01
Mai 07

A CGTP, que vai defender o emprego com direitos, os salários, a dignificação do trabalho, uma justa distribuição da riqueza e os serviços públicos, assinala a data por todo o país, mas continua a ser a capital o palco da sua tradicional manifestação que, normalmente, junta milhares de trabalhadores.

A CGTP assinala a data com concentrações e desfiles em todos os distritos do país, mas é em Lisboa que se espera uma grande manifestação entre o Estádio 1º de Maio e a Cidade Universitária.

A UGT, sob o lema «Emprego com Qualidade», vai comemorar o dia do Trabalhador no Parque da Cidade, em Loures, contando com a actuação da cantora Ruth Marlene.

Mais uma vez as duas principais centrais sindicais vão comemorar o dia dos trabalhadores separadamente, o que é um erro grave.

Somente interesses político-partidários e oportunismos sindicais levam a que esta realidade  aconteça ao longo dos anos, quem ganha com isto é o patronato e o governo neo-liberal do Engenheiro José Sócrates.

publicado por José Manuel Faria às 12:12

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Muito menos, digo eu, para estes comentários imbec...
Festejar o aniversário de quem manda no puto???Ten...
O referendo é uma boa proposta e, Janeiro o mês pa...
Não vamos criar precedentes. O Povo não sabe o que...
Anónimo a 20 de Novembro de 2017 às 19:28"Onde est...
Ora por aqui se pode ver em que é que é (mal) gast...
Sim, a menina deve tornar público o que acontece, ...
O que é o "comércio local"? Os comércios locais do...
Conseguiram uma mão cheia de quase nada, outra de ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO