20
Mar 08

Diz Manuel Marques no www.digitaldevizela.com: "O discurso do Presidente da Câmara foi bastante profundo. Estava bem elaborado, retratou bem o passado, o presente e o futuro e deu uma alfinetada no «inimigo interno» do momento: aqueles que detêm o maior número de acções na Companhia dos Banhos."

Estou muito admirado, pela admiração profunda por uma intervenção toda ela oportunista ( falar no povo de Vizela), propagandística ( elencou todas as obras feitas e a fazer), auto-elogio narcísico. Francisco Ferreira não teve uma palavra para os deputados e partidos coerentes que sempre estiveram com o Concelho, nem uma palavra para a oposição actual.

Refere como ponto negativo, não ter dado voz às oposições, mas logo a seguir diz que isto acontece porque esta portou-se mal no passado.

Caro Marques a Democracia é o contraditório. E no dia de festa não deve haver só rosas (PS).

publicado por José Manuel Faria às 19:38

comentário:
Democracia em Portugal? LOL!
Mª do Resgate a 21 de Março de 2008 às 21:45

Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
E alguém viu o Alcides a bater palmas ao JIC depoi...
Eu gosto de ver os que andaram a defender o Dinis ...
O Guri é o Mestre de Avis e tem de defender o taxo...
O Guri deixou de ser Guri e passou a ser Mestre de...
Não foi uma técnica, foi uma professora do Agrupam...
1""Tem provas dadas e ganhe ou perca deixa provave...
Queres ver este P.S. dependente ver-lhe já a fug...
Oh snr Mestre de Avis.Escolheu mal o pseudónimo. D...
Concordo com o Mestre de Avis. Tem toda a razão, n...
João Ilídio Costa é apenas o herdeiro de uma pesad...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO