15
Mai 17

Quando é o futebol é porque somos todos boçais e nos comprazemos com entretenimento alienante de massas. Quando é o papa é porque a religião é o ópio do povo e o povo é inculto e acredita em amigos imaginários.
Quando aparece um puto que até é "fora da caixa", que canta uma canção deliciosamente atemporal de uma forma no mínimo diferente, que tem uma postura inusitada nestes meios, que se posiciona politicamente e não hesita em ser desconcertantemente ele próprio, que conquista até franjas insuspeitas da população sem abdicar da simplicidade e do bom gosto, há quem ainda assim considere o entusiasmo do público uma manifestação de imaturidade e atraso cultural. Tudo o que seja menos que alta cultura deve ser muito pouco para estas pessoas. A sério, a arrogância intelectual mete-me medo, muito mais medo que uma multidão a receber em braços dois músicos no aeroporto."

Myriam

publicado por José Manuel Faria às 22:07

comentário:
Senti-me muito feliz, com a vitória do Salvador! O meu irmão bem viu a minha alegria! Além de ter sido uma vitória em grande, a música é muito bonita, e ainda não me cansei de a ouvir... O resto passa-me "quase"ao lado...
Édipo a 16 de Maio de 2017 às 01:19

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9



30


Visitas
Visitor Counter
comentários recentes
Oh Ze Manel, mais de 90.000 gastou o Mvs/Vh só em...
Eu faço de porta-voz, porta-chaves, porta-bandeira...
Alberto Machado geriu o orçamento até ao descalabr...
"Alegadamente" o verba do PS é menor da do MVS por...
A recolha de assinaturas deveria ser um trabalho m...
É o tecido económico. ´É o que dá empregos.Já os r...
A filha do JIC está desempregada!!!!!!!!!!!!!!!Coi...
""40 empresários e quinze médicos mais os rapazes ...
E o JIC sobre uma certa viagem a 3 a um certo Paí...
Sinceramente não sei como se dão ao trabalho de re...
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO