02
Jun 08

«Mais importante que saber o hino é sentir. E eu tenho um sentimento muito grande por Portugal. Nunca falei com Luiz Felipe Scolari e Deco sobre isso (são os dois também brasileiros de nacionalidade), porque eles não sabem o que sinto», .

 

Meia dúzia de anos no País a jogar futebol, e sente Portugal a correr nas veias. O hino não é importante canta-se o brasileiro. Pepe e Deco são portugueses. A selecção precisa de pontas de lança, para quando as suas naturalizações. E o hino, isso não interessa nada. Drougba fazia falta!

publicado por José Manuel Faria às 18:37

4 comentários:
esse n pode já jogou na sua selecção!
Anónimo a 2 de Junho de 2008 às 20:24

Sou contra as naturalizações, assim como o facto de termos dirigentes, treinadores, jogadores não portugueses de origem nas selecções.
A continuar assim deixa de ser a selecção portuguesa...
1/2Kg de Broa a 2 de Junho de 2008 às 21:06

De acordo contigo 1/2 Kg. Qualquer dia Portugal é a selecção C do Brasil. Sim, não é politicamente correcto.
José Manuel Faria a 2 de Junho de 2008 às 21:34

Isto sim, É QUE É IMPORTANTE:

http://diario.iol.pt/sociedade/tribunal-de-contas-despesa-publica/958570-4071.html
Mª do Resgate a 2 de Junho de 2008 às 21:37

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Coitado, o JIC não tem nada para publicar!!!!!!!!!...
Enfim... uma amalgama de psedo independentes e soc...
Irra.Agora já faz publicações do Sol?FrancamenteQu...
Que diferença, que linda festa, não é preciso dinh...
Que diferença!!! Um executivo que transpira simpat...
??? É pra comentar o quê? Que tão muito felizes?
Também tenho gostado muito dos comunicados da Coli...
Estes comunicados devem ser a espinha na garganta ...
Sobre as TaxasCada vez que o PS, através de Dora G...
Admiro a coragem e a persistência destes vereadore...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO