27
Out 11

 

 

 

"Uma mulher russa entrou numa batalha pela pensão de alimentos da filha, depois do ex-marido se ter negado a pagá-la alegando que a filha não era dele. Em resposta, a mulher pediu um teste de ADN para provar que o antigo companheiro estava errado. Afinal, ele tinha razão. Mas, ela também não é a mãe da menina agora com 12 anos. 

Yuliya Belyaeva fez então um exercício de memória até aquele dia de Dezembro de 1998 em que a filha nasceu e lembrou-se que havia outra mulher em trabalho de parto ao mesmo tempo no hospital. Nem mais, as crianças foram trocadas, a filha de Yulia é morena e a cara chapada do pai e a outra menina é loira de olhos claros como ela e o ex-marido.

A viverem este tempo todo na mesma cidade, as diferenças entre estas duas meninas vão muito mais além do que os traços físicos. A outra família é muçulmana e a criança criada de acordo com esta religião, mas, as duas famílias estão, como nos conta a BBC, a fazer um esforço para se encontrarem e conhecerem melhor. 

Nenhuma das meninas quer abandonar os pais com que foi criada. Entretanto, as famílias estão a processar o hospital."

 

Teste de ADN

publicado por José Manuel Faria às 09:59

comentário:
Infelizmente este relato da realidade já foi levada a cinema e a telenovelas. Assim sendo, a realidade assemelha-se à ficção.
Anónimo a 27 de Outubro de 2011 às 21:47

Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
Calma, a verdade é como o azeite vem sempre ao cim...
ANÓNIMO A 21 DE JANEIRO DE 2020 ÀS 13:48 Está a fa...
O rácio em Vizela de espaços verdes, é muito reduz...
Pedrosa o presidente da assembleia para dizer aqui...
E nesta terra de mentecaptos irá tê-la.Oposição in...
Trata-se de um patético editorial, bem ao estilo q...
O Pedrosa deveria esticar a corda. Mas medricas co...
Apelo à maioria absoluta!!!!!!!E depois o Jorge P...
Isto é que se chama rapidez. Há 15 dias só havia 2...
Jantar de Reis MVSGira o disco e toca o mesmo, ou...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO