17
Jul 17

De acordo com o presidente, o objetivo é que cada departamento municipal seja sujeito a uma auditoria de forma a que seja realizado um dossier com o resumo da sua atividade, cujo resultado será entregue aos vereadores, líderes dos grupos municipais mas, também, aos candidatos à presidência da Câmara Municipal de Vizela (CMV) nas Autárquicas de 01 de outubro. Tal deverá acontecer até 15 de setembro e servirá, segundo o autarca Dinis Costa, para que todos possam perceber que sairá da CMV de “cabeça levantada”. Lembrou ainda que durante os dois mandatos em que liderou este Executivo, a autarquia foi sujeita a 14 auditorias, o que não se havia verificado entre 1998 e 2009, período em que a presidência do Município de Vizela esteve entregue a Francisco Ferreira. “Uma vez que vou sair, compete-me deixar tudo claro. É prática minha fazer isto, já o havia feito na Junta. Quero sair, como sempre, com a consciência de dever cumprido”, disse, no final, à Rádio Vizela, o autarca Dinis Costa.

publicado por José Manuel Faria às 16:39

 


 Ana Cunha                                 Helder Magalhães

publicado por José Manuel Faria às 11:34

Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Então não são 800 mil euros, não é verdade, eminên...
Anónimo a 12 de Janeiro de 2018 às 11:11Se fosse a...
Um orçamento com mais de 3 milhões de lucro e não ...
Recorde prof. que a redução do IMI a pagar 2018 f...
O resto do entulho, sim, porque o entulho já foi a...
Podia ter aproveitado para mandar alguns no meio d...
És mesmo bem informado, até sabes o valor da refor...
kkkkkkkkkko anónimo não se identifica? kkke quem p...
Arrumar entulho, entende como excelente esse traba...
E quanto a quem de momento se estará a relevar... ...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO