17
Set 06

Suicídio (do latim sui caedere, matar-se) é um acto que consiste em pôr fim intencionalmente à própria vida.

Define-se suicídio como a atitude individual de extinguir a própria vida, podendo ser causada entre outros factores por um elevado grau de sofrimento, que tanto pode ser verdadeiro ou ter sua origem em algum transtorno afetivo, transtorno psiquiátrico como a psicose aguda (quando o indivíduo sai da realidade, porém não o percebe) ou a depressão delirante. Em todos os três casos, a probabilidade de atitude tão extrema é consideravelmente potencializada se houver uso continuado de drogas e de bebidas alcoólicas.

Há uma frase célebre sobre o tema do filósofo Albert Camus: "O suicídio é a grande questão filosófica de nosso tempo"

No mundo, 815 000 pessoas cometeram suicídio no ano 2000, o que perfaz 14,5 mortes por 100 000 habitantes (uma morte a cada 40 segundos) - fonte, (PDF), em francês.

O suicídio é cometido mais freqüentemente pelos homens do que pelas mulheres. Na realidade, o número de tentativas com sucesso é maior nos homens do que nas mulheres, sem dúvida porque os homens escolhem, geralmente, métodos mais violentos (enforcamento ou revólver contra intoxicação por medicamentos para as mulheres).

Com relação à idade, se os jovens são particularmente vítimas deste problema, o número de suicídios é ainda mais importante com uma idade mais elevada, tendo a curva de suicídios masculinos a forma de um n, com um pico próximo aos 50-60 anos.

O suicídio afeta todo mundo, sem distinção de "classe". Acredita-se que o meio cultural influencie as taxas de suicídio. Altos níveis de coesão social e nacional reduzem as taxas de suicídio. Essas são mais elevadas junto às pessoas aposentadas, desempregadas, divorciadas, sem filhos, urbanas, vivendo sozinhas. As taxas aumentam nos períodos de incerteza econômica (apesar de a pobreza não ser uma causa direta). A maior parte dos suicidas sofrem de desordens psicológicas. A depressão é uma das causas mais freqüentes. As doenças psíquicas graves ou doenças crônicas podem também ser causa de suicídios.

Do ponto de vista do indivíduo, o suicídio é raramente percebido como um fim. Ele é, ao contrário, considerado como a única alternativa possível para escapar de uma situação considerada insuportável. Outros motivos existem: encontrar uma pessoa querida falecida, sofrimento por remorsos, etc.

Finalmente, a taxa de suicídios é também influenciada pela cobertura da mídia em torno do suicídio de pessoas célebres. Mesmo o suicídio fictício de um personagem de um drama popular pode conduzir a uma alta temporária da taxa de suicídios (como aconteceu com a publicação de Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe).

Tributo dos joy division a Ian Curtis que se suicidou em 1980.

Suicídio acto de coragem ou de cobardia.

publicado por José Manuel Faria às 12:18

3 comentários:
Antes de mais acho que nem é acto de cobardia nem acto de coragem, isto porque a pessoa que se suicida não está por certo no seu melhor estado psicológico. Acho que é acima de tudo um acto de extremo desespero principalmente (penso eu) por algum acontecimento que se sente culpado.
É inimaginável a dor e o ponto de desespero que é estar numa situação destas. E é aqui que entra o papel da sociedade, estar alerta aos sinais que o “nosso vizinho” que tenha problemas possa dar e informar as instituições competentes para ajudar e evitar que chegue ao ponto mais dramático (suicídio).
.:mÁrCiO:. a 17 de Setembro de 2006 às 14:27

O suicídio (excluindo os bombistas suícidas ) é um acto de desespero de uma pessoa com total falta de esperança.
Mª do Resgate Salta a 17 de Setembro de 2006 às 20:14

Nem uma coisa nem outra. Para essas pessoas, o suicidio (voluntário-?) é uma passagem para a liberdade. Talvez seja a única solução em que acham que não perdem a dignidade que lhes resta - assim não precisam da ajuda de ninguém: para se reabilitarem ou mesmo para por fim à vida.
Aposto que muitos se arrependem a meio do processo, quando este é moroso e já não é possivel retroceder.

(Tenho pena de não comentar mais vezes, mas este blog é muito "pesado" para a minha net dial-up, mas para a semana o sapo já vai ser convidado lá em casa e esse problema já não se põe;)
1/2Kg de Broa a 18 de Setembro de 2006 às 12:32

Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



29


Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
JIC não MENTISTIU mas OMITISTIU, afinal quem é o ...
Nem o VHS! o passado ainda mais profundo.
Quem é o Zé Antunes?Frequenta Vizela!!!!!!!!!!!!!!...
Este é o Pecado Mortal de João Ilídio Costa...Não ...
Concordo plenamente, se, estamos para Eleger os ma...
A levar em conta.... 30 pessoas activas.. fazem mu...
Mais valem poucos... e com garra suficiente para d...
Desculpe lá, Sr. ANONIMO... ou cobarde pelo fato d...
Digam o que disserem.... somente uma FORÇA POLITIC...
Concordo plenamente .. um culpado está a ir.. um o...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO