19
Abr 08

O PSD é único no espectro nacional da política. De direita, diz a esquerda, de centro-direita dizem uns militantes de centro-esquerda diz outra facção, conservador, liberal, interclassista e até reduto de velhos salazaristas. Um partido de poder que interessa ao patronato, grande e pequeno, de comerciantes e senhorios que sonham com Sá Carneiro. Enraizado no interior norte e centro, o PSD entranha-se também num operariado e trabalhadores não qualificados que o amam como se de um clube de futebol se trata-se. Curioso número ( 69) disse um dia Mota Amaral, curioso partido digo eu. Então não é que algumas dezenas de horas após a demissão do líder, uma miríade de putativos candidatos estão a postos para a contagem dos votos ou lançam nomes quais lebres à procura de caça. Aguiar-Branco, Passos Coelho, Patinha Antão, Rui Rio , LFilipe menezes ou Ferreira Leite. Sou de esquerda, mas gosto de ver um partido assim, com vitalidade, luta interna e golpes palacianos. Lembra Roma, sem sangue verdadeiro e muitas facadas doridas. Política com simulações, hipocrisias, injustiças e traições como a vida.

publicado por José Manuel Faria às 19:31

2 comentários:
Agora sim! Finalmente o PSD é um partido. É uns pa cada lado e ninguém se entende
1/2Kg de Broa a 19 de Abril de 2008 às 21:58

grande partido.
Anónimo a 19 de Abril de 2008 às 22:01

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Novidade era se ganhasse, pois continuava tudo com...
Até ao final da campanha vamos ter mais picardias ...
Notícia FALSA e já desmentida. Bastava ter seguido...
Está a dizer que o VHS vai chegar a Presidente, nã...
Até 1 de Outubro há vindimas!!!!!!!!
E VHS, o que fez por Vizela para além de dar que f...
Parece que vai chegar ao fim e o diploma não vai s...
gury diz lhe isso na cara, és um COBARDE.
Parece-me prematuro uma afirmação deste tipo, pois...
Fique tranquilo porque sou uma pessoa com tantos p...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO