11
Abr 11

 

 

O PSD e o PS apresentam-se ao eleitorado com o dever de obedecer às directrizes do Feef e do Fmi, quer isto dizer, proibidos de mentir. Ambos, obrigatoriamente caminharão na estrada da ultra/austeridade a paga por todos, porque, dizem, somos todos culpados. Mentira, mentira atirada à parede que vai fazendo escola: ontem Marcelo com o seu tom categórico confirmou-o – outro padre ao serviço da Igreja capitalista; de Portas (é o CDS) espera-se tudo (privatização/liberalismo) e o seu contrário (estatismo assistencialista): espreita a oportunidade de entrar tanto pela janela como pela “porta do cavalo” no governo – objectivo primeiro e único.

 

A esquerda: PCP e BE sem acordo pré/eleitoral partem para uma corrida difícil, provavelmente das mais difíceis de sempre – sabem que têm razão como nunca, no entanto, impotentes para suster a avalanche laranja e a resistência rosa (apoio da comunicação social, do sistema, do capital de Bruxelas) tentarão partir o eleitorado socialista pela revolta e pela raiva de quem os governou em mentira.

 

Há hipóteses de ambos crescerem no parlamento, e lutarem em unidade na rua à procura de um futuro governo: socialista, democrático e anti/capitalista que transforme esta podre sociedade dominada pelos senhores do capital. E o 25 de Abril!

publicado por José Manuel Faria às 10:35

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
O PREÇO DE QUEM NÃO OBEDECE A VICTOR HUGO SALGADO:...
Anónimo de 5 de Dezembro de 2019 ás 13:11Comentári...
Vizela parece uma aldeia, que pirosice, TVI ao dom...
Na minha viagem pelo Faceebook sobre a venda do CA...
Sr, Anónimo vai ver que se fosse na CASA do PARK n...
Muito bom mesmo,ahahahahahahahahhah
Desde quando um almoço numa cantina é notícia na c...
O JANTAR DE NATAL DA CÂMARA FOI NO MUSEU DOS BOMBE...
Almoço na Polopique Victor Hugo Salgado, president...
OS lions???? pelo menos no peditório da luta conta...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO