescimento, mas essencialmente desenvolvimento racional, equilibrado e sustentado.

Para concretizar este projecto político autárquico, transparente, democrático e popular, é necessário os vizelenses votarem em massa na CDU para as Juntas de Freguesia, para a Assembleia Municipal e para a Câmara Municipal, sem medos, sem receios, pois o voto é absolutamente secreto. (...)"

 

http://www.pcp.pt/autarq/autarquias2001/candidatos/vizela.html

publicado por José Manuel Faria às 13:46

Depois das várias “negas”, a única solução com sentido de responsabilidade política era a candidatura de Passos Coelho e, este, acatar naturalmente os resultados. Em seguida Convocar o Conselho Nacional e definir o futuro: sair ou ficar, conforme a decisão do Órgão do partido. Outra solução, é/foi “fuga em frente”.

publicado por José Manuel Faria às 12:02

 

publicado por José Manuel Faria às 11:03

 Dijsselbloem

publicado por José Manuel Faria às 10:46

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


20



Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
O referendo é uma boa proposta e, Janeiro o mês pa...
Não vamos criar precedentes. O Povo não sabe o que...
Anónimo a 20 de Novembro de 2017 às 19:28"Onde est...
Ora por aqui se pode ver em que é que é (mal) gast...
Sim, a menina deve tornar público o que acontece, ...
O que é o "comércio local"? Os comércios locais do...
Conseguiram uma mão cheia de quase nada, outra de ...
E pode aceitar-se heterossexuais na igreja? Só dev...
Ó Fátima Anjos, você de "anjinho" não tem nada!Não...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO