31
Dez 11

 

 

«Devíamos vender o ouro que anda ao pescoço dos santos nas procissões»

 

(D. Manuel Martins, ex-bispo de Setúbal 13-08-2011)

 

«Os jornalistas, em vez de andarem a discutir as grandes questões que podem mudar Portugal, andam a discutir - passe a expressão - pentelhos»

 

(Eduardo Catroga 11-05-2011)

 

«O Governo português, Portugal não vai pedir nenhuma ajuda financeira, nenhuma assistência financeira, pela simples razão que não é necessário»

 

(José Sócrates 11-01-2011)

 

 

 

TVI 24

publicado por José Manuel Faria às 10:19

comentário:
A primeira frase causa os seus efeitos (ainda que "o ouro que anda ao pescoço dos santos nas procissões" deve ser o de menos). Se falo por mim, o efeito é de provocação, pois provoca uma tristeza desértica pensar em ouro a ocupar o vazio criado pelo silêncio de Deus...ai, com as carências e problemas de grande parte da Humanidade resultam ainda mais ignominiosas.
alexandra a 3 de Janeiro de 2012 às 20:03

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10





comentários recentes
ja se pode comentar
Perfeitamente de acordo com os comentários.Anterio...
Decisão sensata...
Ó anonimozeco, além de cobarde rateirinho, demonst...
Não há indignados, revoltados,... Totós, ranhetas,...
Que historia é esta de enriquecimento ilícito? Que...
MINISTRA DA COESÃO EM VIZELAOra ora que coincidênc...
Que se passa Dr. Desde Julho que nada publica no s...
Lamento muito, Zé! Abraço.
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

11 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO