18
Fev 07

O secretário-geral da Juventude Socialista (JS), Pedro Nuno Santos, esclareceu ontem que ainda "não há prazo definido" para a apresentação do anteprojecto tendo em vista a legalização do casamento entre homossexuais.

Numa breve declaração, Pedro Nuno Santos garantiu mesmo que o assunto "não faz parte das prioridades actuais" da JS. "Dissemos que íamos retomar o anteprojecto mas não decidimos quando e não é para agora", explicou, depois de uma reunião do Secretariado da JS que teve lugar ontem em Aveiro.

"Não queremos que seja no imediato ao referendo do aborto, até porque há um processo de regulamentação para acabar e não é prioridade nem faz sentido neste momento", acrescentou o deputado socialista. Cuidados que se prendem, explicou, com o desejo de a iniciativa "vir a ter sucesso".

Para mim há aqui uma mão da direcção do PS para conter este tema fracturante, e os jovens socialistas carreiristas têm que obedecer.

publicado por José Manuel Faria às 12:35

8 comentários:
Sou a favor do casamento entre homossexuais. Ainda não percebi o que está a atrasar a legislação nesse sentido.
Mª do Resgate a 18 de Fevereiro de 2007 às 13:33

São as prioridades do governo e o medo ao tema.
Sandra Silva a 18 de Fevereiro de 2007 às 17:42

É um tema que Portugal ainda é tabu… e só quando deixar de o ser é que se poderá pensar em mudar a lei.
Infelizmente, num país que se diz da UE e que quer acompanhar o progresso… ainda existe muitos preconceitos retrógrados!
.:mÁrCiO:. a 18 de Fevereiro de 2007 às 17:49

Sou a favor do casamento entre homossexuais.
Neusa a 18 de Fevereiro de 2007 às 19:23

Este assunto não interessa a ninguém, neste momento.
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2007 às 20:19

Não tenho nada contra os casamentos sejam eles de gays ou não, mas sinceramente a minha opinião é se casamento fosse bom não seriam precisas testemunhas, por isso casamento estou fora, principalmente pelo preço que tem um divorcio, porque não ir mais longe e dar plenos direitos as uniões de facto, aí sim estou dentro.
carlos carvalho a 19 de Fevereiro de 2007 às 00:15

O importante deste post é a tua conclusão. É que os jovens socialistas travaram os seus impulsos porque estão prisioneiros de uma carreira política. É uma cedência das convicções à "carreira". Bem levantada a questão.
Fernando a 19 de Fevereiro de 2007 às 12:44

Segundo a JS, após a entrega do documento, o agendamento do diploma depende da vontade da direcção do Partido Socialista, «mas os jovens socialistas contam que isso aconteça», quando o Bloco de Esquerda e «Os Verdes» decidirem agendar os seus projectos nesta matéria.

José Manuel Faria a 19 de Fevereiro de 2007 às 18:25

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
JIC não MENTISTIU mas OMITISTIU, afinal quem é o ...
Nem o VHS! o passado ainda mais profundo.
Quem é o Zé Antunes?Frequenta Vizela!!!!!!!!!!!!!!...
Este é o Pecado Mortal de João Ilídio Costa...Não ...
Concordo plenamente, se, estamos para Eleger os ma...
A levar em conta.... 30 pessoas activas.. fazem mu...
Mais valem poucos... e com garra suficiente para d...
Desculpe lá, Sr. ANONIMO... ou cobarde pelo fato d...
Digam o que disserem.... somente uma FORÇA POLITIC...
Concordo plenamente .. um culpado está a ir.. um o...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO