05
Dez 08

http://ww1.rtp.pt/wportal/grupo/newsletter/newsletter10/imagens/debateideias1.jpg

O programa político na RTP1 às 5ªs feiras, “O Corredor do Poder” onde jovens ( mais de trinta anos) políticos conhecidos discutem assuntos da actualidade político/sociais/económico( programa a ver).

 

1 – Nuno Melo o eterno jovem (CDS), truculento e provocador de nascença, ontem parecia do centro – esquerda: A avaliação tem de ser repensada, demita-se a ministra (Paulo Portas), ontem, já não se demita a Ministra, as lutas dos professores nas ruas e com greves devem parar, é necessário diálogo e mais diálogo, foi um nítido piscar de olho ao PS.

 

2 – Marco António, mais “radical” contra as políticas de educação, tem perfil para seguir carreira no PSD, bom ouvinte , simpático e sabe do que fala.

 

3 – Marcos Perestrello, o típico defensor do governo, “carreirista”, sem sentido crítico e ofensivo, apelidou o Bloco de traidor ( Câmara de Lisboa ) pela segunda vez, vai longe no PS quer ser um clone do PM.

 

4 – Margarida Botelho do PCP, simpática com uma postura discreta, mas com um “problema”, debita a K7 do partido, sobre todos os assuntos: avaliação dos profs, congresso do PCP ou “convergências à esquerda”. Unidade de esquerda se: e coloca as condições para tal, nada mais que a o programa e estratégia do seu partido, a unidade só acontecerá se todos concordarem com o Partido, A unidade é a CDU.

 

5 – Ana Drago, sobressai pela moderação de discurso num partido/movimento por vezes radical de esquerda, mostra-se coerente, convicta, aberta e com pensamento próprio, sempre com um sorriso, mesmo ouvindo disparates dos adversários. Relativamente a convergências tentou compreender a posição do PCP, mas era impossível decifrar o que M Botelho queria, para além do combate às políticas de direita!

 

 

6 – A moderadora sabe dos temas em discussão, é “mandona”, tem perfil para o cargo, 10 vezes superior a Judite de Sousa. Sandra Couto não tem medo de colocar perguntas difíceis aos interlocutores.

publicado por José Manuel Faria às 11:25

14 comentários:
Interessante o programa, às vezes.

Enquanto são educados.

Mas, existem dois elementos que se destacam: um pelo seu exalar de "situacionista" e um carreirista cego (o Perestrello ) , a outra, por ser algo parcial (penso eu). Mas vendo bem, ela é como, afinal, grande parte dos "jornalistas políticos".

Abraço.
Marco Gomes a 5 de Dezembro de 2008 às 12:11

Marco, as entrevistas de Judite são passadeiras vermelhas para quem lá vai, e então se forem governantes.

A entrevista a Jerónimo de Sousa foi um caso desses.

Gostaria de observar se o resultado seria o mesmo com SAndra Sá Couto.
José Manuel Faria a 5 de Dezembro de 2008 às 12:42

É impressionante, governantes oposição, todos dizem maravilhas da Judite, ela é jornalista, Docente universitária, e voçê atreve-se a criticar o seu trabalho, tá tudo dito...coitado!!!!!!!!!!!!!!!!
Eu a 5 de Dezembro de 2008 às 15:16

caro Zé Manel!
a sua capacidade de observação/analise, continua enviesada até dizer chega!
se não vejamos:
ao Zé Manel/BE fica-lhes mal continuarem a insistir nesse papel de madalena ofendida com aquilo que foi dito no congresso do PCP e reafirmado pela M.botelho neste programa.
acham que a caracterização e analise que o PCP faz do BE é ofensivo, e então aquilo que fazem e não é de hoje, a caracterização que fazem do PCP como um partido antigo, dogmatico, parado no tempo,ortodoxo,etc etc etc... é o que? e nunca viram os dirigentes do PCP ficar amuados com as vossas afirmações muitas vezes a roçar a falsidade e não raras vezes o insulto!
2º ponto:as alianças/as convergencias!?
não é de todo a verdade que esta seja a grande tese saida deste congresso!
sectarismos e outros ismos.... a ana drago voltou ontem a insistir na falsidade de que"o PCP escolheu estar e continuar orgulhosamente só!" e que o PCP só aceita estar onde comanda!
mentira pegada!! e não é pelo facto de a afirmarem muitas vezes que passa a ser verdade!
se não vejamos:
comicio da trindade, "comicio das esquerdas" o PCP não foi convidado.
está marcado mais uma iniciativa "das esquerdas" para o qual o PCP mais uma vez não foi convidado!
o incidente trapalhada com o convite a carlos carvalhas para participar num debate, e o aproveitamento que já alguns se preparavam para fazer disso, mas a mentira e trapalhada era tão grande que tiveram que se calar depressa.
não obstante destes factos , e de deliberadamente se continuarem a "esquecer" de convidar o PCP, não se coibem de continuar a afirmar maldosamente que o PCP é que não quer estar... fica claro a posição do PCP, aliás como já lhe tinha dito num outro post aqui do seu blog!
a ver se a gente se entende! já que a Ana Drago ontem continuava a não entender!
clarificar termos:
convergencia de esquerda, julgo que essa já existe, já converjimos no discursso e pratica, ou seja reprovação na ass. da republica do codigo do trabalho, solidariedade e apoio ás lutas de massas, etc etc etc... e para isso não é preciso comicios!
alianças e entendimentos que tanto e tanta gente fala, sem clarificar do que fala! estamos a falar de coligações eleitorais? en tão o que diz o PCP é claro, como lhe dizia no outro post, não chega fazer a soma matemática das percentagens das sondagens BE+M.Alegre+PCP+qualquer outra coisa! como fazia o Zé Manel para o Parlamento europeu que já dava o palpite(penso que era assim) miguel portas a cabeça de lista depois o alegre depois 2 ou 3 independentes ou renovadores do PC... bom e quanto a programa? zero depois logo se vê! assim é certo que não poderam contar com o PCP!
PS. a ver vamos se este namoro apaixonado com o M.Alegre não vos vai trazer mais um amargo de boca ainda mais azedo!! da mesma forma que ao longo dos anos tem traido os trabalhadores na ass. da republica votando orçamentos de estado vergonhoso, não vos vai trair tambem e ainda o vamos ver ser de novo candidato do PS ao lado do socrates novamente!
um abraço
Anónimo a 5 de Dezembro de 2008 às 16:19

Bem, o sr. atira logo a disparar, enfim...

A Judite deixou Dias Loureiro passear, não o incomodando muito.

A entrevista a Jerónimo viu-se! Pergunta-lhe sobre a Coreia do Norte, e o deputado disserta sobre os ataques norte- americanos ao Iraque e Afeganistão. Judite não insiste.

Por acaso conhece Mário Crespo? Veja o Jornal das 9 na Sic - Notícias.

ps - O cúmulo de Judite do deixa de andar sem fazer perguntas incómodas, é aquela pseudo - entrevista com o Vitorino ( notas soltas).

O sr.(a) diz que todos gostam (?), por isso, toca a gostar da sra. O que seria do amarelo!!




José Manuel Faria a 5 de Dezembro de 2008 às 16:30

Caro Camarada, o PCP não é convidado porque a organização desses "eventos" políticos sabe que o PC diz não.

Há 4/5 anos Domingos Lopes ainda no CC foi convidado e anunciado para um debate na reitoria do Porto sobre assuntos de interesse da esquerda ( europa ) : PS, BE e RC estiveram presentes, Lopes faltou.

Outro exemplo: Constituição da ATTAC em Braga: independentes, BE e moderados/reformistas do PCP, da linha oficial do PCP nada.

Deste Congresso ( PC) saiu uma Tese central. " O PC será governo quando o povo votar em nós", alcançar a maioria. Ilusões, claro!

A Ana Drago sorria e não entendia a Margarida, porque esta insistia nas novas políticas e unidade de esquerda, mas qual esquerda a do PCe afins, somente.

O PC poderia organizar debates ou propostas de entendimento entre as esquerdas, garanto-lhe que o BE , Alegristas e RC se apresentariam.

Ninguém acredita em convergência com o PCP, porque este não perdoa a quem se afastou, foi expulso ou encontrar inimigos de outrora, esta é que é a verdade, são poucos os que afirmam esta realidade.

Meu amigo, algum dia Fernando Rosas se encontraria com Jerónimo de Sousa ou João Semedo, este é o problema.

Nesse aspecto a direita é muito mais inteligente.

Quanto à lista Europeia tratava-se da minha opinião , apenas uma proposta de trabalho, obviamente depois de definir um programa mínimo.
José Manuel Faria a 5 de Dezembro de 2008 às 17:17

Caro Faria

Por muito que tente não consegue ser objectivo na análise quando, em causa estão interesses do BE ou seus dirigentes.

O caso mais berrante neste post é que a manutenção de um discurso ou posição, para uns, é debitar K7, para outros é coerência.

Como em tudo na vida, ninguém é bom juiz em causa própria, e, o maeu caro Faria, tem interesse nesta causa, pelo que o que mais sobressaiu foi a sua intransigente apologia do Bloco e da sua dirigente em questão.

Cumprimentos.

PS - Se ler bem as conclusões do Congresso, há-de reparar que, apesar de a posição de partida do PCP é a que foi divulgada, mas estão em aberto todas as hipóteses de convergência à esquerda.

Quanto às condições, creio que o PCP esteve bem quando não aceitou as propostas de convergênia para as eleições de Lisboa, englobando o Zé. Pelo menos a actualidade veio provar isso.

Eu, apesar de concordar com a grande maioria das conclusões, e eu conheço-as porque as discuti, considero que o Bloco ainda é uma hipótese muito válida de convergência, designadamente pré-eleitoral.
João Nuno Sequeira a 5 de Dezembro de 2008 às 21:30

Caro João

"Eu, apesar de concordar com a grande maioria das conclusões, e eu conheço-as porque as discuti, considero que o Bloco ainda é uma hipótese muito válida de convergência, designadamente pré-eleitoral."

Com esta direcção do PCP é impossível :)
José Manuel Faria a 5 de Dezembro de 2008 às 22:22

ÚLTIMA HORA

Com os olhos esbugalhados pelo seu próprio desespero, Mário Nogueira veio aos gulosos tele-jornais dar conta de um baixar da guarda por parte do MEducação.

Veio contar que tinha desmarcado as greves regionais visto que o ME teria entregue os pontos e aceitado colocar sobre a mesa de negociações tudo e mais alguma cloisa.

Mário Nogueira foi longe demais e declarou expressamente que o Ministério teria mesmo aceite discutir com a Plataforma, o Estatuto da Carreira Docente a par de, pelos vistos, poder até suspender a Avaliação dos professores.

Nada mais falso!

Estou em condições de avançar que o ME acaba de fazer sair um comunicado esclarecedor.


COMUNICADO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
21:00h, 5 de Dezembro de 2008

1 – Chegou hoje ao fim o processo de negociação das medidas tomadas pelo Governo no dia 20 de Novembro para facilitar a avaliação do desempenho dos professores.
2 – Os sindicatos, neste processo, não apresentaram qualquer alternativa ou pedido de negociação suplementar, pelo que o ME dá por concluídas as negociações, prosseguindo a aprovação dos respectivos instrumentos legais.
3 – O ME, mantendo a abertura de sempre, respondeu positivamente à vontade dos sindicatos, expressa publicamente, de realização de uma reunião sem pré-condições, isto é, sem exigência de suspensão da avaliação até aqui colocada pelos sindicatos. Foi por isso agendada uma reunião para o dia 15 de Dezembro, com agenda aberta.
4 – Os sindicatos foram informados que o ME não suspenderá a avaliação de desempenho que prossegue em todas as escolas nos termos em que tem vindo a ser desenvolvida.

A falta de vergonha e o oportunismo não têm limites!
Mas em que mãos se foram meter estes professores...
MFerrer a 6 de Dezembro de 2008 às 09:16

eu atiro logo a disparar!!!
então não é o zé manel que começa logo no seu post a chamar k7 á minha camarada M.Botelho?
esta é a contradição de fundo. o BE não quer intendimento ou coligação nenhuma com PCP, e eu não vejo mal nenhum nisso! mas agora parem de atribuir aos outros atitudes que vossas e são só da vossa responsabilidade. o zé manel embora tenha andado pelo PCP algum tempo parece que não foi o suficiente para conhecer os dirigentes do PCP e a sua direcção. o jeronimo ou qualquer outro menbro da direcção nacional do PCP, sentar-se-á á mesa com o semedo, o louça, ou outro qualquer dirigente que represente a direcção do BE. desde que seja essa a vontade! sentar e conversar! claro... esse é o problema... sem os olofotes em cima... o zé manel pode reter o que quiser da entrevista do jeronimo, mas aconselho-o a refletir e reter a afirmação que fez: estamos serenos, como diz o paulo bento com grande tranquilidade!!! o nosso ponto de mira não é o BE, não estamos nem pouco mais ou menos preocupados se vamos ficar á frente ou a trás do BE nas eleições! o nosso objectivo é bem mais profundo, transformar esta sociedade! se o BE quer continuar a limentar esse tipo de concorrencia é um problema mas tambem um erro do BE. estamos serenos camaradas, e confiantes!!
um abraço e um bom fim de semana
Anónimo a 6 de Dezembro de 2008 às 14:38

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Não estais bem?Ide para o privado, não falta quem ...
ZMF quando o assunto não lhe agrada chuta para can...
Completamente de acordo, principalmente pelo lado ...
Há um facto(s) indesmentível, as reuniões são poli...
ZMF, e o resto nada.....................Despesas d...
Dona Beatriz Vasconcelos!!!!!!!!!Vasconcelos é o ...
Um passarinho disse-me que foi trabalhar para a se...
Já agora o que é feito do Presidente do PS Vizela?...
A JSD são muito novinhos têm que crescer e saber ...
Por acaso pago, sou militante do PS com as cotas e...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO