23
Ago 08

http://farm3.static.flickr.com/2408/1555817946_bed003e7d2_m.jpg

 

O desenvolvimento da identidade e autonomia do ser humano é inseparável da sua condição social. Mas a afirmação da própria identidade pessoal na sua integração em sociedade, não é fácil. Abandonada a criança às suas espontâneas experiências de vida social, tanto pode cair no risco do isolamento como no risco de dissolver a sua personalidade na uniformidade amorfa do monismo social. A assertividade aparece como a capacidade da pessoa para se afirmar na relação com os outros sem se deixar manipular e sem manipular os demais. Nesta formação serão abordadas algumas causas muito concretas da falta de assertividade e das estratégias para as combater. Mas também serão apontados princípios gerais que permitam compreender a assertividade integrada num objectivo mais elevado como seja a educação da liberdade.

 

ALGUNS PRINCÍPIOS BÁSICOS DE UMA EDUCAÇÃO PARA A ASSERTIVIDADE
António Luís Montiel

 

Nos últimos 4/5 anos o vocábulo assertivo/ assertividade está em todo o lado. Assertivo para cima,para baixo, para os lados. Tem de se ser assertivo ou então perdes o emprego.

Lembra-me aqui há 10 anos o âmbito: o âmbito do problema, da área, do pensamento, do isqueiro. Havia âmbito para tudo.

Vamos lá ser assertivos, está bem. !

 

 

publicado por José Manuel Faria às 21:11

2 comentários:
JMFaria: Se ser assertivo é uma moda que continue a moda. O problema a meu ver é mesmo ser pouco assertivos, com este ou outro palavrão. Ser assertivo não é competição, individualismo, presunção, é uma forma de estar na vida exigente com quem nos tenta ludibriar. É como bem citas "não se deixar manipular e não manipular na relação com os outros".

Ainda agora tive um exemplo na minha relação com a ZON Multimédia que se não fosse assertivo não teria podido: a) desligar os serviços da Sport TV a meio do mês (porque no contrato estará, segundo eles, uma clausula que diz o serviço não é fraccionado e teria de pagar o mês inteiro -mas para poder subscrever um serviço já pode ser fraccionado) b) não teria negociado o abaixamento do preço de uma segunda ligação da TV Cabo (na residência da minha mãe -mas de que sou eu o cliente) que reduziu em quase 5 euros a mensalidade. c) não me teriam feito um abaixamento de 5 euros na mensalidade do Fantist Life, durante um ano, como compensação, por o serviço da ZON BOX não estar a funcionar correctamente e com as características anunciadas d) ter reactivado os canais da Sport TV, sem período de fidelização de 12 meses, conforme anunciado pelo serviço de apoio aos clientes. É claro que tudo isto não seria possível se não tivesse a alternativa de poder mudar de operador.

Mas enfim, se eu tivesse eu ficado quieto e calado, aceitando pacificamente o que me era dito, em vez de reclamar, em bons termos mas com firmeza, através do envio de uns e-mail, num dos casos e noutros ter pedido, para falar com a pessoa responsável, e teria pago o mês completo da Sport TV quando apenas utilizei o serviço uns dias; não teria um preço mais baixo na 2ª ligação ad-eternum; não teria um desconto de 60 euros/ano devido á má prestação de um serviço; não poderia activar eou desactivar a Sport TV senão ao fim de 12 meses.

Isto chama-se ser assertivo: reclamar os nossos direitos com firmeza, nos exactos termos que o autor afirma: "compreender a assertividade integrada num objectivo mais elevado, como seja A EDUCAÇÃO DA LIBERDADE.

Sobre ser assertivo li alguma coisa e tive alguma formação no âmbito da minha actividade profissional e apenas posso dizer que recomendo a todos a "assertividade". Não concordo nada que seja uma moda mas uma forma de estar em sociedade com uma atitude de grande exigência cívica.
Fernando a 24 de Agosto de 2008 às 17:18

Fernando concordo em absoluto contigo. O que me irrita é ouvir a todo o instante na rádio, tv , jornais e no diálogo entre quem não sabe o que significa a palavra assertivo... assertivo..assertivo. Lembra - me o âmbito como referi e aquela frase estúpida..." bem, isto é assim" que dava início a todas as conversas.
José Manuel Faria a 24 de Agosto de 2008 às 21:37

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



26
27
28
29
30

31


Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Vou pegar só nestas suas palavras:"por incúria de ...
Então porque é que votaste nele???E agora vais vot...
Escreve-se assessor. Se querem falar mal de alguém...
NASCI, CRESCI E VIVO EM VIZELA, SOU VIZELENSE DE ...
Que coincidência é igualzinho ao do PS, só que est...
O srº anónimo quando é que me dá esse prazer? ó te...
E a isto se limita a campanha em Vizela, lavar rou...
O Meireles tinha razão: " Se passarmos para o Conc...
O que é que fizeram ao Vinagre? Misturaram-no com ...
Tens toda a razão, era o que ele devia ter feito. ...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO