27
Dez 11

 

 

 

 

Todos os dias somos bombardeados com a irritante e mentirosa afirmação de comentadores, analistas e governantes de que os portugueses viveram acima das suas possibilidades apontando o ónus da responsabilidade a todos: do banqueiro (que faz dinheiro virtual através do empréstimo) ao empresário ( há muitos a fugir ao fisco e IRC) do "malandro do RSI ao operário de 500 euros e trabalho árduo - é tempo de fenecer  esta constante intrujice.

publicado por José Manuel Faria às 18:18

3 comentários:
Quando se diz que Portugal (Estado, empresas e famílias) andaram a viver acima das possibilidades apenas se reporta ao facto de para viverem como viviam socorriam-se, naquilo que os seus rendimentos ficavam aquém do exigido, do crédito bancário. Agora chegou a conta e a confrontação que todos os devedores (Estado, empresas e famílias) não ganham sequer o bastante para pagar a dívida. E este facto até pode ser irritante, mas não é mentiroso.
A responsabilidade? É de quem contraiu as dívidas e quem concedeu crédito em excesso.
Anónimo a 27 de Dezembro de 2011 às 20:03

Vamos contar: nº de jovens (até aos 18 anos) + nº de idosos, pensionistas e RSI + os que têm vencimentos até 500 euros - dá ( + de 3 500 000), some os que não pediram crédito aos que pediram e cumpriram: dará 6 000 000, junte os que não precisam de crédito ( + de 2 500 euros), talvez 6 500 000: quantos viveram acima das possibilidades?

Pois é. E quantos desses jovens e idosos não integram agregados familiares endividados até ao pescoço, sofrendo, por tabela as vicissitudes dessa situação?! Esse teu argumento é muito inconsistente! Ainda por cima esqueceste-te do Estado e das empresas. Dos quais muitos portugueses dependem (pensionistas e funcionários) e trabalhadores do sector privado.
Anónimo a 29 de Dezembro de 2011 às 18:25

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10





comentários recentes
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO