26
Abr 11

 

 

Ultimamente, grande parte da esquerda tem-se dedicado a "bater" nas agências de rating, insinunando que elas criaram propositadamente a crise da divida dos países europeus.

Em primeiro lugar, vamos lá ver - que interesse teriam as agências de rating nisso? A narrativa habitual é de que as agências de rating estarão ligadas a grupos financeiros que investem na dívida soberana; mas, de novo, a questão mantem-se: que interesse teriam esses grupos numa desvalorização do rating dos países? Imagino um possível cenário: um investidor que daqui a uns dias vai participar num leilão de dívida poderá ter interesse a que o país que emite essa dívida tenha uma avaliação negativa, para baixar o preço; mas um imvestidor que já tenha divida desse país em carteira preferirá o contrário - uma avaliação positiva, para fazer subir o valor dos seus investimentos. E, atendendo que, por regra, o valor total da dívida é muito maior que o valor da dívida que está a ser emitida num dado momento, podemos concluir que para a maior parte dos investidores o que interessaria seria avaliações artificiais "para cima", não "para baixo". Pode-se contra-argumentar que há formas de ganhar dinheiro com a desvalorização da dívida de um país, atravéz do shor-selling ou de "credit default swaps", mas para cada investidor que faz short-selling, tem que haver outro a possuir dívida, pelo que não se percebe porque razão uns haveria de ter mais poder para influenciar as agências de rating do que outros.(...)

publicado por José Manuel Faria às 19:53

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
ANÓNIMO A 8 DE JULHO DE 2020 ÀS 16:30Diga lá:É ou ...
ANÓNIMO A 8 DE JULHO DE 2020 ÀS 16:30Só com os trê...
Pior que ser cego, é ter olhos e não querer ver.Co...
Tem razão o Srº Presidente ao dizer que não precis...
ANÓNIMO A 7 DE JULHO DE 2020 ÀS 18:48Pode sempre p...
Vizela continua a dever muitos milhões.Quando Dini...
O autarca fala de uma Casa da Cultura “muito sonh...
Mais informamos que a partir das 23h está proibida...
Em outubro de 2017, após as eleições autárquicas,...
E não é que o homem tem razão?! Crime para a nossa...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO