09
Abr 08

FARC recusam apoio médico a reféns França obrigada a abandonar missão humanitária para tratar Ingrid BetancourtAs FARC não aceitaram a oferta de apoio médico à refém Ingrid Betancourt proposta pela França. A franco-colombiana, raptada há seis anos, está doente e pode correr risco de vida.

sic

As Farc, guerrilha anti-governamental colombiana que luta há 40 anos contra os governos corruptos do país, faz do sequestro uma arma política. A pergunta que se deve fazer é, porque é que raptaram uma candidata presidencial dos "Verdes" e a fazem sofrer há tantos anos.

As Farc perdem toda a razão da sua luta com esta atitude, mais de uma organização "terrorista", e não de libertação popular. Assim, não.

publicado por José Manuel Faria às 10:50

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
E alguém viu o Alcides a bater palmas ao JIC depoi...
Eu gosto de ver os que andaram a defender o Dinis ...
O Guri é o Mestre de Avis e tem de defender o taxo...
O Guri deixou de ser Guri e passou a ser Mestre de...
Não foi uma técnica, foi uma professora do Agrupam...
1""Tem provas dadas e ganhe ou perca deixa provave...
Queres ver este P.S. dependente ver-lhe já a fug...
Oh snr Mestre de Avis.Escolheu mal o pseudónimo. D...
Concordo com o Mestre de Avis. Tem toda a razão, n...
João Ilídio Costa é apenas o herdeiro de uma pesad...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO