09
Mai 07

O “Dia da Europa”, comemorado a 9 de Maio, nasceu no Conselho Europeu de Milão, de 28 e 29 de Junho de 1985 e foi celebrado pela primeira vez em 1986.

Dia 9 de Maio de 1950, pelas 16h00, Robert Schuman, o então ministro francês dos Negócios Estrangeiros, apresentou, no Salon de l'Horloge do Quai d'Orsay, em Paris, uma proposta com as bases fundadoras do que é hoje a União Europeia.

Esta proposta, conhecida como "Declaração Schuman", baseada numa ideia originalmente lançada por Jean Monnet, trazia consigo valores de paz, solidariedade, desenvolvimento económico e social e equilíbrio ambiental e regional e incluía a criação de uma instituição europeia supranacional incumbida de gerir as matérias-primas que nessa altura constituíam a base do poderio militar: o carvão e o aço.

Por se considerar que esse dia foi o marco inicial da União Europeia, os Chefes de Estado e de Governo, na Cimeira de Milão de 1985, decidiram consagrar o dia 9 de Maio como "Dia da Europa".

Em Portugal a entrada na CEE infelizmente não foi referendada, entretanto já passaram mais de 20 anos.

A questão que se coloca é: Valeu ou não a pena? Eu penso que Sim.

publicado por José Manuel Faria às 13:58

3 comentários:
As análises que fazemos têm de partir dum ponto de vista de classe e de mais nenhum outro.

A união da europa sob o capitalismo é uma utopia reaccionária: utópica porque as diferentes burguesias da europa jamais abdicarão dos seus privilégios e da sua base nacional, entrando, por isso, necessariamente em confronto; reaccionária porque mesmo que tal união fosse alcançada, sê-lo-ia (como está sendo) às custas dos trabalhadores!

Por outro lado, o Estado-nação (e o nacionalismo) são, actualmente, um obstáculo ao desenvolvimento das forças produtivas: o isolacionismo também não é solução!

O que interessa à classe trabalhadora é uma federação socialista dos povos da Europa. Em relação à Europa não se trata de responder sim ou não. Trata-se, isso sim, de contrapor o socialismo à actual estrutura económica capitalista e relações sociais derivadas.
rui faustino a 9 de Maio de 2007 às 15:16

Sim Socialismo para a Europa, mas em liberdade com Democracia política assegurada. Uma UE solidária, cosmopolita e integredora que defenda os trabalhadores.
José Manuel Faria a 9 de Maio de 2007 às 18:21

9 de Maio a feriado Europeu já!
Spicka a 11 de Maio de 2007 às 12:17

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Novidade era se ganhasse, pois continuava tudo com...
Até ao final da campanha vamos ter mais picardias ...
Notícia FALSA e já desmentida. Bastava ter seguido...
Está a dizer que o VHS vai chegar a Presidente, nã...
Até 1 de Outubro há vindimas!!!!!!!!
E VHS, o que fez por Vizela para além de dar que f...
Parece que vai chegar ao fim e o diploma não vai s...
gury diz lhe isso na cara, és um COBARDE.
Parece-me prematuro uma afirmação deste tipo, pois...
Fique tranquilo porque sou uma pessoa com tantos p...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO