04
Abr 11

 

"No curto prazo, deveria caber ao Bloco de Esquerda e ao Partido Comunista a iniciativa para a definição dessa alternativa de governo. Já que são os partidos que têm representado a iniciativa parlamentar na apresentação de medidas políticas alternativas, em áreas como o combate à precariedade, a defesa dos serviços públicos e a defesa do Estado Social. 

Uma iniciativa para uma alternativa, entre o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista, seria um bom exemplo de convergência e de afirmação, que, decerto, mobilizaria muitas vontades. Mas essa iniciativa teria de se dirigir transversalmente às bases sociais do PS (sem a base social do PS, será muito difícil qualquer alternativa de governo à esquerda), do Bloco de Esquerda e do PCP, falando só em partidos que têm tido representação parlamentar. Não pode, no entanto, ficar por aqui. Daí a necessidade vital de se ter de perceber muito bem, sem paternalismos, nem esquemas arcaicos, os movimentos sociais, como o da chamada “geração à rasca”."

 

 - Uma Tese clara e mais abrangente que a da Moção A.

publicado por José Manuel Faria às 22:43

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
E justo porquê? O tem a ver o cu com as calças?Iss...
Então este é que manda, porque o presidente é que ...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO