02
Nov 06

O presidente do Partido da Nova Democracia (PND), Manuel Monteiro, afirmou encarar «com serenidade» a proposta de dissolução do partido que deverá ser apresentada no próximo congresso do partido.

Em declarações reproduzidas na edição desta quinta-feira do jornal Correio da Manhã, Manuel Monteiro manifestou-se contra esta hipótese, considerando que «o que existe é uma direita envergonhada e a ideia de dissolução só contribuirá para manter o centralismo dominante.

 

Será que o amigo de Vizela voltará ao CDS?

publicado por José Manuel Faria às 20:57

comentário:
o paulo portas não deixa.
Manuela a 2 de Novembro de 2006 às 22:15

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Que engraxador ridículo...
Bem foi avisado que...apostou no cavalo errado. P...
Grande masturbação dialética. Não te trates!!!Os s...
Mas então explique -me lá: já que sabe de tudo o q...
MM à procura de tachinho. Tadito. Ignora que Roma ...
Este sim...Foi um Primeiro Ministro às sérias e......
Pergunta para o José Manuel Faria e para os que se...
ZMF sabe quem gostei de lá ver? Foi o Dinis Costa,...
Aqui não há presunção nem água benta, pois não se ...
Ele pode mesmo fazer o que lhe apetece pois não pr...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

10 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO