22
Fev 08

Caiu o acordo PS/PSD da lei eleitoral autárquica

 

A nova Lei Eleitoral para as autarquias caiu por pressão dos presidentes de junta, estes nas Assembleias Municipais não votariam os orçamentos e planos e as moções de censura. Curiosamente uma razoável decisão de mudança que até deveria ir mais longe, a não presença destes nas AMs dos presidentes de junta (desvirtuam as votações).

 

O PSD fez cair a Lei, porque os seus assim o quiseram e tiveram receio à alteração.

 

Ainda bem que a Lei caiu, apesar de ter sido por portas travessas.

 

 Adenda:

Credibilidade 

Quebrando deliberadmente os acordos formais que tinha feito com o PS sobre a justiça e a lei eleitoral para as autarquias locais, o PSD põe em causa a sua própria honorabilidade política. Se, por puro oportunismo político, se recusa a cumprir um contrato interpartidário, como esperar dele o cumprimento de qualquer outro compromisso institucional?!
O pior que pode suceder à credibilidade de um partido de vocação governamental é criar a sensação de infidelidade à palavra dada, não sendo "tábua de sustentar prego"... Vital Moreira

publicado por José Manuel Faria às 10:58

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Então não são 800 mil euros, não é verdade, eminên...
Anónimo a 12 de Janeiro de 2018 às 11:11Se fosse a...
Um orçamento com mais de 3 milhões de lucro e não ...
Recorde prof. que a redução do IMI a pagar 2018 f...
O resto do entulho, sim, porque o entulho já foi a...
Podia ter aproveitado para mandar alguns no meio d...
És mesmo bem informado, até sabes o valor da refor...
kkkkkkkkkko anónimo não se identifica? kkke quem p...
Arrumar entulho, entende como excelente esse traba...
E quanto a quem de momento se estará a relevar... ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO