04
Dez 11

 

 

 

 

 

 

"Uma saída com compensações por aquilo que nos roubaram e com alterações de outras políticas, desde a agricultura, às pescas e à indústria, podendo o país, de imediato, começar a produzir para diminuir o seu défice"

 

Ilda Figueiredo

 

 

Os resultados do exercício contrafactual sugerem que, nos primeiros 11 anos, o euro teve um impacto negativo na evolução do PIB, sugere-se assim que  os efeitos esperados da UE para o crescimento e convergência da economia portuguesa estão por cumprir - a entrada no euro foi um erro político/económico no entanto a saída neste momento seria desastrosa (perda de 60% do valor da nova moeda).

publicado por José Manuel Faria às 10:40

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10





comentários recentes
Ainda bem que quando toca a "engolir sapos" toca a...
Existem certas pessoa que deviam ser mais discreta...
Gostaria de ler, mas o seu texto não aparece.Se lh...
Alguém pode informar o porquê da RC não ser presen...
Alegadamente quem sabe se é desta vez que o AG vai...
Realmente na politica o que hoje é verdade amanhã ...
Achei muito interessante atualmente esta sua posta...
Venho aqui fazer o apelo para que os responsáveis...
Não interessa se é verdade se é mentira,!!!!!!!!!!...
Fez muito bem a Sr.ª Vereadora Fátima Andrade, par...
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO