22
Abr 08

Liberdade de expressão, uma das maiores conquistas da Revolução de Abril.

34 anos depois, estamos longe do pleno desse direito. São minorias que se podem expressar livremente sem desrespeito pelos outros, claro.

A população livre, é aquela que não depende do patrão, do cacique, do bufo.

Não há expressão livre na maioria das empresas privadas ou públicas. No palco da sociedade dita livre o cuidado em expressar a verdade de cada um é coarctado pelo medo da represália. É melhor estar calado, dizem. E obedecer, engolir o que lhe vai na alma.

A revolução de Abril tem andado para trás. Há necessidade de fazer/construir outra, sim. Uma utopia faz comandar o sonho que um dia Abil abriu.

publicado por José Manuel Faria às 11:10

comentário:
Já não há povo para mais Abril.
Já poucos querem fazer parte do povo...
1/2Kg de Broa a 23 de Abril de 2008 às 13:55

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Pitonisa e restantes anónimos do Movimento por Viz...
O meu amor por Vizela é grande e por isso teria di...
Sejamos sérios:O JIC não fez nada pela construção ...
Apesar da minha identidade de Guri continuar intac...
Por onde anda o debate de ideias, já vai na broa d...
Ultrapassada? Quando se tem um JIC com idade e tiq...
"Só não percebo por que razão JORGE PEDROSA escrev...
Uauuuuuuuuuuu Chegou o salvador da pátria. onde es...
O gury d amaneira que falas de mulheres boas e lin...
Ao anónimo das 22:39 gostaria de desmontar o conte...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO