27
Abr 11

 

Sócrates deseja um acordo com o PSD, o PSD quer um acordo com o PS. Os apoiantes desta fórmula são muitos: Cip, Cap,Ccp, Ugt, senadores, analistas, Cavaco, comentadores, banca, Ce, Bce, Fmi, Barroso, Merkle, etc. Esta equipa (PSD/PS) fará o que os “invasores” queiram que se faça com os resultados que todos sabem que acontecerão. Este grupo de interesses têm o propósito de continuar no mesmo rumo político que nos levou a esta desgraça, aprofundando-a portanto, esta vontade abre um imenso portão de oportunidade às políticas alternativas: taxação das grandes fortunas, renegociação da dívida, nacionalizar a banca e energia, cortar no desperdício (grandes salários) público, terminar com dezenas de fundações, institutos e governos civis, por exemplo.

Teremos de um lado o “arco governativo” do capitalismo selvagem e do outro as alternativas de esquerda (BE/PCP). O BE com um bom programa com novos protagonistas e em luta diária na rua, nas fábricas, nos jornais, nas redes sociais, nos movimentos cívicos e no contacto directo poderá alcançar um resultado histórico: os trabalhadores esperam um sinal vermelho e radical para avançar.

publicado por José Manuel Faria às 10:07

comentário:
Não me parece que o BE consiga alcançar um bom resultado agora, provavelmente até recuará, depois sim, face ao que será o resultado da governação e desgaste, o BE terá espaço para crescer, se renovar a liderança, como escrevi há dias. Mais ponto menos ponto, o PCP permanecerá igual, agora e depois...
António de Almeida a 27 de Abril de 2011 às 20:50

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





comentários recentes
Convém lembrar que o turismo tem um técnico Superi...
VHS só uma pergunta simples,Quantos funcionários s...
Quim Barreiros e Expensive Soul nos festejos do 19...
Victor Hugo Salgado oficializa recandidatura em ma...
Se para festejar o dia do concelho são precisos ta...
AG até se entende que ao falares no passado não f...
Cada vez que leio o RV nem sei que diga em sei que...
283.000 pensionistas têm penções miseráveis, isso ...
São os memos argumentos da Opus Dei....
"Victor Hugo Salgado respondeu, mas antes voltou a...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO