14
Mai 11

 

"A 15 de Abril, o Estado português teve de amortizar 4167 milhões de euros de uma linha de obrigações de tesouro que chegou à sua maturidade. E, nas semanas anteriores, Portugal tinha perdido a capacidade para realizar emissões de grande dimensão de obrigações ou bilhetes de tesouro. Por isso, ao mesmo tempo que o Governo se via forçado a pedir ajuda financeira aos seus parceiros da zona euro e ao FMI no dia 6 de Abril, o IGCP teve de negociar com instituições financeiras uma série de operações que garantissem a liquidez necessária ao Estado português para evitar o default (bancarrota). A maior parte destes fundos resultam das chamadas operações de reporte, em que o Estado vende títulos de dívida a bancos, comprometendo-se desde logo a recomprá-los algumas semanas depois. Não são divulgados os juros suportados nestas operações. "


 Bancarrota

 

 

O espírito patriótico das instituições de crédito nacionais

 

publicado por José Manuel Faria às 09:42

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





comentários recentes
Vi bem??????????????????O Avelino Graça na apresen...
Pedro vê se tens vergonha, ao menos sê mais discre...
Já repararam que tudo o que a Câmara faz, apresent...
A Rádio Vizela hoje anda a fazer publicidade com d...
Se FF andou a pagar a sede do Partido lá sabe porq...
O pequenino o Francisco Ferreira andou anos seguid...
Francisco Ferreira sabe que quem tem azia chupa um...
azia !!!!!!!!!!!!.Ele, Francisco Ferreira não conc...
"Quero que conste em ata que a senhora vereadora f...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO