19
Nov 06

Cerca de 180.000 alentejanos, um terço dos habitantes da região, são pobres e vivem com 10 euros por dia, revelou esta sexta-feira António Murteira, organizador de uma conferência sobre pobreza que decorre em Beja.

«Mais de 30 em cada 100 alentejanos vivem na pobreza, isto é, 180.000 pessoas, numa população de 535.000 habitantes», disse António Murteira, tendo como referência os residentes na região com rendimento mensal até 300 euros, o que perfaz 10 euros diários.

Onde está a crise?

publicado por José Manuel Faria às 11:58

15 comentários:
Que deixem que brincam aos compadres e comecem a trabalhar a sério...
.:mÁrCiO:. a 19 de Novembro de 2006 às 12:24

Estás a chamar preguiçosos aos nossos compatriotas alentejanos?
José Manuel Faria a 19 de Novembro de 2006 às 12:37

Pelo menos da fama não se livram... pelo menos era o que via nos "Malucos do Riso". Ou será que já não são? pelo que os "Malucos do Riso" deixaram de dar... se calhar é porque já não são assim tão preguiçosos
.:mÁrCiO:. a 19 de Novembro de 2006 às 17:29

sao lentos!!!!!!!
ANA pAU a 19 de Novembro de 2006 às 18:37

É uma injustiça Prof., mas esso não aconteçe apenas no Alentejo, basta olhar aqui à volta e ver com o que vivem a maioria dos reformados e muitos trabalhadores também.

O baixo poder de compra é o principal cancro de Portugal que o leva a afundar-se cada vez mais. É urgente inverter este estado de coisas... Por isso é que tenho dito que quem faz as greves está de barriga cheia! Parece-me perfeitamente justo congelar salários acima dos 1.000 ou 1.500 Euros para poder socorrer os casos mais extremos
Jorge Miranda a 19 de Novembro de 2006 às 22:21

Congelar os salários de todos, incluindo os dos patrões e respectivas esposas!
José Manuel Faria a 19 de Novembro de 2006 às 22:56

O Alentejo é uma região muito desfavorecida e cada vez mais "deserta".
Sandra Silva a 20 de Novembro de 2006 às 13:02

SE CALHAR NO ALENTEJO PERDEU-SE A VERGONHA DE SE ASSUMIR A POBREZA, E NO RESTO DO PAÍS? SERÁ QUE SE VIVE COM MUITO MAIS QUE 10 EUROS? CÁ PARA MIM ESCONDEM DENTRO DE CASA A DESGRAÇA DE CADA UM.
MARIA a 20 de Novembro de 2006 às 13:37

Sim, falo em congelar salários, sejam de patrões ou funcionários. Mas é evidente que têm que ser garantidos mecanismos que garantam as verbas congeladas são desviadas para um fundo de auxilio para as situações mais extremas de reformas. Para trabalhadores com salário mínimo teria que haver mecanismos que garantissem a complementaridade dos salários.

É também evidente que isto seria suportável por um ou dois anos consecutivos, mas poderiam ser aplicados métodos escalonáveis... enfim... SOLIDARIEDADE
Jorge Miranda a 20 de Novembro de 2006 às 16:29

Bem, assim já nos estamos a entender, deve ser da sua costela "esquerdista", estou a brincar é claro.
José Manuel Faria a 20 de Novembro de 2006 às 19:05

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Que diferença, que linda festa, não é preciso dinh...
Que diferença!!! Um executivo que transpira simpat...
??? É pra comentar o quê? Que tão muito felizes?
Também tenho gostado muito dos comunicados da Coli...
Estes comunicados devem ser a espinha na garganta ...
Sobre as TaxasCada vez que o PS, através de Dora G...
Admiro a coragem e a persistência destes vereadore...
Isto sim é verdadeira oposição feita com responsab...
Vai sentar-se num banco com um pijama ás riscas!!!...
Prof, ainda anda com Azia!!!!!!!!!!!!
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO