11
Mai 17

 

Religiosidade popular

Fátima criou raízes na religiosidade popular, frequentada por trabalhadores, «povo miúdo», democratas, patriotas, comunistas. Era expectável. As opções humanistas, os valores de paz, justiça e igualdade do «cristianismo primitivo» e o acervo cultural das massas católicas não estão longe de ideais comunistas. E as convicções religiosas não definem a posição de classe, nem impedem a convergência na luta pela transformação social.

O PCP, onde militam muitos católicos e outros crentes, respeita as expressões de religiosidade e valoriza o relacionamento com a Igreja Católica e outras organizações religiosas.

E neste sentido, o PCP, reconhecendo e assumindo diferenças, às vezes significativas, não desiste e persiste em intervir, sempre em defesa dos que menos têm e menos podem, de um País com mais justiça social e de um mundo de Paz.

Neste Pontificado, apesar de inconsequências, as denúncias da exploração, da opressão e da guerra dão mais actualidade às palavras de Álvaro Cunhal, em 1974, em defesa de «boas relações com a Igreja». «Esta política não se baseia em critérios de oportunidade, mas numa posição de princípio. O mundo evolui e a Igreja Católica ... mostra indícios de evolução positiva .... Confiamos que os homens mais esclarecidos da Igreja compreendam a sinceridade e as profundas implicações desta posição do PCP».

PCP

publicado por José Manuel Faria às 23:22

 - Papa Francisco credibiliza Fátima.

publicado por José Manuel Faria às 22:49

 

publicado por José Manuel Faria às 21:46

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9



30


Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Oh Ze Manel, mais de 90.000 gastou o Mvs/Vh só em...
Eu faço de porta-voz, porta-chaves, porta-bandeira...
Alberto Machado geriu o orçamento até ao descalabr...
"Alegadamente" o verba do PS é menor da do MVS por...
A recolha de assinaturas deveria ser um trabalho m...
É o tecido económico. ´É o que dá empregos.Já os r...
A filha do JIC está desempregada!!!!!!!!!!!!!!!Coi...
""40 empresários e quinze médicos mais os rapazes ...
E o JIC sobre uma certa viagem a 3 a um certo Paí...
Sinceramente não sei como se dão ao trabalho de re...
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO