10
Dez 08

http://farm3.static.flickr.com/2059/2091191724_8a623553cf.jpg

O Concelho de Vizela onze anos (quase) depois da sua criação, está genericamente melhor. Era o que faltava, após a entrada de milhões de euros que a realidade fosse outra.

 

Da Comissão Instaladora até à Presidência de Câmara Francisco Ferreira é o responsável pelo melhor e pior, apesar de continuamente afirmar a liberdade de concepção e acção dada aos seus vereadores.

 

Do melhor:

 

O investimento em ruas ( construção e arranjo) nas freguesias rurais;

 

As actividades lúdicas, desportiva, gastronómicas, musicais e culturais ao longo de cada ano;

 

A construção do mercado, multiusos e espaço internet;

 

A compra do Castelo que espera  obras, apesar da sua actividade prevista não ser para a qual estava recomendada;

 

Criação de jardins infantis e apoio e manutenção das Escolas do 1º Ciclo;

 

Criação de empregos a muitos vizelense e “estrangeiros” na Câmara ( actividade obvia) com criticas à mistura pela selecção dos funcionários;

 

Apoios monetários às imensas associações e escolas;

 

A Câmara tem conseguido não exagerar nos empréstimos bancários;

 

Existir algum pessoal político simpático e com dedicação à causa pública;

 

Do pior:

 

A falta de peso político nas instâncias supra – municiais para captação de fundos e apoios discriminatórios positivos;

 

A Refer  ter sido a principal Empresa de transformação nos transportes e obras de envergadura;

 

A participação mínima numa empresa pública incompetente entregue a Guimarães – Vimágua;

 

A fraca implantação de saneamento;

 

O “parto “ difícil da construção do PDM Concelhio;

 

Há freguesias sem parques desportivos;

 

A débil utilização do parque das Termas;

 

Falta de Polícia Municipal (dissuasora)  do crime;

 

Falta de um Tribunal de Comarca;

 

A construção sempre adiada da estrada paralela à Nacional;

 

Excesso de subsídios ao futebol profissional ( via juvenil);

 

Excesso de pessoal político para um concelho que não tem 5  por 5 Quilómetros;

 

Um Rio que continua colorido;

 

Ordenamento urbanístico sem rumo (desordenado),

 

A inexistência de um parque industrial a sério.

 

Paços do Concelho monumentais e extremamente caro, de difícil conclusão.

 

Em Outubro de 2009 há necessidade de criar uma nova equipa governativa. Dez anos são muito tempo para mostrarem o que valem. Ruptura.

 

publicado por José Manuel Faria às 11:33

2 comentários:
Eu por mim não voto PS. Terei de votar em branco, pois não há alternativa (até agora)
Anónimo a 10 de Dezembro de 2008 às 13:36

Caro amigo (a), não vote branco, opte pelo nulo, assim tem a certeza que ninguém vota por si.
José Manuel Faria a 10 de Dezembro de 2008 às 13:45

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Não estais bem?Ide para o privado, não falta quem ...
ZMF quando o assunto não lhe agrada chuta para can...
Completamente de acordo, principalmente pelo lado ...
Há um facto(s) indesmentível, as reuniões são poli...
ZMF, e o resto nada.....................Despesas d...
Dona Beatriz Vasconcelos!!!!!!!!!Vasconcelos é o ...
Um passarinho disse-me que foi trabalhar para a se...
Já agora o que é feito do Presidente do PS Vizela?...
A JSD são muito novinhos têm que crescer e saber ...
Por acaso pago, sou militante do PS com as cotas e...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO