03
Set 08

http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2007/11/198_749-alt-exageros4.jpg

 

O Benfica-F. C. Porto não parece ter terminado. Vai sendo jogado fora das quatro linhas. Ontem, os portistas fizeram duas denúncias à Liga, visando o clube da Luz. Uma incidindo sobre Luisão, entretanto suspenso pela Comissão Disciplinar (ver pág. 37) e outra relativa ao presidente do Benfica, que cumpre castigo da Liga, e, segundo o F. C. Porto, estaria impedido de falar com o juiz Jorge de Sousa, após o jogo, conforme foi relatado pela Comunicação Social.

 

1  - Não sou parte interessada, o meu clube pertence ao "grupo" dos Outros como e mal afirmam na comunicação social.

 

2 - O Benfica - FCPorto ou outra combinação entre os "três" dura normalmente 5 dias antes e 2 depois. Com a TV ( todos os canais) a repetirem imagens do "encontro" no respectivo dia, no noticiário do almoço do dia seguinte, na noite desse dia e normalmente nos jornais da tarde do 2º dia. Nos jornais desportivos é uma semana antes e outra depois.

 

3 - Havendo casos o jogo parece nunca terminar, dura, dura, tipo duracell.

 

4 - Nos  "encontros" tipo entre o Leixôes e o trofense,  caso pífio, uma "rapidinha" de 6 segundos na TV.

 

5 - Na maioria das vezes os casos existem para alimento comercial. Nesta sociedade de consumo mediático.

publicado por José Manuel Faria às 10:18

5 comentários:
É por isso que só leio jornais no café. Não estou para dar de comer a vandidos!
1/2Kg de Broa a 3 de Setembro de 2008 às 13:58

Queixinhas...
Mª do Resgate a 3 de Setembro de 2008 às 16:56

É pena só passarem aquilo que a Sportv quer e deixa... o que vale é que vamos abrir daqui a pouco tempo, pela primeira vez em Portugal, o canal Benfica TV para fazer abrir os olhos a quem os tem tapados, inocentemente ou não.
Márcio a 3 de Setembro de 2008 às 18:20

ora aí está... os outros!!!

concordo

VSC
ora a 3 de Setembro de 2008 às 18:21

Preto no Branco
Paulo Ferreira ( JN - 3-9-2008)

Felicidade para todos

1- A cerca de duas semanas do início do ano escolar, a Federação Nacional dos
Professores (Fenprof) começa a marcar a agenda mediática. É um clássico. O que vai
mudando é o argumentário da desgraça. Sim, porque são sempre negras as cores
escolhidas pela Fenprof para pintar um retrato degraçado do sistema de ensino
português.
Este ano, Mário Nogueira, o incontestado líder da federação dos docentes, escolheu o
desemprego como motor de arranque para a contestação. A táctica é simples: agitam-se
uns números aparentemente monstruosos para impressionar o "povo". Ei-los: de um
total de 47608 docentes candidatos a contratos, 39613 ficaram sem colocação; e, desses,
mais de 20 mil não tem direito a subsídio de desemprego.
Isto, que deveria servir para garantir o escândalo, quer dizer o quê? Que dizer que o
sistema de ensino português não consegue absorver todos os professores disponíveis,
simplesmente porque há mais professores do que aqueles que são necessários. É um
problema de oferta, resultante ora da escolha de cada um, ora das circunstâncias da vida
de cada um.
O Estado só tem a obrigação de colocar nas escolas os professores que as escolas dizem
necessitar. A Fenprof entende que não: entende que o Estado deve garantir emprego a
toda a gente, custe isso o que custar. Quem se atreve a contestar uma ideia tão bonita?
Ninguém. Porque quem se atrever leva com doses cavalares de demagogia: se há
dinheiro para novos aeroportos e TGV's, por que raio não há-de haver para dar emprego
a todos os professores? Ou há moral, ou comem todos.
A Fenprof até já encontrou a fórmula para salvar os docentes que ficam sem emprego:
aumenta-se o número de turmas, reduzindo o número de alunos em cada uma delas.
Brilhante! A tese pode aplicar-se a tudo, como está bom de ver. Não há trabalho que
chegue para os lixeiros (com o devido respeito pela classe)? Obriga-se os portugueses a
produzir mais lixo. Não há emprego suficiente nas pastelarias? Decreta-se o consumo
diário e obrigatório de seis pastéis de nata por cada português. E por aí adiante, rumo à
felicidade de todos. Garantida pelo Estado, claro.
Anónimo a 4 de Setembro de 2008 às 00:18

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
abogado se ofrese civil penal mercantil cobro de b...
Boa tarde Será possível não ser capaz de fazer uma...
Para a menina Fátima Anjos, o ideal era não haver...
A radio vizela deveria ter vergonha em ter um elem...
Não estais bem?Ide para o privado, não falta quem ...
ZMF quando o assunto não lhe agrada chuta para can...
Completamente de acordo, principalmente pelo lado ...
Há um facto(s) indesmentível, as reuniões são poli...
ZMF, e o resto nada.....................Despesas d...
Dona Beatriz Vasconcelos!!!!!!!!!Vasconcelos é o ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO